Arquivo de tag Lucro

porSINLOPAR

5 motivos para abrir uma lotérica

Está pensando em abrir uma lotérica? Então, saiba que este pode ser um ótimo negócio. claro que como todo investimento, é preciso ter dedicação e força de vontade para que dê certo. Mas, a casa lotérica oferece vários benefícios que vão te ajudar a recuperar o seu investimento em pouco tempo.

Além disso, várias franquias possuem o risco de falir por conta do franqueado não conseguir se sustentar. Mas, como as lotéricas são da Caixa Econômica Federal, sempre estarão abertas e com uma ótima sustentabilidade.

Outro benefício é que você terá um longo prazo de contrato. São 20 anos de contrato garantido com renovação automática para mais 20 anos!

Existem outros motivos que podem fazer com que você queira abrir uma casa lotérica. Leia este artigo até o final e descubra quais são os benefícios de entrar para o time dos empresários lotéricos!

Motivos para abrir uma lotérica hoje mesmo!

Para ser um lotérico, a primeira coisa que você precisa ter é persistência. Trata-se de um negócio rentável, mas se você não tiver espírito empreendedor, com certeza não será capaz de gerenciar esse negócio.

Por outro lado, se você sabe que empreender demanda dedicação, tempo e que você deverá estar sempre desenvolvendo suas habilidades profissionais, então é hora de arregaçar as mangas e fazer parte de um negócio realmente lucrativo.

Veja seguir 5 motivos que fazem a casa lotérica ser um dos melhores negócios par investir:

  1. Alto faturamento

Entre os motivos para abrir uma lotérica não podia faltar o faturamento. Se você abrir uma lotérica com certeza terá um bom rendimento, isso porque não existem muitas lotéricas nas cidades, isso acontece porque a CAIXA faz um detalhado estudo antes de liberar a abertura de uma nova loja. Dessa forma, são abertas lotéricas realmente terão facilidade em conseguir clientes.

Caso queira comprar uma lotérica que já existe, você pode pedir para o antigo dono do estabelecimento para te dar os relatórios de faturamento antigos dessa lotérica. Mas, pode ficar tranquilo! Será difícil encontrar uma casa lotérica onde o fluxo de clientes seja pequeno.

  1. Calote? Jamais

Se você abrir uma lotérica perceberá que não existe aquele negócio de vender fiado. Todos os bilhetes são vendidos a vista. Dessa forma, você terá um negócio que não oferece risco de tomar “calote”.

As vendas a prazo ou por cheque também não realizadas. Isso diminui a possibilidade de ter prejuízos, tornando o seu investimento mais valioso. Afinal, ninguém quer arriscar abrir um negócio e precisar fechar porque não conseguiu receber pelos produtos vendidos, não é?

O lotérico ganha dinheiro através de comissões realizadas pela CAIXA. Cada venda que você fizer, irá gerar uma comissão que resultará no valor que o lotérico irá sacar mensalmente.

  1. Retorno do investimento

Se você pesquisar por franquias para abrir um novo negócio na sua cidade, vai perceber que conseguirá o retorno do seu investimento entre 24 e 36 meses. Enquanto isso, terá que investir tempo e dinheiro em um negócio que pode demorar um pouco a lhe trazer renda de verdade.

Mas, se você abrir uma lotérica poderá ter um retorno em menos de 12 meses! Ou seja, em menos de 1 ano você já terá recuperado o retorno do dinheiro que você investiu.

O faturamento da lotérica depende muito de onde ela está localizada, do ponto em que você escolheu para abri-la e do número de terminais dessa lotérica. Mas, em média o faturamento varia entre 5 e 45 mil reais por mês.

  1. Não é necessário estocar produtos

Em vários tipos de comércios é necessário disponibilizar um espaço grande para estocar as matérias primas dos produtos e muitos deles precisam ser até importados. Dessa forma, variações na alta do dólar podem influenciar no seu rendimento.

Mas, ao abrir uma lotérica você não irá precisar de um estoque físico e os produtos também não irão vencer.

 

  1. Rotina operacional simples

Se você tiver um bom sistema de gestão para sua lotérica, não terá problemas nenhum em fechar o caixa todos os dias. Afinal, estará tudo registrado e será muito simples conferir tudo que entrou e saiu dos terminais.

Além disso, treinar os funcionários não é uma tarefa árdua. Você só precisará de pessoas que consigam lidar com um computador e saibam atender rapidamente e com educação os clientes da sua lotérica.

Como você pode ver, existem muitos motivos para abrir uma lotérica. Por isso, se realmente quer empreender, esse pode ser um ótimo negócio para você! E se precisar de ajuda, pode contar com o sindicato dos lotéricos!

 

porSINLOPAR

Invista em crescimento!

arvoreO que acontece quando você, empresário, se depara com um resultado financeiro incrível por parte da sua empresa? Qual é a sua atitude diante de um resultado inesperado e muito acima da média a que está acostumado?

E então, o dinheiro está na sua conta corrente esperando a sua decisão… E agora, o que fazer?
Não podemos afirmar qual seria a sua decisão de um cenário como este, mas temos razões de sobra para acreditar que, diante de uma situação como esta, grande parte do empresariado brasileiro optaria por transferir o dinheiro para a sua conta bancária pessoal, providenciando meios eficazes de gastar uma parte significativa daquele fruto que foi gerado pela empresa.

E então, é isso que acontece por aí?
Vamos rever alguns conceitos de finanças e investimentos para analisar esta conduta tão corriqueira em terras brasileiras…

A regra da acumulação
A regra mais elementar das finanças é a regra da acumulação de capital, na qual o indivíduo deve trabalhar para ser superavitário, ou seja, suas receitas devem superar os seus custos.
Segundo estas mesmas regras, esta quantia restante deve ser aplicada em algum investimento, passando a render bons frutos ao longo do tempo.
Combinando o efeito dos juros compostos com a regularidade das aplicações, adicionando-se o objetivo de se pensar no longo prazo, o que temos é uma combinação poderosa de elementos capazes de transformar qualquer pessoa em um milionário ao longo da vida.
Quando aplicamos estas leis singelas à conduta do empresário que termina gastando os frutos da empresa com contas pessoais e custos que não guardam relação com a atividade fim do negócio, terminamos por ver algumas destas regras elementares ignoradas. Mas a nossa análise não acaba aqui…

A regra do reinvestimento

Se tivéssemos que traçar um paralelo do mundo financeiro com o mundo real, teríamos a história de um camponês que semeia o campo em busca de uma colheita perfeita.

Ocorre que estas sementes levam algum tempo para crescer e dar bons frutos. Elas precisam de cuidados essenciais como adubo e água, e o trabalho do camponês é essencial nos primeiros anos.

Um pouco maior, em vias de se tornar uma árvore, aquela pequena semente agora já é capaz de dar alguns frutos que, embora não sejam os mais saborosos podem ser vendidos para a aquisição de mais adubo, para um crescimento vertiginoso da planta.

E assim, após algum tempo, uma grande e imponente árvore se apresenta. Agora sim é a vez do camponês descansar. Ele terá sombra e poderá é deliciar com os frutos que as suas árvores hoje podem lhe dar, sem maiores esforços.

Esta analogia deixa claro a importância do reinvestimento para crescer. Quanto mais reinvestimento adequado um empresário faz em sua organização, maiores as chances de ela crescer vigorosa e de modo sustentável.

De outro lado, quando este mesmo gestor retira os frutos prematuramente, ele perde uma oportunidade de garantir melhorias para um futuro próximo, além de colocar em risco a própria sobrevivência da empresa.

Este texto nos presta a uma reflexão importante sobre os destinos que estamos dando aos nossos negócios e sobre as nossas decisões a respeito do que fazer com as finanças da empresa.

Reinvista e garanta o crescimento sustentável do seu negócio.

Fonte: DouraSoft

porSINLOPAR

Gestão estratégica: é possível implementá-la em uma lotérica?

Gestão estratégica é possível implementá-la em uma lotéricaQuando falamos em gestão estratégica é muito comum haver a confusão de conceitos em comparação com o planejamento estratégico e com a gestão administrativa. O primeiro consiste em uma metodologia para se estipular objetivos que demarcaram a evolução da empresa servindo como um norte a ser seguido pela gerência e pelos funcionários.

Por sua vez, a gestão administrativa diz respeito ao dia a dia da sua empresa, no caso, da casa lotérica. Em uma maneira simples de ser explicada, o lado administrativo faz referência ao cotidiano do negócio, instruindo funcionários, abrindo a loja e demais atividades realizadas dentro da lotérica. Isto é, é você quem faz as coisas acontecerem, orientando quando necessário.

No caso da gestão estratégica, o processo funciona de uma maneira diferente, podendo-se dizer que o processo é um misto dos dois anteriores (planejamento estratégico e gestão administrativa). Na gestão você vai dar continuidade na administração, fazendo a análise estratégica do ambiente de trabalho, desde as competências dos funcionários a até mesmo o desempenho financeiro. Dentro desse contexto o gestor estratégico pode reestruturar o ambiente para que o mesmo seja rentável através da mencionada estratégia.

Como funciona uma gestão estratégica em uma casa lotérica?

Como funciona uma gestão estratégica em uma casa lotéricaRespondendo o questionamento do título principal do artigo, é sim possível fazer a implementação da gestão estratégica em uma casa lotérica. Em lotéricas, é muito comum que os empreendedores fiquem presos no padrão de funcionamento habitual, mas é possível inovar e administrar o estabelecimento à sua maneira, afinal de contas, a unidade lotérica pertence ao lotérico.

Para aplicar a gestão estratégica no seu negócio será preciso seguir estes quatro passos:

  • Análise interna: A análise interna consiste em avaliar quais são os maiores defeitos e potenciais dentro da sua casa lotérica;
  • Análise externa: O processo é o mesmo da análise interna, mas dessa vez o gestor observa o mercado, o comportamento dos concorrentes, as demandas dos clientes, tendências, e assim por diante;
  • Monte a estratégia: Nessa etapa é feito um estudo sobre as informações colhidas a fim de montar uma estratégia na gestão da unidade lotérica;
  • Aplicação: Como não poderia ser diferente, após todos os processos anteriores, é preciso fazer a aplicação da estratégia. Quando a estratégia estiver em fluxo, a gestão estratégica continua pelos mesmos passos, em um fluxo infinito de manutenção, avaliação e inovação constante.

Exemplo de aplicação de gestão estratégica

Exemplo de aplicação de gestão estratégicaAtravés da administração recorrente da sua empresa você percebeu que um determinado período da semana, em um dia específico, existe maior lucro para o seu negócio. A partir disso você começa a analisar os motivos, vê como a economia se comporta naquele dia, o que os funcionários fazem e quais são os serviços requisitados. Descoberto o fator X que aumenta os lucros, é possível, através da gestão estratégica, otimizar o lucro daquele dia e até mesmo expandir o que foi descoberto para os demais dias da semana. Esse é o processo padrão da gestão estratégica.

O bom de trabalhar com a gestão estratégia é que o seu empreendimento sempre vai manter um fluxo mutável de crescimento, podendo se adaptar melhor a crises econômicas e sabendo fazer proveito dos melhores resultados. Aplicar esse conceito em uma casa lotérica pode ser muito benéfico, pois como foi mencionado, a maioria dos empreenderes do ramo preferem seguir o padrão de funcionamento se o mesmo der um lucro brando.

Finalizando, o lotérico que quer desfrutar da gestão estratégica, em primeira instância, deve estudar bastante a respeito do conceito, da sua própria empresa e do mercado. Isso é fundamental, pois da mesma maneira que é possível elevar consideravelmente os lucros da empresa, também é possível arruinar um bom negócio por descuido.

porNeimar Mariano Arruda

3 Caminhos para Aumentar a Receita da Lotérica

Caixa-LucroA casa lotérica é um estabelecimento com grande oportunidade de obter excelentes resultados. Porém, muitos lotéricos não sabem o que fazer para conseguir gerir de forma correta esse estabelecimento em prol do seu crescimento financeiro.

Para que sua lotérica tenha sucesso de verdade, é preciso conhecer algumas formas para aumentar a receita. E é isso que você vai aprender neste artigo!

Formas reais para aumentar a receita da sua lotérica
Não dá para negar que um dos maiores objetivos de um estabelecimento comercial é o lucro. E na casa lotérica, isso não é diferente.
Nesse sentido, separamos algumas dicas para que você consiga aumentar a receita da lotérica de uma vez por todas. Confira:

1. Otimize o atendimento das operadoras de caixa
Além das vendas dos bilhetes e jogos da casa lotérica, uma das coisas que mais fazem a casa lotérica lucrar são os pagamentos de contas. Isso porque a maioria da população prefere ir até a casa lotérica para fazer o pagamento de qualquer tipo de conta pessoal do que enfrentar as filas bancárias.
Entretanto, é igualmente comum ver pessoas desistindo e saindo da fila das casas lotéricas por acreditarem que o atendimento está sendo demorado. Cliente desistindo da compra de produtos ou da utilização de algum serviço da casa lotérica é um dos principais motivos que fazem a lucratividade ser comprometida.
Para aumentar a receita da lotérica você deve otimizar o atendimento das operadoras de caixa. Para isso, você pode seguir alguns caminhos:
• Orientar as operadoras de caixa a focar no cliente, evitando conversas paralelas entre si, para não comprometer a velocidade do atendimento.
• Orientar as operadas de caixa a separar a vida pessoal do trabalho. Visto que na casa lotérica é comum amigos, parentes e pessoas conhecidas dos funcionários aparecerem para utilizar serviços. É preciso não conversar em demasia com eles na hora do atendimento para não comprometer a fluidez do mesmo.
• Utilizar tecnologia para fazer o registro da movimentação dos produtos, serviços, Retiradas (Sangrias) e Reforços de caixa de TFL. Também vale à pena investir em um software que seja capaz de gerenciar com rapidez o fluxo de caixa e controlar o estoque da casa lotérica. Dessa forma, a operadora não precisa quebrar a cabeça ou passar o dia preocupada se o caixa vai bater no final do dia.

2. Evite problemas financeiros para a casa Lotérica
Não dá para aumentar a receita da casa lotérica se o seu estabelecimento tiver problemas financeiros. Para evitar que isso aconteça, você deve se atentar a duas situações:

• Planejamento do pagamento dos tributários da casa lotérica
Infelizmente, o lotérico precisa lidar com desafios relacionados a tributação na casa lotérica. Por mais lucrativo que esse estabelecimento seja, para aumentar a receita, é preciso não ter problemas com o pagamento das taxas e dos impostos.
O lotérico precisa estar ciente que este estabelecimento está sujeito ao ISS, que pode chegar a 5% de todo valor recebido pela lotérica (Este valor pode variar de acordo com cada município). Também existem tarifas cobradas pela CEF sobre os bilhetes e jogos que são vendidos no estabelecimento, e esses envolvem a maior parte do faturamento de uma casa lotérica. Há ainda impostos de COFINS e PIS; recolhimento do IRPJ e a CSLL. Além disso, há o recolhimento do FGTS e do INSS.
Muitos tributos a serem pagos, não é? Mas o não pagamento dos mesmos pode causar multas e gerar um desfalque muito grande na sua lucratividade! Por isso, é importante que o lotérico que deseja aumentar a receita da casa lotérica faça um bom planejamento para o pagamento desses impostos.
Nesse contexto, vale à pena contar com relatórios detalhados sobre a situação da lotérica. Relatórios de Lucratividade de Loterias, Produtos e Serviços, bem como Demonstrativo de Resultados do Exercício e especial com análises horizontais e verticais possibilitam ao empresário uma visão 360º da empresa.

• Controle do fluxo do caixa
Por falta de organização, muitos lotéricos não conseguem ter um controle eficaz do fluxo de caixa da sua lotérica. Isso porque fazer anotações em agendas ou utilizar planilhas confusas acaba não sendo a melhor forma de aumentar a receita da lotérica.
Mais uma vez é importante ressaltar o uso do software de gerenciamento de lotéricas. Além de agilizar o atendimento, como dito no começo do artigo, essa tecnologia permite que você consiga fazer registros exatos, sem o medo de cometer erros na hora de registrar produtos e serviços que foram comercializados.

3. Venda mais produtos
Você percebeu que vender mais foi o último caminho a ser citado para aumentar a receita da casa lotérica? Não por ser menos importante, mas porque existem outros problemas relacionados às finanças de uma lotérica que podem minar a lucratividade.
Não menos importante do que os outros itens citados, a venda dos produtos da lotérica é o que pode aumentar a receita. Já que a maior parte do faturamento de uma lotérica vem da venda dos bilhetes e jogos da Caixa (Em grande parte das lotéricas).
Para que isso aconteça, é de grande importância que você invista em treinamentos das operadoras de caixa. Além de atender com simpatia o cliente, para que ele não tenha uma visão negativa da casa lotérica, a atendente precisa ter jogo de cintura na hora de oferecer os produtos.
Acompanhar com um sistema de gestão de vendas fará toda a diferença, seja através do excel ou software específico para ter em mãos a venda de cada operadora seja em atendimentos (Autenticações), bem como venda de cotas de bolões e loterias. Saber quem vende mais e o que vende mais faz toda a diferença.
É preciso observar o perfil do cliente e oferecer produtos que ele realmente possa adquirir. Mais uma vez, a tecnologia pode ajudar! Usar o software da AGIL garante que você cadastre clientes e que saiba qual foi sua última compra. Assim, você oferece produtos que ele realmente tem interesse e consegue aumentar a receita da sua casa lotérica!