Arquivo de tag Lucro

porNeimar Mariano Arruda

Controle por planilhas de Excel em Lotérica

O mundo vem se automatizando cada vez mais, mas ainda existem Lotéricos que insistem em fazer o controle da sua Casa Lotérica por tabelas e planilhas. Mas com o avanço dos sistemas, utilizar planilhas se tornou cada vez menos eficaz. Sempre quando abordamos sobre sistema de gestão para Casa Lotéricas, muitas dúvidas surgem, e hoje vamos falar sobre.

Primeiramente, é importante salientar que antes de qualquer troca, seja entre planilha e sistema, é preciso validar primeiro. Principalmente, porque muitas soluções estão sendo disponibilizadas, mas algumas podem não ser efetivas para você. Portanto, escolha com calma, analise. Tenha discernimento, justamente porque você está em busca de uma solução e não problema.

Por muito tempo, utilizamos papel e caneta para controle. Um pouco mais a frente começamos a utilizar planilhas, como do Excel, e com isso, automatizamos e passamos a fazer o controle da nossa Casa Lotérica desta forma.


Nem tudo que te atendeu, continua atendendo, portanto repense suas planilhas de Excel

Vamos lá… Um dia utilizar planilhas foi algo extremamente inovador, mas hoje, 2020, está longe disso. As planilhas até cumprem o seu propósito, controle financeiro, organização e esclarecimento. Desta forma, utilizar as planilhas para um fim simplório ainda é funcional. Mas se você entende que é preciso otimizar os seus processos, bom chegamos onde deveríamos…


Separamos 4 motivos para esclarecer porque é a hora de trocar as planilhas por Sistemas.

  • Tempo: O primeiro grande impasse das planilhas é a questão do fechamento de caixa. Quanto tempo você leva, hoje, para fechar os seus caixas? Acredite, hoje, pela nossa experiência com a DouraSoft, é possível fechar os caixas em menos de 3 minutos. Isso é muito bom! Imagine, poder fechar a sua Lotérica no horário correto e seus funcionários não precisarem fazer hora extra para dar conta de fechar o caixa correto.
  • Segurança: Outro ponto importante é a segurança. Primeiro, porque de fato as planilhas podem ser alteradas ou perdidas. Exatamente, pode acontecer um erro no seu macro do Excel e toda a sua planilha se perder. Zero segurança! Com um sistema você terá um controle total, sem erros, poderá delegar a função do fechamento de caixa e ainda em cima disso, poderá dormir tranquilo. É absurdo o número de Lotéricos que não tiram férias por não terem tranquilidade em cima do seu controle de caixa.
  • Otimização: Poder conferir o seu caixa com facilidade, poderá facilitar quando precisar encontrar um erro. Além disso, irá possibilitar que você consiga saber de fato o que você precisa repassar à caixa, seu lucro e os débitos das Contas.
  • Conferência de caixa: Imagine poder conferir o fechamento dos caixas a qualquer momento, de maneira automática, emitindo um relatório simples e sem complexidade, apenas com dois cliques. Isso tudo é possível!

Planilhas precisam ser aposentadas

Chega um momento em que precisamos evoluir os nossos sistemas. O mesmo vale para planilhas e sistemas. Sempre surgirá algo melhor e mais prático, afinal, praticidade e segurança devem andar juntas dentro das Casas Lotéricas. Portanto, ao escolher um sistema, busque pelo que há de melhor no mercado! Além disso, tenha noção do que está dentro da sua realidade. Muitos Lotéricos cometem esse erro ao buscar uma solução acima da sua capacidade financeira.

Outro ponto é que, um sistema irá possibilitar muitas melhorias, não só no quesito controle financeiro em si, mas no ambiente, no desenvolvimento dos seus funcionários e até mesmo no seu relacionamento familiar e pessoal. Esperamos que você possa escolher, com clareza, o seu Sistema de Gestão. Lembre-se que é a hora de aposentar as suas planilhas.

Leia este e outros artigos acessando ao nosso blog!

porNeimar Mariano Arruda

Como escolher um gerente para a sua casa Lotérica

Hoje em dia com a demanda das casas Lotéricas, é necessário ter uma pessoa que te auxilie nesta jornada. Mas encontrar um bom gerente de casa Lotérica, nem sempre é fácil. Principalmente, porque muitas vezes antes de contratar ou delegar uma função precisamos quebrar algumas barreiras em nós mesmos. Ter um bom gerente implica diretamente em ter uma pessoa que nos auxilia no dia a dia. Além disso, ser gerente é empreender, facilitar e otimizar serviços e funções.


Expectativa x Necessidade em um gerente

Quando contratamos alguém criamos uma expectativa, que se não correspondida acaba virando frustração. Portanto, é vital que você alinhe as suas expectativas e necessidades com o seu gerente logo de início. Aqui vamos recomendar alguns pontos que precisam ser claros e determinados desde o início.

Clareza. O primeiro ponto que acreditamos ser definido, é a clareza na comunicação entre gerente e proprietário. Ambos precisam sempre expressar o que for necessário para o desenvolvimento da casa Lotérica. 

Responsabilidades. Enquanto proprietário no momento de delegar, deixe claro o que é função ou não do seu gerente. Desta forma você evita que atividades cruciais fiquem sem execução, por falta de determinação. 

Confiança. Outro ponto crucial é estabelecer confiança com o seu gerente. Ele precisa sentir-se seguro para tomar as decisões. Principalmente, porque atuar com insegurança nunca gera bons resultados.

Liderança. O gerente precisa ser um Líder, possuir uma voz firma para que haja respeito e reconhecimento. Além disso, ele precisa estar ciente de todos os acontecimentos dentro da casa Lotérica. Desta forma, ele conseguirá antecipar eventuais problemas.

Seleção

O processo de seleção é um tanto quanto trabalhoso, quando bem feito, mas super necessário. Por isso vamos sugerir algumas táticas que vão te auxiliar nesta fase. Lembre-se, sempre que tratamos sobre contratações/seleções estamos querendo agregar ao nosso negócio. O intuito é quem resolva, e não crie problemas.

Seleção interna: Um formato de seleção interna é muito válido quando tratamos sobre o ramo Lotérico. Primeiro, porque os funcionários já conhecem o ambiente de trabalho. Segundo, porque você selecionará aqueles que enxerga com maior potencial.

Mas há um detalhe, é preciso alguns critérios, crie um modelo. Utilize questionários, dinâmicas em grupo. A grande vantagem é que ao contrário de um processo de seleção externo, você economiza tempo e recurso.

Seleção externa: Neste modelo você buscará por currículos, indicações, banco de vagas. Existem várias plataformas e empresas que podem ajudar neste processo. Por sinal, recomendamos a Dourasoft para consultoria neste processo. Neste formato, o ideal é que você selecione no mínimo 10 cvs, todos dentro do padrão, agregue eles aos cvs de indicação e internos.

Um ponto válido de ressaltar é que nem sempre nós Lotéricos conseguimos pagar o que de fato a pessoa merece, portanto recomendamos sempre que seja feito primeiro uma seleção interna. Posteriormente, caso haja a necessidade de uma seleção externa, você não precisa necessariamente buscar por alguém com experiência em casas Lotéricas, mas sim com experiência em liderança em primeiro lugar.

Sugerimos estes dois modelos apenas, porque eles serão mais simples. Agora, após a separação dos cvs, utilize de critérios de avaliação.


Avaliação


Avaliar currículos é um processo bastante delicado, principalmente porque quando chegamos nesta fase, todos os cvs são promissores. Portanto, recomendamos adotar ao menos dois critérios.

Experiência no cargo. Coloque como prioritários aqueles que tiveram experiência como gerente em casas Lotéricas. Agregue em uma segunda pilha, todos aqueles que tiveram experiência dentro de uma casa Lotérica. Faça tudo em ordem crescente, os que possuem mais experiência primeiro, até chegar nos que possuem menos tempo de casa Lotérica.

Experiência com a função. Por mais que para casas Lotéricas, seja muito importante buscar alguém que tenha experiência no cargo. É viável também avaliar candidatos com experiência na função. Utilize dos mesmos critérios acima, candidatos com o maior tempo em gerência devem estar acima. Além disso, leve em consideração o ramo, o mais próximo possível do ramo Lotérico.


Por fim, faça uma experiência com seu futuro gerente

Após escolher o candidato ideal, utilize do período de experiência. Mas não apenas deixe ele cumprir o tempo de experiência, ajude ele a se desenvolver mais. Coloque-se à disposição para que ele alcance o máximo no quesito desempenho. Vale ressaltar que um gerente deve ser um líder e conhecer todos os processos da Lotérica. Primeiro porque esporadicamente ele também precisará estar no  caixa, seja para cobrir o horário de almoço de algum operador ou uma eventual falta. Segundo, porque desta forma ele conseguirá otimizar ainda mais o seu trabalho. 

Esperamos que através destas dicas você consiga selecionar ou treinar um gerente que corresponda às expectativas da sua casa Lotérica.

Leia este e outros artigos acessando o nosso blog!

porNeimar Mariano Arruda

Fim de ano chegando, sua sorte aumentando

Chegamos ao fim de mais um ano. Mais um ano de aprendizado, lutas, expectativas, vitórias e crescimento. Todo ano é uma nova chance para buscarmos uma realização, um desenvolvimento, uma nova experiência.

Sempre que um ano se inicia temos uma lista de coisa que queremos fazer, muitas vezes não alcançamos meta desta lista, mas no fim sempre precisamos avaliar. 

Em casa Lotérica a expectativa são enormes, principalmente por conta da mega da virada. Imagine só, virar o ano com o bolso cheio. Baita realização.

Mas vamos deixar aqui 3 pontos para refletirmos nessa reta final do ano

  • Empatia. Sabe, todo ano deveríamos ter como uma das nossas principais metas desenvolver ainda mais empatia. Ajudar mais outras pessoas. Uma vez, ouvi uma certa frase que dizia o seguinte “Se você tem a chance de fazer algo bom, isto não é bondade, é obrigação”. Portanto, devemos sempre atender ao próximo dentro da nossa capacidade.
  • Evolua. O quanto você se capacitou esse ano, o quanto você agregou novas experiências. É importante, que a cada ano nós consigamos evoluir sempre,busque novos conhecimentos, veja conteúdos de qualidade. Corte coisas que te fazem mal seja para a sua saúde mental ou física. Mas precisamos evoluir sempre.
  • Viver é fundamental. Muitas vezes nós lutamos tanto  para alcançar a liberdade financeira, conquistar uma casa, carro ou quitar as dívidas e acabamos esquecendo de viver. A vida tem que ser mais do que sobreviver. Portanto, independente de qual for a sua situação, viva. Viagem para perto ou longe, gastem pouco ou muito, leia, ouça músicas, escute seus amigos e familiares. Passe tempo com a sua família, tempo de qualidade.

Que o próximo ano seja melhor

Todo fim de ano fazemos um planejamento para o ano seguinte. Torcemos sempre para que ele seja melhor que o anterior. Mas o que fazemos de diferente para que o próximo seja melhor? Muitas vezes, queremos torcer pelo próximo ano, mas esquecemos de corrigir os erros que cometemos no anterior.

Portanto, analise, tire um tempo neste fim de ano para analisar o que você fez de erros e acertos. Anote. Sério? Sim, faça anotações. Quem sabe este não seja o momento para criar um diário. Afinal, você quer que o ano seguinte seja melhor que o atual.

Esperamos que o próximo ano seja repleto de amor, paz, saúde, amigos verdadeiros e trabalho, isso mesmo, muito trabalho.

Desejamos a todos um excelente fim de ano e boas festas.

Feliz natal e um próspero ano novo!

porNeimar Mariano Arruda

Dinâmica em grupo para Casa Lotérica

Sempre que falamos em dinâmica em grupo, muitas vezes pensamos que não é viável aplicar em nosso modelo de negócio. Mas é totalmente viável e funcional para Casas Lotéricas. Antes de mais nada vamos esclarecer alguns pontos. Primeiramente, é preciso que você amigo Lotérico compreenda o que é uma Dinâmica em Grupo. Basicamente, é uma ferramenta de estudo de grupos e também uma forma de dizer processos de grupo. Entendemos como grupo um conjunto de duas ou mais pessoas. 

Quando realizamos exercícios em grupo buscamos desenvolver algumas características em conjunto. Primeiramente, isto trará entrosamento para a sua equipe Lotérica. Uma equipe unida é crucial para que as metas estabelecidas sejam concretizadas. Outro ponto, é que você poderá desenvolver dentro da sua equipe características que auxiliem nas vendas. Proatividade, gentileza e cordialidade por exemplo.


Dinâmicas em grupo em Lotéricas possuem objetivo

Como dissemos antes dinâmicas em grupo servem para melhorar o entrosamento da equipe. Além disso, você conseguirá desenvolver autenticidade em seus funcionários, permitindo que eles se expressem. Você possibilitará isso promovendo confrontos, onde os seus funcionários poderão lidar com situações diárias que acontecem em Casas Lotéricas.

Por exemplo, dentro de uma dinâmica em grupo, você poderá simular um cliente irritado com a longa demora da fila. Como o seu atendente se portará diante da rispidez dele? Tudo isso são situações que quando simuladas, evitam que o seu funcionário perca o controle da situação. Outro exemplo muito comum em casas Lotéricas, quando o sistema caí em horários de pico. Os seus funcionários precisam possuir um jogo de cintura, para controlar a irritabilidade crescente nos clientes.

Além disso, você poderá utilizar a dinâmica em grupo para fazer simulações de precauções. Por exemplo, simular com seus funcionários um assalto a sua casa Lotérica. Como eles devem agir? Ao realizar essa simulação você estará preparando os seus funcionários. 


A sua casa Lotérica poderá vender mais

Um outro motivo crucial para realizar dinâmicas em grupo é para aumentar as vendas. Calma, vamos explicar com calma.  A ideia de criar um dinâmica é justamente para que seus funcionários criem um relacionamento. Ou seja, é totalmente possível que eles compartilhem as técnicas que utilizam para alcançar êxito nas vendas. Portanto, é ideal desenvolver treinamento em conjunto para os seus funcionários. Além disso, você poderá corrigir erros primários ao longo dos treinamentos. Mas que quando observados com calma, são muitos comuns.

Corrigir os erros primários são uma forma de otimizar o seu time de vendas.

Mas não para por aí, ao realizar uma dinâmica em grupo você poderá se prevenir otimizar alguns processos dentro da sua casa Lotérica. Por exemplo, ao contratar um funcionário novo. Realizar dinâmicas em grupo é aplicar um filtro que determinará o melhor perfil para atuar em sua casa Lotérica.

Além disso, você poderá aplicar dinâmicas em grupo no momento de selecionar o seu gerente. Claro, que este não é o único fator a ser levado em conta, mas o desempenho pode ser um fator a ser levado em conta.


Portanto, realize as dinâmicas em grupo na sua casa Lotérica

Reconhecemos que casas Lotéricas geralmente não possuem um efetivo de funcionários muito elevado, geralmente contam com 4 ou 5 funcionários. Desta forma, entendemos que nem sempre será possível realizar dinâmicas, mas você conseguirá encontrar dinâmicas que atendem as suas necessidades facilmente na internet. Além disso, recomendamos que você veja quais são as suas principais demandas, encontre um vídeo no youtube, por exemplo no canal da Dourasoft, e assista com a sua equipe. Posteriormente vocês podem levantar prós e contras, e com certeza ideias e sugestões de melhoria virão à tona.

Recomendamos que dinâmicas em grupo sejam aplicadas em sua casa Lotérica. Ao elaborar as dinâmicas você poderá resolver erros comuns que prejudicam as suas vendas. Além de poder aumentar as performance dos seus funcionários. Por outro lado, isto também ajudará em momentos como simulações para evitar fraudes, golpes e roubos. O intuito das dinâmicas em grupo neste caso, é preparar a sua equipe para possíveis dificuldades.

Por fim, você poderá utilizar das dinâmicas na hora de fazer contratações e escolher o seu gerente. O objetivo é conseguir extrair mais características da sua equipe, além de destravar novas habilidade. Além claro de desenvolver entrosamento e familiaridade entre os seus funcionários.

Leia este e outros artigos acessando o nosso blog!

porNeimar Mariano Arruda

Você sabe quando uma lotérica é lucrativa?

Como saber o momento em que a lotérica atingiu ou atingirá o ponto de equilíbrio no mês?

Pela nossa experiência acumulada, é comum que a gente se depare com lotéricos que têm dúvidas quanto à rentabilidade de suas lotéricas. Não é por menos que muitos afirmam que “dá para sobreviver” com os seus negócios, embora não se possa afirmar que estão “muito bem de vida”.

Este não é um problema restrito a este grupo de empresários, mas um desafio nacional. Muitos não sabem responder a perguntas simples sobre a saúde financeira de suas empresas, como:

  1. Qual é o fluxo de caixa da empresa?
  2. Qual foi o faturamento mensal?
  3. Quais são os custos fixos e variáveis?
  4. Qual é o ROI (retorno do investimento)?

Algumas práticas recorrentes…

Muitos lotéricos estão sempre muito ocupados com as rotinas operacionais de suas empresas, resolvendo problemas, preocupando-se com o atendimento, com o estoque, tendo que solucionar problemas diários que vão desde a falta de um funcionário até a pane em uma das impressoras dos caixas.

Este dia a dia agitado e de muita correria termina distanciando este empresário das informações que ele precisa para poder analisar a performance do seu negócio. Este é um dos motivos que explicam o não conhecimento adequado sobre a rentabilidade da lotérica.

Todo empresário deseja ver a sua empresa crescendo e prosperando, com uma lucratividade cada vez mais robusta e sólida. Entretanto, a realidade de muitos é a velha rotina de enxugar gelo, misturada àquela sensação de que muito esforço é necessário apenas para se manter no mesmo lugar em que sempre esteve, sem grandes avanços.

Outra prática muito comum é a velha confusão patrimonial em que o lotérico confunde o seu patrimônio pessoal com o patrimônio da lotérica e acaba misturando tudo. Contas da família são pagas nas contas da empresa, dinheiro do caixa é retirado para sanar eventuais necessidades pessoais, o carro da família está em nome da empresa, esposa e filhos têm acesso ao dinheiro da sociedade, realizando saques na “boca do caixa” sem qualquer controle…

Quantas destas situações você consegue visualizar na vida de um legítimo empresário brasileiro? Quantas delas são típicas de uma empresa familiar?

E o que precisa ser feito?

Se o grande objetivo é o progresso da empresa, através de um processo de gestão mais eficaz, algumas boas dicas são:

Dica 01 – Separe o patrimônio e as contas pessoais do patrimônio e das contas da empresa. Uma excelente sugestão é estabelecer o valor de retirada mensal e obedecer o que foi determinado rigorosamente, proibindo retiradas ou saques seja por quem for.

Dica 02 – Descentralize algumas atividades. O lotérico não pode sustentar a postura de super-herói. Ele precisa descentralizar algumas tarefas para outros colaboradores. A justificativa é simples: ele precisa de mais tempo para analisar a situação financeira, tomar decisões importantes, e definir as diretrizes estratégicas da sua empresa.

Dica 03 – Aprimore os controles. Para saber qual é a realidade da sua lotérica, é preciso elevar a qualidade e a eficiência dos controles financeiros existentes. Precisamos substituir a intuição pela técnica. Uma excelente sugestão é a implementação de sistemas de gestão customizados, como é o caso do AGIL.

 

E quando uma lotérica é lucrativa?

Depois da implementação de grande parte das sugestões acima, propiciando maior controle e transparência por parte do lotérico, fica bem mais fácil responder à pergunta sobre a lucratividade da lotérica, já que os dados financeiros poderão ser encontrados no sistema.

Além da velha fórmula que subtrai os custos das receitas para encontrar o lucro do mês, o empresário não pode deixar de considerar a importância do capital de giro.

Neste ponto, devemos lembrar que a retirada de grandes somas de dinheiro, que pareciam ser o resultado ou o lucro da lotérica, pode colocar a empresa em apuros e com dificuldades de pagar os seus custos mais singelos, justamente por conta da má gestão do capital de giro.

Tudo isto nos permite afirmar, em conclusão, que uma lotérica é lucrativa quando alcança o seu ponto de equilíbrio financeiro, no qual os controles revelam a sua realidade, de modo que as receitas superam as despesas, além de haver capital de giro suficiente para que a mesma se mantenha segura para honrar os compromissos do mês seguinte, sem maiores dificuldades.

 

Quer melhorar a gestão da sua lotérica?
Conheça o único sistema de Gestão Blindado. O AGIL

 

 

 

Neimar Mariano de Arruda
Consultor Lotérico e Fundador da DouraSoft,
(67) 9.9698-3422

porSINLOPAR

5 motivos para abrir uma lotérica

Está pensando em abrir uma lotérica? Então, saiba que este pode ser um ótimo negócio. claro que como todo investimento, é preciso ter dedicação e força de vontade para que dê certo. Mas, a casa lotérica oferece vários benefícios que vão te ajudar a recuperar o seu investimento em pouco tempo.

Além disso, várias franquias possuem o risco de falir por conta do franqueado não conseguir se sustentar. Mas, como as lotéricas são da Caixa Econômica Federal, sempre estarão abertas e com uma ótima sustentabilidade.

Outro benefício é que você terá um longo prazo de contrato. São 20 anos de contrato garantido com renovação automática para mais 20 anos!

Existem outros motivos que podem fazer com que você queira abrir uma casa lotérica. Leia este artigo até o final e descubra quais são os benefícios de entrar para o time dos empresários lotéricos!

Motivos para abrir uma lotérica hoje mesmo!

Para ser um lotérico, a primeira coisa que você precisa ter é persistência. Trata-se de um negócio rentável, mas se você não tiver espírito empreendedor, com certeza não será capaz de gerenciar esse negócio.

Por outro lado, se você sabe que empreender demanda dedicação, tempo e que você deverá estar sempre desenvolvendo suas habilidades profissionais, então é hora de arregaçar as mangas e fazer parte de um negócio realmente lucrativo.

Veja seguir 5 motivos que fazem a casa lotérica ser um dos melhores negócios par investir:

  1. Alto faturamento

Entre os motivos para abrir uma lotérica não podia faltar o faturamento. Se você abrir uma lotérica com certeza terá um bom rendimento, isso porque não existem muitas lotéricas nas cidades, isso acontece porque a CAIXA faz um detalhado estudo antes de liberar a abertura de uma nova loja. Dessa forma, são abertas lotéricas realmente terão facilidade em conseguir clientes.

Caso queira comprar uma lotérica que já existe, você pode pedir para o antigo dono do estabelecimento para te dar os relatórios de faturamento antigos dessa lotérica. Mas, pode ficar tranquilo! Será difícil encontrar uma casa lotérica onde o fluxo de clientes seja pequeno.

  1. Calote? Jamais

Se você abrir uma lotérica perceberá que não existe aquele negócio de vender fiado. Todos os bilhetes são vendidos a vista. Dessa forma, você terá um negócio que não oferece risco de tomar “calote”.

As vendas a prazo ou por cheque também não realizadas. Isso diminui a possibilidade de ter prejuízos, tornando o seu investimento mais valioso. Afinal, ninguém quer arriscar abrir um negócio e precisar fechar porque não conseguiu receber pelos produtos vendidos, não é?

O lotérico ganha dinheiro através de comissões realizadas pela CAIXA. Cada venda que você fizer, irá gerar uma comissão que resultará no valor que o lotérico irá sacar mensalmente.

  1. Retorno do investimento

Se você pesquisar por franquias para abrir um novo negócio na sua cidade, vai perceber que conseguirá o retorno do seu investimento entre 24 e 36 meses. Enquanto isso, terá que investir tempo e dinheiro em um negócio que pode demorar um pouco a lhe trazer renda de verdade.

Mas, se você abrir uma lotérica poderá ter um retorno em menos de 12 meses! Ou seja, em menos de 1 ano você já terá recuperado o retorno do dinheiro que você investiu.

O faturamento da lotérica depende muito de onde ela está localizada, do ponto em que você escolheu para abri-la e do número de terminais dessa lotérica. Mas, em média o faturamento varia entre 5 e 45 mil reais por mês.

  1. Não é necessário estocar produtos

Em vários tipos de comércios é necessário disponibilizar um espaço grande para estocar as matérias primas dos produtos e muitos deles precisam ser até importados. Dessa forma, variações na alta do dólar podem influenciar no seu rendimento.

Mas, ao abrir uma lotérica você não irá precisar de um estoque físico e os produtos também não irão vencer.

 

  1. Rotina operacional simples

Se você tiver um bom sistema de gestão para sua lotérica, não terá problemas nenhum em fechar o caixa todos os dias. Afinal, estará tudo registrado e será muito simples conferir tudo que entrou e saiu dos terminais.

Além disso, treinar os funcionários não é uma tarefa árdua. Você só precisará de pessoas que consigam lidar com um computador e saibam atender rapidamente e com educação os clientes da sua lotérica.

Como você pode ver, existem muitos motivos para abrir uma lotérica. Por isso, se realmente quer empreender, esse pode ser um ótimo negócio para você! E se precisar de ajuda, pode contar com o sindicato dos lotéricos!

 

porSINLOPAR

Invista em crescimento!

arvoreO que acontece quando você, empresário, se depara com um resultado financeiro incrível por parte da sua empresa? Qual é a sua atitude diante de um resultado inesperado e muito acima da média a que está acostumado?

E então, o dinheiro está na sua conta corrente esperando a sua decisão… E agora, o que fazer?
Não podemos afirmar qual seria a sua decisão de um cenário como este, mas temos razões de sobra para acreditar que, diante de uma situação como esta, grande parte do empresariado brasileiro optaria por transferir o dinheiro para a sua conta bancária pessoal, providenciando meios eficazes de gastar uma parte significativa daquele fruto que foi gerado pela empresa.

E então, é isso que acontece por aí?
Vamos rever alguns conceitos de finanças e investimentos para analisar esta conduta tão corriqueira em terras brasileiras…

A regra da acumulação
A regra mais elementar das finanças é a regra da acumulação de capital, na qual o indivíduo deve trabalhar para ser superavitário, ou seja, suas receitas devem superar os seus custos.
Segundo estas mesmas regras, esta quantia restante deve ser aplicada em algum investimento, passando a render bons frutos ao longo do tempo.
Combinando o efeito dos juros compostos com a regularidade das aplicações, adicionando-se o objetivo de se pensar no longo prazo, o que temos é uma combinação poderosa de elementos capazes de transformar qualquer pessoa em um milionário ao longo da vida.
Quando aplicamos estas leis singelas à conduta do empresário que termina gastando os frutos da empresa com contas pessoais e custos que não guardam relação com a atividade fim do negócio, terminamos por ver algumas destas regras elementares ignoradas. Mas a nossa análise não acaba aqui…

A regra do reinvestimento

Se tivéssemos que traçar um paralelo do mundo financeiro com o mundo real, teríamos a história de um camponês que semeia o campo em busca de uma colheita perfeita.

Ocorre que estas sementes levam algum tempo para crescer e dar bons frutos. Elas precisam de cuidados essenciais como adubo e água, e o trabalho do camponês é essencial nos primeiros anos.

Um pouco maior, em vias de se tornar uma árvore, aquela pequena semente agora já é capaz de dar alguns frutos que, embora não sejam os mais saborosos podem ser vendidos para a aquisição de mais adubo, para um crescimento vertiginoso da planta.

E assim, após algum tempo, uma grande e imponente árvore se apresenta. Agora sim é a vez do camponês descansar. Ele terá sombra e poderá é deliciar com os frutos que as suas árvores hoje podem lhe dar, sem maiores esforços.

Esta analogia deixa claro a importância do reinvestimento para crescer. Quanto mais reinvestimento adequado um empresário faz em sua organização, maiores as chances de ela crescer vigorosa e de modo sustentável.

De outro lado, quando este mesmo gestor retira os frutos prematuramente, ele perde uma oportunidade de garantir melhorias para um futuro próximo, além de colocar em risco a própria sobrevivência da empresa.

Este texto nos presta a uma reflexão importante sobre os destinos que estamos dando aos nossos negócios e sobre as nossas decisões a respeito do que fazer com as finanças da empresa.

Reinvista e garanta o crescimento sustentável do seu negócio.

Fonte: DouraSoft

porSINLOPAR

Gestão estratégica: é possível implementá-la em uma lotérica?

Gestão estratégica é possível implementá-la em uma lotéricaQuando falamos em gestão estratégica é muito comum haver a confusão de conceitos em comparação com o planejamento estratégico e com a gestão administrativa. O primeiro consiste em uma metodologia para se estipular objetivos que demarcaram a evolução da empresa servindo como um norte a ser seguido pela gerência e pelos funcionários.

Por sua vez, a gestão administrativa diz respeito ao dia a dia da sua empresa, no caso, da casa lotérica. Em uma maneira simples de ser explicada, o lado administrativo faz referência ao cotidiano do negócio, instruindo funcionários, abrindo a loja e demais atividades realizadas dentro da lotérica. Isto é, é você quem faz as coisas acontecerem, orientando quando necessário.

No caso da gestão estratégica, o processo funciona de uma maneira diferente, podendo-se dizer que o processo é um misto dos dois anteriores (planejamento estratégico e gestão administrativa). Na gestão você vai dar continuidade na administração, fazendo a análise estratégica do ambiente de trabalho, desde as competências dos funcionários a até mesmo o desempenho financeiro. Dentro desse contexto o gestor estratégico pode reestruturar o ambiente para que o mesmo seja rentável através da mencionada estratégia.

Como funciona uma gestão estratégica em uma casa lotérica?

Como funciona uma gestão estratégica em uma casa lotéricaRespondendo o questionamento do título principal do artigo, é sim possível fazer a implementação da gestão estratégica em uma casa lotérica. Em lotéricas, é muito comum que os empreendedores fiquem presos no padrão de funcionamento habitual, mas é possível inovar e administrar o estabelecimento à sua maneira, afinal de contas, a unidade lotérica pertence ao lotérico.

Para aplicar a gestão estratégica no seu negócio será preciso seguir estes quatro passos:

  • Análise interna: A análise interna consiste em avaliar quais são os maiores defeitos e potenciais dentro da sua casa lotérica;
  • Análise externa: O processo é o mesmo da análise interna, mas dessa vez o gestor observa o mercado, o comportamento dos concorrentes, as demandas dos clientes, tendências, e assim por diante;
  • Monte a estratégia: Nessa etapa é feito um estudo sobre as informações colhidas a fim de montar uma estratégia na gestão da unidade lotérica;
  • Aplicação: Como não poderia ser diferente, após todos os processos anteriores, é preciso fazer a aplicação da estratégia. Quando a estratégia estiver em fluxo, a gestão estratégica continua pelos mesmos passos, em um fluxo infinito de manutenção, avaliação e inovação constante.

Exemplo de aplicação de gestão estratégica

Exemplo de aplicação de gestão estratégicaAtravés da administração recorrente da sua empresa você percebeu que um determinado período da semana, em um dia específico, existe maior lucro para o seu negócio. A partir disso você começa a analisar os motivos, vê como a economia se comporta naquele dia, o que os funcionários fazem e quais são os serviços requisitados. Descoberto o fator X que aumenta os lucros, é possível, através da gestão estratégica, otimizar o lucro daquele dia e até mesmo expandir o que foi descoberto para os demais dias da semana. Esse é o processo padrão da gestão estratégica.

O bom de trabalhar com a gestão estratégia é que o seu empreendimento sempre vai manter um fluxo mutável de crescimento, podendo se adaptar melhor a crises econômicas e sabendo fazer proveito dos melhores resultados. Aplicar esse conceito em uma casa lotérica pode ser muito benéfico, pois como foi mencionado, a maioria dos empreenderes do ramo preferem seguir o padrão de funcionamento se o mesmo der um lucro brando.

Finalizando, o lotérico que quer desfrutar da gestão estratégica, em primeira instância, deve estudar bastante a respeito do conceito, da sua própria empresa e do mercado. Isso é fundamental, pois da mesma maneira que é possível elevar consideravelmente os lucros da empresa, também é possível arruinar um bom negócio por descuido.

porNeimar Mariano Arruda

3 Caminhos para Aumentar a Receita da Lotérica

Caixa-LucroA casa lotérica é um estabelecimento com grande oportunidade de obter excelentes resultados. Porém, muitos lotéricos não sabem o que fazer para conseguir gerir de forma correta esse estabelecimento em prol do seu crescimento financeiro.

Para que sua lotérica tenha sucesso de verdade, é preciso conhecer algumas formas para aumentar a receita. E é isso que você vai aprender neste artigo!

Formas reais para aumentar a receita da sua lotérica
Não dá para negar que um dos maiores objetivos de um estabelecimento comercial é o lucro. E na casa lotérica, isso não é diferente.
Nesse sentido, separamos algumas dicas para que você consiga aumentar a receita da lotérica de uma vez por todas. Confira:

1. Otimize o atendimento das operadoras de caixa
Além das vendas dos bilhetes e jogos da casa lotérica, uma das coisas que mais fazem a casa lotérica lucrar são os pagamentos de contas. Isso porque a maioria da população prefere ir até a casa lotérica para fazer o pagamento de qualquer tipo de conta pessoal do que enfrentar as filas bancárias.
Entretanto, é igualmente comum ver pessoas desistindo e saindo da fila das casas lotéricas por acreditarem que o atendimento está sendo demorado. Cliente desistindo da compra de produtos ou da utilização de algum serviço da casa lotérica é um dos principais motivos que fazem a lucratividade ser comprometida.
Para aumentar a receita da lotérica você deve otimizar o atendimento das operadoras de caixa. Para isso, você pode seguir alguns caminhos:
• Orientar as operadoras de caixa a focar no cliente, evitando conversas paralelas entre si, para não comprometer a velocidade do atendimento.
• Orientar as operadas de caixa a separar a vida pessoal do trabalho. Visto que na casa lotérica é comum amigos, parentes e pessoas conhecidas dos funcionários aparecerem para utilizar serviços. É preciso não conversar em demasia com eles na hora do atendimento para não comprometer a fluidez do mesmo.
• Utilizar tecnologia para fazer o registro da movimentação dos produtos, serviços, Retiradas (Sangrias) e Reforços de caixa de TFL. Também vale à pena investir em um software que seja capaz de gerenciar com rapidez o fluxo de caixa e controlar o estoque da casa lotérica. Dessa forma, a operadora não precisa quebrar a cabeça ou passar o dia preocupada se o caixa vai bater no final do dia.

2. Evite problemas financeiros para a casa Lotérica
Não dá para aumentar a receita da casa lotérica se o seu estabelecimento tiver problemas financeiros. Para evitar que isso aconteça, você deve se atentar a duas situações:

• Planejamento do pagamento dos tributários da casa lotérica
Infelizmente, o lotérico precisa lidar com desafios relacionados a tributação na casa lotérica. Por mais lucrativo que esse estabelecimento seja, para aumentar a receita, é preciso não ter problemas com o pagamento das taxas e dos impostos.
O lotérico precisa estar ciente que este estabelecimento está sujeito ao ISS, que pode chegar a 5% de todo valor recebido pela lotérica (Este valor pode variar de acordo com cada município). Também existem tarifas cobradas pela CEF sobre os bilhetes e jogos que são vendidos no estabelecimento, e esses envolvem a maior parte do faturamento de uma casa lotérica. Há ainda impostos de COFINS e PIS; recolhimento do IRPJ e a CSLL. Além disso, há o recolhimento do FGTS e do INSS.
Muitos tributos a serem pagos, não é? Mas o não pagamento dos mesmos pode causar multas e gerar um desfalque muito grande na sua lucratividade! Por isso, é importante que o lotérico que deseja aumentar a receita da casa lotérica faça um bom planejamento para o pagamento desses impostos.
Nesse contexto, vale à pena contar com relatórios detalhados sobre a situação da lotérica. Relatórios de Lucratividade de Loterias, Produtos e Serviços, bem como Demonstrativo de Resultados do Exercício e especial com análises horizontais e verticais possibilitam ao empresário uma visão 360º da empresa.

• Controle do fluxo do caixa
Por falta de organização, muitos lotéricos não conseguem ter um controle eficaz do fluxo de caixa da sua lotérica. Isso porque fazer anotações em agendas ou utilizar planilhas confusas acaba não sendo a melhor forma de aumentar a receita da lotérica.
Mais uma vez é importante ressaltar o uso do software de gerenciamento de lotéricas. Além de agilizar o atendimento, como dito no começo do artigo, essa tecnologia permite que você consiga fazer registros exatos, sem o medo de cometer erros na hora de registrar produtos e serviços que foram comercializados.

3. Venda mais produtos
Você percebeu que vender mais foi o último caminho a ser citado para aumentar a receita da casa lotérica? Não por ser menos importante, mas porque existem outros problemas relacionados às finanças de uma lotérica que podem minar a lucratividade.
Não menos importante do que os outros itens citados, a venda dos produtos da lotérica é o que pode aumentar a receita. Já que a maior parte do faturamento de uma lotérica vem da venda dos bilhetes e jogos da Caixa (Em grande parte das lotéricas).
Para que isso aconteça, é de grande importância que você invista em treinamentos das operadoras de caixa. Além de atender com simpatia o cliente, para que ele não tenha uma visão negativa da casa lotérica, a atendente precisa ter jogo de cintura na hora de oferecer os produtos.
Acompanhar com um sistema de gestão de vendas fará toda a diferença, seja através do excel ou software específico para ter em mãos a venda de cada operadora seja em atendimentos (Autenticações), bem como venda de cotas de bolões e loterias. Saber quem vende mais e o que vende mais faz toda a diferença.
É preciso observar o perfil do cliente e oferecer produtos que ele realmente possa adquirir. Mais uma vez, a tecnologia pode ajudar! Usar o software da AGIL garante que você cadastre clientes e que saiba qual foi sua última compra. Assim, você oferece produtos que ele realmente tem interesse e consegue aumentar a receita da sua casa lotérica!