O fluxo de caixa é o pulmão financeiro da lotérica, disso não há qualquer dúvida e, para que o empresário lotérico tenha boa respiração em seu ambiente, deve manter sempre o controle sobre a movimentação financeira.

O controle do fluxo de caixa deve ser feito todos os dias, com todos os registros de entradas e saídas na lotérica. À medida que a empresa dá continuidade às suas atividades, se o empresário não controlar sua rentabilidade, a gestão financeira se torna impossível. O controle do dinheiro não pode ser considerado apenas mais uma atividade diária, mas sim a mais importante.

Um grande erro no controle do fluxo de caixa é olhar apenas o saldo final da conta da lotérica no banco. Se não tiver conhecimento de toda a movimentação, o empresário lotérico não vai entender como está funcionando o seu empreendimento. Portanto, é preciso identificar se os resultados são sazonais, se há problema no atendimento dos funcionários operadores de caixa ou se existem outros problemas.

Outra coisa que precisa ser feita é manter o controle das finanças da lotérica de uma forma específica, sem pensar que está tratando de suas contas pessoais. Se mantiver o registro do fluxo de caixa diariamente, o empresário terá conhecimento da dimensão dos custos da lotérica, sem se surpreender com resultados imprevistos.

Para manter o seu fluxo de caixa de forma correta, veja as dicas que passamos para que você, como empresário, tenha o completo controle de sua movimentação financeira:

1.     Conheça todos os dados lançados no fluxo de caixa

Em primeiro lugar, é preciso olhar todas as entradas e saídas e conhecer os números. O acesso aos dados todos os dias torna mais fácil entender quais movimentações foram feitas e, dessa maneira, qualquer erro que surgir poderá ser mais facilmente identificado. É importante fazer essa análise todos os dias para não acumular serviços e não ter como, no futuro, perder o controle sobre os gastos sem possibilidade de fazer sua correção.

2.     Faça uma completa análise dos números

Conhecendo todas as movimentações, o empresário lotérico poderá fazer sua análise completa, entendendo o que significa cada valor de cada lançamento. Verificando o relatório de cada dia é possível estabelecer parâmetros, fazer comparações, verificar a média de custos e, assim, encontrar meios para melhorar o andamento da lotérica.

3.     Faça o planejamento estratégico para a lotérica

Analisando e conhecendo todo o fluxo de caixa é possível estabelecer um plano estratégico para a lotérica, podendo, assim, intervir no caso de perceber qualquer flutuação negativa. O planejamento permite estabelecer metas para corte de custos sem perder a funcionalidade do negócio.

4.     Garantindo um capital de giro para a lotérica

O empresário lotérico, dentro desse planejamento, poderá estabelecer um capital de giro para a lotérica, gerando novas possibilidades para seu empreendimento e garantindo não ser pego de surpresa em qualquer eventualidade futura. A poupança de um valor para os próximos meses servirá para garantir novos investimentos.

5.     Criando a projeção de custos e resultados

Ao conhecer o fluxo de caixa de sua lotérica, o empresário pode se preparar para qualquer emergência, ou seja, se verificar que o dinheiro pode acabar, há condições de fazer um planejamento mais adequado. A projeção de custos para um período mínimo de 30 dias permite que o empresário tenha maior tranquilidade na condução de seus negócios.

Conclusão

A receita para controlar o fluxo de caixa de uma lotérica pode ser resumida em apenas uma palavra: disciplina. Para que o empresário lotérico mantenha-se disciplinado, basta olhar o que pretende para o futuro de sua empresa e seja persistente no controle e no lançamento diário de todas as movimentações financeiras.

É importante, para isso, ter um sistema de controle informatizado, que forneça todos os relatórios necessários e que possibilite uma análise completa de toda a movimentação, tornando o trabalho mais rápido e mais fácil.