Arquivo de tag Fluxo de caixa

porSINLOPAR

O que fazer para controlar o fluxo de caixa da sua lotérica

O fluxo de caixa é o pulmão financeiro da lotérica, disso não há qualquer dúvida e, para que o empresário lotérico tenha boa respiração em seu ambiente, deve manter sempre o controle sobre a movimentação financeira.

O controle do fluxo de caixa deve ser feito todos os dias, com todos os registros de entradas e saídas na lotérica. À medida que a empresa dá continuidade às suas atividades, se o empresário não controlar sua rentabilidade, a gestão financeira se torna impossível. O controle do dinheiro não pode ser considerado apenas mais uma atividade diária, mas sim a mais importante.

Um grande erro no controle do fluxo de caixa é olhar apenas o saldo final da conta da lotérica no banco. Se não tiver conhecimento de toda a movimentação, o empresário lotérico não vai entender como está funcionando o seu empreendimento. Portanto, é preciso identificar se os resultados são sazonais, se há problema no atendimento dos funcionários operadores de caixa ou se existem outros problemas.

Outra coisa que precisa ser feita é manter o controle das finanças da lotérica de uma forma específica, sem pensar que está tratando de suas contas pessoais. Se mantiver o registro do fluxo de caixa diariamente, o empresário terá conhecimento da dimensão dos custos da lotérica, sem se surpreender com resultados imprevistos.

Para manter o seu fluxo de caixa de forma correta, veja as dicas que passamos para que você, como empresário, tenha o completo controle de sua movimentação financeira:

1.     Conheça todos os dados lançados no fluxo de caixa

Em primeiro lugar, é preciso olhar todas as entradas e saídas e conhecer os números. O acesso aos dados todos os dias torna mais fácil entender quais movimentações foram feitas e, dessa maneira, qualquer erro que surgir poderá ser mais facilmente identificado. É importante fazer essa análise todos os dias para não acumular serviços e não ter como, no futuro, perder o controle sobre os gastos sem possibilidade de fazer sua correção.

2.     Faça uma completa análise dos números

Conhecendo todas as movimentações, o empresário lotérico poderá fazer sua análise completa, entendendo o que significa cada valor de cada lançamento. Verificando o relatório de cada dia é possível estabelecer parâmetros, fazer comparações, verificar a média de custos e, assim, encontrar meios para melhorar o andamento da lotérica.

3.     Faça o planejamento estratégico para a lotérica

Analisando e conhecendo todo o fluxo de caixa é possível estabelecer um plano estratégico para a lotérica, podendo, assim, intervir no caso de perceber qualquer flutuação negativa. O planejamento permite estabelecer metas para corte de custos sem perder a funcionalidade do negócio.

4.     Garantindo um capital de giro para a lotérica

O empresário lotérico, dentro desse planejamento, poderá estabelecer um capital de giro para a lotérica, gerando novas possibilidades para seu empreendimento e garantindo não ser pego de surpresa em qualquer eventualidade futura. A poupança de um valor para os próximos meses servirá para garantir novos investimentos.

5.     Criando a projeção de custos e resultados

Ao conhecer o fluxo de caixa de sua lotérica, o empresário pode se preparar para qualquer emergência, ou seja, se verificar que o dinheiro pode acabar, há condições de fazer um planejamento mais adequado. A projeção de custos para um período mínimo de 30 dias permite que o empresário tenha maior tranquilidade na condução de seus negócios.

Conclusão

A receita para controlar o fluxo de caixa de uma lotérica pode ser resumida em apenas uma palavra: disciplina. Para que o empresário lotérico mantenha-se disciplinado, basta olhar o que pretende para o futuro de sua empresa e seja persistente no controle e no lançamento diário de todas as movimentações financeiras.

É importante, para isso, ter um sistema de controle informatizado, que forneça todos os relatórios necessários e que possibilite uma análise completa de toda a movimentação, tornando o trabalho mais rápido e mais fácil.

porSINLOPAR

Gestão financeira: 6 fatores que desequilibram o fluxo de caixa da sua lotérica

A boa gestão financeira de uma lotérica depende do equilíbrio mantido pelo fluxo de caixa. O empresário lotérico tem sob sua responsabilidade o controle da movimentação, mantendo sua atualização para que tenha condições de gerenciar seu negócio da forma mais acertada.

Quando se faz o fluxo de caixa diariamente, o empresário terá condições de saber se está havendo equilíbrio na entrada e saída de dinheiro e, caso ocorra algum fator que possa desestabilizar, poderá tomar as providências necessárias para se readequar à situação.

Veja os principais fatores que podem ocorrer e tirar o equilíbrio do fluxo de caixa:

1.     Redução nas vendas

O principal fator que pode tirar o equilíbrio do fluxo de caixa é a redução nas vendas. Quando ocorre a redução, fatalmente entrarão menos recursos na lotérica, havendo a necessidade de fazer uso de recursos extras para manter as contas em dia. A gestão financeira deve manter um planejamento, reservando recursos para essa eventualidade.

2.     Aumento nas despesas

A lotérica é um tipo de empreendimento que apresenta limitada capacidade de lucratividade, exigindo controle constante da gestão financeira para que o equilíbrio seja mantido. O empresário lotérico tem, portanto, necessidade de fazer o controle das despesas para que não sejam acima da média, procurando sempre manter o equilíbrio entre as entradas e saídas e reservando todos os meses valores que possam atender em momentos de instabilidade.

3.     Pouca eficiência nos processos

O processo administrativo deve ser o mais eficiente possível dentro de uma lotérica. O empresário lotérico precisa manter um sistema informatizado para atender suas necessidades de controle e de gestão financeira, facilitando o controle do fluxo de caixa, das receitas e despesas, agilizando o processamento e melhorando as informações e os relatórios.

4.     Concessão de descontos

Como a margem de lucro da lotérica é limitada, na prestação de determinados serviços é necessário que o empresário lotérico tenha um bom planejamento para o caso de conceder descontos com vistas a atrair novos clientes. Os descontos, evidentemente, podem atrair e aumentar a clientela, mas, quando não planejado, pode provocar prejuízos.

5.     Manter uma política salarial

A valorização dos funcionários na lotérica é de fundamental importância, uma vez que o principal produto da lotérica é o bom atendimento. Contudo, é necessário manter uma política salarial dentro das possibilidades da lotérica, lembrando sempre que, quando um salário é mais alto, também irá aumentar os encargos da empresa, exigindo mais gastos e reduzindo a lucratividade. O empresário deve manter os salários dentro dos níveis e, na medida do possível, fazer os ajustes associando-os aos resultados.

6.     Estoques desequilibrados

O estoque é um dos principais retentores de capital. O dinheiro investido nos itens necessários para o funcionamento da lotérica é capital que pode ser aplicado em outros investimentos. Para manter o equilíbrio e ter uma boa gestão financeira, o empresário lotérico deve manter o controle rígido dos estoques, comprando sempre aquilo que irá usar dentro de um determinado período, sem empatar valores muito altos.

Conclusão

A gestão financeira de uma lotérica, embora possa ser considerada fácil, quando analisada administrativamente, deve ser considerada como prioridade para o empresário lotérico. Atenção em todos os detalhes é que irão manter o equilíbrio e garantir que todas as contas sejam pagas, que haja lucro no final do mês e que o empresário tenha condições de fazer novos investimentos.

Com relatórios periódicos, o empresário terá condições de saber onde pode ou não investir, se pode ou não fazer uso de alguma reserva, garantindo que sua empresa tenha condições de crescer e aparecer no mercado das lotéricas.

porSINLOPAR

Como reduzir custos e ter uma lotérica mais eficiente?

 reduzir custosNão existe outra forma de reduzir custos em uma lotérica do que tendo conhecimento sobre a movimentação financeira dos períodos anteriores. O controle financeiro da lotérica é uma atividade de fundamental importância para poder administrar o negócio.
O empresário lotérico tem como responsabilidade principal conhecer os números, saber como está o andamento de custos de sua empresa e deve ser o principal articulador das medidas necessárias para reduzir custos.
Os processos informatizados existentes na lotérica já são um grande facilitador para o negócio, tratando online com a Caixa Econômica Federal, e devem ser cuidadosamente tratados à parte, trazendo ao empresário os meios de montar seu planejamento financeiro, verificar quais são os custos de cada setor e, através dessa análise, encontrar as formas de reduzir os custos.

Muitos desses custos são fixos e não podem ser alterados, como, por exemplo, os impostos, que dependem do faturamento e são diretamente proporcionais a eles, ou a folha de pagamento e recolhimento das contribuições, também indexados por valores já determinados.

O empresário deve prestar atenção, portanto, aos custos variáveis, que devem ser mantidos sob rígido controle e acompanhados por todo o período de apuração estabelecido (por exemplo, mensal, como é costume em qualquer empresa).

Conhecendo o fluxo de caixa
A melhor maneira de conseguir reduzir os custos da lotérica é mantendo em dia o fluxo de caixa, uma ferramenta necessária para o acompanhamento das finanças do empreendimento. O fluxo de caixa deve ter todos os registros diários, até mesmo de centavos, já que é só dessa maneira que o empresário poderá fiscalizar a entrada e saída de dinheiro.

Saber o funcionamento do fluxo de caixa é manter o controle financeiro da lotérica e é através dos dados obtidos nessa movimentação de dinheiro que o empresário poderá conhecer os custos que podem ser reduzidos, trazendo maior lucratividade para a empresa.

Veja, a seguir, algumas dicas para entender melhor o fluxo de caixa e poder não só manter o controle financeiro da lotérica, mas também ter condições de reduzir custos variáveis:

1. Mantenha um período pré-determinado para o fluxo de caixa, controlando como melhor considerar para o acompanhamento dos custos, ou seja, por semana, quinzena ou mensal. O empresário deve ter esse período de maneira a combinar melhor com a própria movimentação da lotérica, tornando a administração de sua empresa mais dinâmica e mais prática;

2. Divida as despesas por categorias, facilitando, assim, a organização de sua movimentação financeira. O empresário deve dividir a empresa em setores e, dentro desses setores, em categorias, conseguindo melhor organização para facilitar a gestão do negócio. A melhor forma de fazer essa divisão é implantando um plano de contas, que pode ser definido através do contador, onde serão classificados e distribuídos os custos fixos e variáveis;

3. Mantenha controle do estoque para não investir sem necessidade. O estoque é um capital que você precisa ter em sua lotérica e faz parte do negócio. Assim, é preciso manter um controle rígido sobre ele, não adquirindo quantidades maiores do que o necessário por um determinado período. Lembre-se que um estoque mantido sem necessidade é dinheiro que a lotérica não está podendo usar em outras aplicações;

4. Mantenha os funcionários bem treinados para não provocar prejuízos em materiais ou para que não cometam erros que possam cometer o fluxo financeiro da empresa. Operadores de caixa são pessoas que lidam diretamente com o dinheiro e precisam ser orientados para não desperdiçar;

5. Como empresário, procure conhecer melhor gestão administrativa, fazendo um curso sobre finanças, fluxo de caixa e administração. Estudar nunca é demais e o empresário deve manter em dia seus conhecimentos;

6. Tenha um bom software de gerenciamento para sua loteria, mantendo todas as informações em dia e facilitando sua administração, permitindo reduzir custos com conhecimento de causa.

porSINLOPAR

5 dicas para aprimorar o fluxo de caixa da sua lotérica

Fluxo de caixaO fluxo de caixa é uma ferramenta utilizada por empresas para poder controlar o coeficiente financeiro do negócio. Como o nome intuitivamente indica, o fluxo representa a movimentação do montante financeiro do empreendimento.

Exemplo: Em um determinado mês foi movimentado X dinheiro na sua lotérica. Dentro desse X está o dinheiro referente aos pagamentos de contas, jogos, depósitos, retiradas e assim por diante. Durante o mesmo mês o dinheiro foi usado para pagar impostos, funcionários e outras despesas. Todos esses números, representativos da movimentação direta de dinheiro, faz parte do fluxo de caixa da sua casa lotérica.

O fluxo de caixa acaba representando muitas coisas em um empreendimento, inclusive em uma lotérica, mas o mais importante é a base de dados que é formada através desses números que estão em constante movimento. Com o fluxo é possível ser assertivo nas contas, podendo analisar qual setor é mais rentável, em qual dia da semana a empresa tem prejuízo e assim por diante.

Esses dados, quando transformados em informações, formam uma fonte de conhecimento fundamental para o planejamento da empresa. A lotérica que tem controle sobre o fluxo de caixa consegue se destacar no mercado ao solucionar os próprios problemas e ainda otimizar a qualidade dos seus serviços que já eram bons.

Em outras palavras, manter o fluxo de caixa da empresa atualizado é uma maneira mais do que eficiente para melhorar a gestão da lotérica. Vale lembrar que o fluxo não precisa ser calculado apenas no mês, dependendo da circunstância é possível analisar o valor total, durante um ano inteiro, e até mesmo o coeficiente diário da movimentação dos caixas da lotérica. Confira abaixo 5 dicas que irão de ajudar a aprimorar seu fluxo de caixa.

Fluxo de caixa 2As 5 dicas para aprimorar o fluxo de caixa da sua unidade lotérica

  1. Estude o fluxo de caixa da lotérica: O primeiro passo para poder começar a trabalhar com o fluxo de caixa é começando a estudar o mesmo. Tente estudar o conceito em primeira instância, posteriormente analise o fluxo da sua própria empresa, se familiarizando com o mesmo para que no futuro o fluxo monetário da lotérica seja devidamente calculado e administrado por você;
  2. Instrua bem os seus colaboradores: Para o fluxo ser otimizado será necessária precisão nos cálculos de todos os setores envolvidos. Para garantir isso você pode melhorar a instrução dos seus funcionários, mostrando quais são suas funções de maneira detalhada, esclarecendo duvidas para que todos possam trabalhar normalmente, sem nenhum tipo de impasse que venha a prejudicar o fluxo da empresa;
  3. Use um software de gerenciamento lotérico: O fluxo de caixa, para ser utilizado da maneira adequada, necessita de precisão em todos os dados possíveis, como foi salientado anteriormente. Para garantir isso você pode ter a liberdade de utilizar um software de gestão financeira, que vai salvar relatórios e calcular com maior precisão toda movimentação financeira da sua casa lotérica;
  4. Solicite dicas com um contador: Se ainda lhe sobrar dúvidas e medos em relação ao trabalho com o fluxo de caixa, talvez seja uma boa ideia solicitar os conselhos de um contador. O contador é o profissional perfeito para esse tipo de trabalho, possuindo conhecimento de causa e capacitação para auxiliar sua administração através de dicas e bons conselhos sobre o aprimoramento do fluxo de caixa;
  5. Contrate alguém para essa função: Às vezes é preciso admitir que você não tem capacidade o suficiente para cuidar do fluxo de caixa da sua casa lotérica. Como o mais importante é manter a integridade e qualidade da empresa, talvez sua melhor solução para aprimorar o fluxo seja contratar um profissional devidamente qualificado para lidar com as finanças.