Gestão estratégica é possível implementá-la em uma lotéricaQuando falamos em gestão estratégica é muito comum haver a confusão de conceitos em comparação com o planejamento estratégico e com a gestão administrativa. O primeiro consiste em uma metodologia para se estipular objetivos que demarcaram a evolução da empresa servindo como um norte a ser seguido pela gerência e pelos funcionários.

Por sua vez, a gestão administrativa diz respeito ao dia a dia da sua empresa, no caso, da casa lotérica. Em uma maneira simples de ser explicada, o lado administrativo faz referência ao cotidiano do negócio, instruindo funcionários, abrindo a loja e demais atividades realizadas dentro da lotérica. Isto é, é você quem faz as coisas acontecerem, orientando quando necessário.

No caso da gestão estratégica, o processo funciona de uma maneira diferente, podendo-se dizer que o processo é um misto dos dois anteriores (planejamento estratégico e gestão administrativa). Na gestão você vai dar continuidade na administração, fazendo a análise estratégica do ambiente de trabalho, desde as competências dos funcionários a até mesmo o desempenho financeiro. Dentro desse contexto o gestor estratégico pode reestruturar o ambiente para que o mesmo seja rentável através da mencionada estratégia.

Como funciona uma gestão estratégica em uma casa lotérica?

Como funciona uma gestão estratégica em uma casa lotéricaRespondendo o questionamento do título principal do artigo, é sim possível fazer a implementação da gestão estratégica em uma casa lotérica. Em lotéricas, é muito comum que os empreendedores fiquem presos no padrão de funcionamento habitual, mas é possível inovar e administrar o estabelecimento à sua maneira, afinal de contas, a unidade lotérica pertence ao lotérico.

Para aplicar a gestão estratégica no seu negócio será preciso seguir estes quatro passos:

  • Análise interna: A análise interna consiste em avaliar quais são os maiores defeitos e potenciais dentro da sua casa lotérica;
  • Análise externa: O processo é o mesmo da análise interna, mas dessa vez o gestor observa o mercado, o comportamento dos concorrentes, as demandas dos clientes, tendências, e assim por diante;
  • Monte a estratégia: Nessa etapa é feito um estudo sobre as informações colhidas a fim de montar uma estratégia na gestão da unidade lotérica;
  • Aplicação: Como não poderia ser diferente, após todos os processos anteriores, é preciso fazer a aplicação da estratégia. Quando a estratégia estiver em fluxo, a gestão estratégica continua pelos mesmos passos, em um fluxo infinito de manutenção, avaliação e inovação constante.

Exemplo de aplicação de gestão estratégica

Exemplo de aplicação de gestão estratégicaAtravés da administração recorrente da sua empresa você percebeu que um determinado período da semana, em um dia específico, existe maior lucro para o seu negócio. A partir disso você começa a analisar os motivos, vê como a economia se comporta naquele dia, o que os funcionários fazem e quais são os serviços requisitados. Descoberto o fator X que aumenta os lucros, é possível, através da gestão estratégica, otimizar o lucro daquele dia e até mesmo expandir o que foi descoberto para os demais dias da semana. Esse é o processo padrão da gestão estratégica.

O bom de trabalhar com a gestão estratégia é que o seu empreendimento sempre vai manter um fluxo mutável de crescimento, podendo se adaptar melhor a crises econômicas e sabendo fazer proveito dos melhores resultados. Aplicar esse conceito em uma casa lotérica pode ser muito benéfico, pois como foi mencionado, a maioria dos empreenderes do ramo preferem seguir o padrão de funcionamento se o mesmo der um lucro brando.

Finalizando, o lotérico que quer desfrutar da gestão estratégica, em primeira instância, deve estudar bastante a respeito do conceito, da sua própria empresa e do mercado. Isso é fundamental, pois da mesma maneira que é possível elevar consideravelmente os lucros da empresa, também é possível arruinar um bom negócio por descuido.