Categoria Gerenciamento de Lotérica

porSINLOPAR

Como organizar as informações da sua lotérica?

A gestão da casa lotérica exige o conhecimento de todas as informações sobre a movimentação financeira, sobre o lucro que está se obtendo e sobre as atividades dos operadores de caixa, entre outras.

O lotérico, para gerenciar todos os procedimentos necessários, precisa ter em mãos dados confiáveis, que lhe permitam tomar as melhores decisões quanto ao futuro de sua empresa.

Para que isso ocorra, nada melhor do que contar com um sistema de gestão informatizado, que reúna todos os dados de toda a movimentação, com as entradas e saídas de dinheiro, com os relatórios e gráficos que lhe mostrem a real situação de sua casa lotérica.

O sistema AGIL, desenvolvido pela DouraSoft, é um sistema especificamente voltado para a gestão de casas lotéricas, permitindo, dentro de suas funcionalidades, reunir e resumir os dados necessários para que se possa tomar as melhores decisões estratégicas com vistas a ampliar o número de clientes e fortalecer as vendas, oferecendo maior lucratividade e produtividade para a empresa.

No sistema AGIL, o empresário terá condições de visualizar não somente os relatórios com os números, mas também os gráficos criados através dos números, podendo, ao mesmo tempo, conhecer os fatos reais e concretos, ao mesmo tempo em que visualiza graficamente todas as informações.

Como todos sabemos, uma imagem vale mais do que mil palavras, e essa é uma verdade incontestável. Os gráficos, apresentando os resultados da empresa com valores totais de produtividade, movimentação, lucratividade e outras informações, oferecem uma visão realista da empresa, muito mais simples de ser entendida.

Os gráficos para melhorar a gestão da lotérica

Gráficos são importantes para analisar a situação financeira de uma empresa. Eles se apresentam como uma forma visual de verificar todas as informações sobre a casa lotérica.

Como são essenciais para o empresário, o sistema AGIL oferece todos os gráficos previamente configurados, deixando a possibilidade de o empresário fazer a customização, ou seja, possuem a flexibilidade de permitir que sejam mudados, adaptados à situação da empresa e às necessidades de cada casa lotérica, escolhendo a opção que mais agradar.

Veja algumas das opções de gráfico oferecidas pelo sistema AGIL:

O menu Lotérica apresenta uma diversidade de gráficos para que o lotérico tenha a visualização de informações globais de sua empresa:

Diferença de Caixa

Caso haja alguma diferença na movimentação de algum caixa TFL, o empresário poderá, através do gráfico Diferença de Caixa, encontrar com mais facilidade algum erro de lançamento, podendo corrigi-lo na hora do fechamento do caixa.

Movimentação

Com o gráfico Movimentação, é possível visualizar toda a movimentação da lotérica por dia, por semana, quinzena ou mês, possibilitando tomar decisões estratégicas para tornar a lotérica mais atraente para os clientes.

Lucratividade

O gráfico Lucratividade oferece o percentual de lucratividade da lotérica com relação à movimentação total, por dia, podendo comparar como está o movimento de cada dia com relação aos anteriores e permitindo encontrar os melhores caminhos para melhorar o atendimento.

O sistema AGIL possui ainda o menu Vendedor, onde o lotérico terá a oportunidade de analisar não só a performance de cada um dos operadores de caixa, mas também toda a movimentação que passa por cada caixa TFL.

Entre esses gráficos, é possível visualizar o Lucro de Venda de Loterias por vendedor, o Total de Loterias por cada vendedor, o Lucro de Serviços apresentado em cada caixa TFL, a Quantidade de Serviços e o Lucro de Produtos, mostrando a performance de cada um dos operadores de caixa e permitindo tomar as providências necessárias para a melhoria no atendimento aos clientes.

O sistema AGIL é o melhor parceiro para o empresário dono de uma casa lotérica, quando este se preocupa com o futuro de sua empresa.

 

 

 

Neimar Mariano de Arruda é Administrador de Empresas, Consultor Lotérico
Especialista em Governança de Tecnologia da Informação e Fundador da DouraSoft
(67) 9.9698-3422

porSINLOPAR

Ferramentas para gerenciar sua lotérica

Quer se aprofundar no mundo das ferramentas para gerenciar sua lotérica? Saiba que existem várias ferramentas para download feitas para o mundo empresarial.

Diversas delas vão te ajudar a ver o seu negócio de uma outra forma, analisando deste o plano de negócios até o fechamento do seu caixa.

O empresário lotérico não pode se acomodar. É importante estar sempre pesquisando e aprender técnicas que possam ajudar a impulsionar o seu negócio. Dessa forma, você se torna um profissional completo.

3 Ferramentas para gerenciar sua lotérica

Antes de qualquer coisa você precisa elaborar muito bem o seu plano de negócios. Com isso em mente, descreva as etapas mais importantes da sua casa lotérica e comece a verificar se há falhas nestes processos.

Existem várias ferramentas que podem te ajudar a analisar os problemas da sua lotérica é são elas que vamos descrever neste artigo. Veja:

  1. Análise SWOT

Muitos empresários utilizam esse sistema, e você também deve conhecê-lo. Para incluí-lo como ferramenta para gerenciar sua lotérica você precisa entender que o foco desta matriz é auxiliar no planejamento do crescimento do seu negócio.

A primeira entre as ferramentas para gerenciar sua lotérica é o SWOT. Conhecida e utilizada por muitos empresários que buscam melhorias para suas empresas.

SWOT é uma sigla que traduzida para o português significa, forças, fraquezas, oportunidades e ameaças. Como o próprio nome já diz, é uma ferramenta muito utilizada para perceber onde estão os pontos negativos e fortes da sua empresa.

  1. KPI

Já ouviu falar em Key Performace Indicadores, ou seja, indicador-chave de performance? É a segunda entre as ferramentas para gerenciar sua lotérica e trata-se de uma ferramenta que pode te ajudar a melhorar o seu negócio, afinal ele mostra as falhas que podem estar presentes no seu negócio.

Para qualquer negócio é importante analisar as KPIs, elas irão te dar um norte para melhorar vários aspectos da sua empresa e conseguir fortalecer os quesitos que estão impedindo sua empresa de progredir.

  1. Ciclo PDCA

PDCA é a sigla para Plan-Do-Chek-Act, que traduzindo para o português significa planejar, fazer, checar e agir. Trata-se de um ciclo que te ajuda a avaliar os processos e implementar melhorias na sua empresa.

A ideia deste ciclo é acompanhar as mudanças da sua empresa e implementar ações para solucionar problemas.

Ferramentas de marketing para a empresa

Além das ferramentas empresariais para gestão da sua lotérica, você também precisa focar no uso das ferramentas de marketing. Isso irá impulsionar as suas vendas.

Afinal, após solucionar os conflitos da empresa com o auxílio das técnicas das ferramentas empresariais, você deverá implementar estratégias para aumentar as vendas.

A primeira ferramenta de gestão de lotérica que você pode utilizar é uma plataforma segura para criar um site para sua lotérica. Existem várias plataformas que são seguras e podem ser utilizadas, como o WordPress e o Wix. Além de serem fáceis de manusear, também são plataformas gratuitas.

Aprender a utilizar as redes sociais também pode ser uma ótima forma de conseguir aumentar os lucros da sua empresa e recuperar os gastos desnecessários que sua lotérica sofreu os tempos de crise.

Ferramenta de gestão financeira para sua lotérica

Dentre as ferramentas para gerenciar sua lotérica, você não pode esquecer de escolher um sistema que ajude na sua vida financeira.

Além de fazer um ótimo planejamento financeiro para sua empresa, você precisa estar sempre atento as despesas e aos lucros da sua lotérica. Para isso, você pode recorrer a ferramentas que sejam direcionadas para empresários lotéricos, são específicas para as necessidades da casa lotérica.

Estas ferramentas irão te ajudar a criar relatórios rapidamente, auxiliando na tomada de decisões e fazendo com que a vida de todo lotérico seja mais fácil.

É importante sempre que tiver problemas financeiras procurar a ajuda de um contator. Ele pode te orientar e te ajudar a utilizar as ferramentas para gerenciar sua lotérica que mostramos neste artigo.

porSINLOPAR

Caixa TFL automatizado: informações na hora!

O controle da movimentação financeira de uma casa lotérica é a ferramenta mais importante para manter a administração da empresa em ordem e atualizada. Se tratando de uma casa lotérica é necessário saber que o mais importante são os números, não só para entender o fluxo da movimentação financeira, mas também com relação à logística, uma vez que a casa lotérica trabalha com dinheiro de terceiros, movimentando um grande fluxo de dinheiro durante o dia.

Portanto, é fundamental que o empresário lotérico tenha em mãos o total controle de sua empresa, controlando, inclusive cada caixa TFL, no momento em que estão sendo feitas as movimentações financeiras, já que todo o processo exige muita precisão para atender às obrigações que a casa lotérica tem com a Caixa Econômica e com todos os clientes, evidentemente.

Com um sistema de gestão financeira informatizado, tudo isso é possível, fornecendo ao empresário lotérico todas as informações que ele precisa, ao mesmo tempo em que maximiza sua utilização do tempo, permitindo-lhe prestar mais atenção ao ambiente, aos clientes, enquanto sua empresa continua organizando-se sistematicamente.

Caixa TFL automatizado para casas lotéricas

Para o empresário lotérico, é importante ter um sistema de controle que gerencie todo o funcionamento da empresa ao mesmo tempo, eliminando todo e qualquer controle manual. Assim, vale a pena trocar todos os métodos de registro em agendas ou cadernos, sem precisar fazer uso de planilhas para fazer os relatórios.

Automatizar os processos de gerenciamento da lotérica deixa o empresário mais confiante para as tomadas de decisões, com a utilização de relatórios e controles dos caixas TFL de forma mais rápida, sem complicações e, o que é mais importante, reduzindo a possibilidade de erros.

O movimento de dinheiro nos caixas TFL é feito pelos operadores de caixa, que devem registrar tudo o que entra e sai da casa lotérica e, no sistema de gestão AGIL, desenvolvido pela DouraSoft, é possível ter um procedimento seguro, além da vantagem de o empresário poder acompanhar a situação de cada um de seus caixas à distância.

Como é feito o fechamento de caixa TFL no sistema AGIL

O fechamento do caixa TFL no sistema AGIL é feito através do lançamento dos resumos de TFL de cada caixa. Existe uma funcionalidade em que o fechamento é feito de forma correta, uma vez que a maior parte da movimentação e do controle de valores no sistema é através das movimentações de TFL.

A funcionalidade Resumo de TFL apresenta todos os lançamentos, resumidos por operador, exibindo também as tarifas de serviço do Bolão Caixa, entre outros. No resumo, fazendo o acompanhamento, é possível fazer o estorno diretamente, considerando os lançamentos feitos e mantendo a movimentação correta.

Toda essa movimentação pode ser gerenciada pelo empresário lotérico a partir do seu próprio computador, sem precisar se movimentar até cada caixa TFL para analisar o que está acontecendo.

Basta, ao fazer o fechamento do caixa, ao dar reforço de dinheiro ou no momento de fazer a sangria, conferir os valores realmente existentes no caixa com o seu resumo, na tela de seu próprio computador.

Com essa funcionalidade, o controlador da movimentação financeira, seja ele o empresário ou um funcionário responsável, terá condições de atender de forma mais rápida as necessidades do operador de caixa, com o fornecimento de reforço ou para fazer a sangria, sem a necessidade de parar a movimentação.

O sistema AGIL permite exatamente o que seu nome diz: agilizar os procedimentos da casa lotérica para que operadores de caixa TFL e o próprio empresário possam dar a melhor atenção possível ao cliente.

 

 

 

Neimar Mariano de Arruda é Administrador de Empresas, Consultor Lotérico
Especialista em Governança de Tecnologia da Informação e Fundador da DouraSoft
(67) 9.9698-3422

porSINLOPAR

Como superar a crise e vender mais produtos lotéricos? 

Aprender a superar a crise e vender mais produtos lotéricos é o sonho de qualquer empresário. A boa notícia é que para isso você não precisa de estratégias mirabolantes, é necessário apenas seguir algumas dicas.

A primeira coisa que você deve fazer é não entrar em pânico. Realmente o mercado possui oscilações e o empresário precisa saber lidar com elas. Mas, é em meio as crises que as melhores ideias aparecem! Por isso, mantenha o foco no cliente e não deixe que o desespero te impeça de progredir.

Para combater o pânico na sua empresa, faça uma reunião com os funcionários e desminta boatos. Em épocas difíceis muitas pessoas ficam com medo de perder o emprego e acabam diminuindo sua produtividade, corte esse mal pela raiz.

Além disso, existem outras dicas que serão muito úteis para que você consiga superar a crise a aumentar as vendas na sua empresa, colocamos as melhores delas neste artigo!

6 dicas de ouro para superar a crise e vender mais produtos lotéricos

  1. Analise o seu financeiro

A melhor forma de superar a crise e vender mais é analisando como está a situação da sua lotérica. Por isso, é importante fazer um balanço geral e verificar como andam os números da sua empresa.

Verificando como está o seu orçamento, como estão as suas despesas e quanto dinheiro você tem em caixa, será mais fácil tomar decisões.

  1. Aprenda com a concorrência

É importante verificar como o mercado está reagindo a crise econômica do momento. Veja como os seus concorrentes estão lidando com esse problema e quais são as estratégias que estão adotando para vender mais.

Essa pode ser a hora de criar novas oportunidades e quem sabe fazer novas parcerias. Isso pode te ajudar a alcançar um maior número de pessoas e conquistar mais clientes.

  1. Converse com sua equipe

Não existe ninguém que saiba mais sobre o seu cliente do que sua equipe. Os operadores de caixa, por exemplo, estão cientes de quais produtos estão sendo vendidos com mais frequência na sua lotérica e quais não estão tendo saída.

Ter essa informação pode ser útil para que você não compre produtos que não são vendidos. Afinal, é interessante fazer estoque somente dos produtos que realmente tem saída.

Além disso, a sua equipe também está sempre ouvindo o que os clientes têm a dizer. Quando estão nas filas das lotéricas muitas pessoas aproveitam para reclamar ou comentar sobre algo que estão insatisfeitos. Você pode trabalhar em cima desses comentários e aumentar a satisfação destas pessoas dentro da sua lotérica.

  1. Demissões

Quando o assunto é superar a crise e vender mais, muita gente já pensa em fazer demissões. Mas, essa pode não ser a melhor saída. É interessante manter a sua equipe unida, te ajudando a elaborar estratégias para vencer essa crise.

Além disso, manter o funcionário pode te ajudar a melhorar a qualidade do atendimento e isso faz toda diferença.

  1. Seja criativo

Criatividade é uma ferramenta essencial para vencer a crise. Não adianta utilizar as mesmas estratégias arcaicas para tentar conquistar o seu público alvo.

Inove e tente algo que ainda não fez. Por exemplo, se você ainda não fez parcerias com outras lojas, é hora de começar a fazer! Essa é uma estratégia que pode triplicar as suas vendas.

Outra dica é utilizar recursos gratuitos para aumentar as suas vendas, como a internet. Criando uma página no Facebook você consegue divulgar sua lotérica e ainda mostra para o seu público alvo que você é atualizado.

  1. Fidelize clientes

Fidelizar clientes em uma casa lotérica? Isso mesmo! A melhor forma de superar a crise e vender mais é garantindo que os clientes sempre retornem ao seu estabelecimento.

Para isso, você precisará só precisará cadastrar o seu cliente. Isso te dará a possibilidade de saber o que ele costuma comprar, qual o seu e-mail, data de aniversário e dados importantes para que você use em promoções e divulgações.

porSINLOPAR

Contas a pagar: 6 dicas para lotéricos

Uma casa lotérica com seu controle financeiro atualizado permite ao empresário lotérico avaliar melhor como está o seu capital e o que pode ocorrer no futuro. Havendo o controle de contas a pagar, ele poderá identificar possíveis falhas e despesas desnecessárias, além de encontrar alternativas para aumentar a lucratividade e investir em sua empresa.

Para montar uma gestão financeira eficiente na casa lotérica, é preciso implantar os controles gerenciais, principalmente com relação às contas a pagar, possibilitando ter as informações que permitam montar um bom planejamento das atividades, enquanto se consegue garantir o capital de giro necessário para o funcionamento da casa lotérica.

O controle de contas a pagar irá fornecer informações para tomada de decisões sobre todos os compromissos da empresa que exijam desembolso de recursos e deve ser mantido atualizado de acordo com o que ocorre na realidade.

As contas a pagar compreendem todos os compromissos assumidos pela empresa, através da compra de produtos, de materiais de escritório e de limpeza, de serviços, de salários e impostos, de aluguel e empréstimos e de contribuições, entre outros.

Esse controle deve ser uma tarefa de rotina de qualquer casa lotérica, uma vez que envolve grande quantidade de dinheiro.

Ao fazer o controle de contas a pagar da casa lotérica, o empresário poderá identificar diversos elementos:

  • Identificar tudo o que é preciso pagar;
  • Havendo qualquer dificuldade, poderá priorizar os pagamentos;
  • Analisar quais são os compromissos assumidos e que não foram pagos;
  • Fazer todos os pagamentos sem perda de prazo;
  • Cumprir com as datas de pagamento para não pagar multas e juros;
  • Fornecer as informações para elaborar o fluxo de caixa;
  • Fazer a conciliação com os saldos da contabilidade.

Dicas para cuidar de contas a pagar

Para manter o controle de contas a pagar, acompanhe algumas recomendações necessárias e obrigatórias para a casa lotérica:

1.      Não fazer mais dívidas do que a casa lotérica possa pagar

Não gastar mais do que é permitido pelo lucro da casa lotérica sempre será a regra mais importante para manter uma boa gestão financeira.

2.      Registrar todas as contas da empresa

Não manter os compromissos assumidos pela empresa é um dos grandes problemas para qualquer empreendimento. É necessário ter um controle financeiro rígido para cumprir com todas as obrigações.

3.      Fazer o pagamento das contas em dia

O pagamento em dia de todas as contas evita a incidência de juros e multas, o que significa menos dores de cabeça e mais dinheiro em caixa.

4.      Antecipação de pagamentos

Quando uma das obrigações a pagar oferece descontos para pagamento antes do vencimento, a melhor coisa é pagar e poupar dinheiro, ganhando mais crédito com o fornecedor.

5.      Havendo dificuldades, é preciso negociar

Nunca se deve esperar uma situação piorar. Havendo qualquer problema financeiro na casa lotérica, o melhor é renegociar para não ter maiores problemas.

6.      Ter um sistema de gestão informatizado

Para manter o correto controle das contas a pagar é necessário manter um sistema de gestão informatizado, que ofereça os relatórios necessários para acompanhamento das obrigações.

Um sistema AGIL para as casas lotéricas

O melhor sistema de gestão financeira para a casa lotérica é o AGIL, um produto da DouraSoft, especializado em casas lotéricas. As contas a pagar podem ser facilmente controladas, com relatórios atualizados por vencimentos ou por fornecedores, permitindo o controle total sobre as obrigações da empresa.

Os relatórios permitem analisar todos os compromissos da empresa, sabendo o que deve ser pago a cada fornecedor, qual o tipo de pagamento, quanto existe para pagar em cada período, ou seja, todas as informações necessárias para manter as contas a pagar em ordem.

 

 

 

Neimar Mariano de Arruda é Administrador de Empresas, Consultor Lotérico
Especialista em Governança de Tecnologia da Informação e Fundador da DouraSoft
(67) 9.9698-3422

porSINLOPAR

A importância de fazer parcerias para o seu negócio

Fazer parcerias para o seu negócio pode ser uma forma de conseguir melhorar as vendas da sua lotérica. Dúvida? Então, está na hora de pesar os prós e os contras dessa estratégia.

O mercado está cada vez mais competitivo, mesmo em cidades pequenas o número de casas lotéricas é grande. E como você irá fazer para que os consumidores prefiram a sua empresa? Uma forma de fazer isso acontecer pode ser por meio de indicação de outros comerciantes. A exclusividade dos serviços lotéricos permite que o empresário busque apoio em outros comerciantes, afinal não estarão competindo pela venda dos mesmos produtos.

Criar estratégias criativas para vender mais é o que o empresário deve buscar. Afinal, cada vez mais é preciso inovar e aprender a trabalhar em conjunto para construir um plano de negócio mais rentável.

Lotéricas dentro de shoppings e centros comerciais

Em cidades grandes não difícil encontrar casas lotéricas dentro de shoppings, supermercados e outros centros comerciais. Isso pode ser um benefício para o empresário! Por incrível que pareça, o número de parcerias que o lotérico pode fazer estando dentro de um centro comercial é muito grande.

A visibilidade da empresa não será comprometida por estar dentro de um shopping, por exemplo. O que o lotérico precisa lembrar é que criar parcerias para o seu negócio é uma porta de novas oportunidades para o seu comércio.

Colocar cartazes divulgando sua loja em outros comércios, como lojas de eletrodomésticos, pode lembrar o consumidor de ir até a sua casa lotérica e fazer uma aposta. Claro que esse tipo de parceria irá exigir que você também ofereça algum benefício ao outro empresário.

O resultado disso é um aumento significado na sua network e o convívio com outros comerciantes, o que pode trazer mais conhecimento para você como empresário. O conhecimento pode ser a porta para melhorar o atendimento ao cliente e para conseguir vender mais produtos. É necessário conhecer cada vez mais o público alvo para construir publicidades que consigam realmente alcançá-los.

Compartilhar estratégias é perigoso?

Quando se fala em novas parcerias para o seu negócio, você também deve estar aberto a compartilhar algumas estratégias do seu negócio. Será que isso é perigoso? É importante lembrar que as informações sigilosas da sua casa lotérica jamais devem ser reveladas para nenhum parceiro, mas suas estratégias de marketing podem sim ser compartilhadas.

O benchmarketing pode ser uma inspiração! Se a cultura corporativa da sua empresa for parecida com a do seu parceiro, você pode compartilhar suas ideais e elaborar novas táticas para atrair mais clientes. Com duas empresas testando novas formas de publicidade, os resultados serão conquistados rapidamente e a sua casa lotérica conseguirá atrair mais clientes.

Outra coisa interessante é que você poderá aprender com a experiência do seu parceiro e vice e versa. Muitos lotéricos não estão acostumados a criar campanhas de marketing no mundo digital, já os comerciantes de outras áreas podem estar mais habituados com este tipo de propaganda. Você pode aproveitar para entender melhor como se comporta o consumidor da sua região e utilizar estratégias que sejam mais rentáveis.

Outros lotéricos, são concorrentes e não parceiros?

Até agora falamos sobre parcerias para o seu negócio com outros comerciantes, que não são lotéricos. Mas, a verdade é que você também deve estar perto de outros lotéricos.

Além de concorrentes, os lotéricos da sua região são seus parceiros de trabalho. Para lutar pelas causas da sua classe é necessário que os lotéricos estejam todos unidos. Existem vários direitos dos lotéricos devem ser conquistados e isso só será possível com a união da classe.

Outra coisa importante é entender que os parceiros lotéricos podem te ajudar a entender melhor os processos que giram em torno da sua área e podem indicar novas ferramentas para aumentar as vendas da sua casa lotérica sem que eles sejam prejudicados.

É importante também estar envolvido com o sindicado dos lotéricos. O sindicato da sua classe irá te dar dicas para enfrentar os problemas e te ajudará a solucionar conflitos que para você parecem indissolúveis.

Perante tudo o que falamos neste artigo, esperamos que você esteja com a mente aberta para criar parcerias para o seu negócio, tanto com comerciantes locais, quanto com lotéricos da sua região. Seguindo essas dicas com certeza você irá crescer como profissional e a sua empresa terá mais lucros.

 

porSINLOPAR

Controle de operações – como pode ajudar na gestão empresarial da sua lotérica?

Uma casa lotérica funciona atualmente muito mais do que um estabelecimento para que os clientes possam fazer suas apostas nas loterias da Caixa ou comprar um bilhete da loteria federal. Este artigo irá te dar algumas dicas de como o controle de operações pode ajudar o seu negócio.

A casa lotérica é um correspondente bancário com praticamente todas as atividades de uma agência, com a vantagem de tornar mais simples os serviços e de atender com maior rapidez, podendo atender um maior número de pessoas em menos tempo.

Com todas as atividades de pagamentos, recebimentos, saques, depósitos, vendas de produtos e tudo o que se pode fazer numa casa lotérica, é natural que haja uma grande movimentação de dinheiro, uma situação que exige o máximo de cuidado e de atenção do empresário lotérico.

O principal cuidado, certamente, é com relação à segurança. O operador de caixa deve ter sempre a quantia de dinheiro suficiente para fazer as operações, e isso exige um constante acompanhamento.

Muitas vezes o operador de caixa precisa de dinheiro e em outras é preciso fazer a sangria, retirando valores que estejam a mais, para guarda-los no cofre.

O controle de operações: a melhor maneira de fazer

A melhor forma de fazer o controle de operações, realizando a sangria ou injetando valores nos caixas TFL, quando necessário, é utilizando um sistema de gestão informatizado.

O sistema AGIL, desenvolvido pela empresa DouraSoft oferece ao empresário lotérico a facilidade de analisar a cada momento todas as operações e movimentações de cada caixa TFL sem precisar sair de seu computador.

O sistema integrado permite que o responsável pela movimentação financeira, na retaguarda, possa acompanhar a movimentação sem a necessidade de um operador de caixa solicitar que se faça a sangria ou que venha a pedir para injetar valores em seu caixa.

Com essa funcionalidade, o responsável pela movimentação financeira garante a segurança da casa lotérica e abrevia o trabalho do operador de caixa, que não irá precisar sair de seu posto de trabalho, não deixando também que os clientes fiquem esperando mais do que o devido.

Como todo empresário lotérico sabe, o melhor produto que pode oferecer aos seus clientes é um atendimento de qualidade, o atendimento por excelência. Quanto mais automatizada por sua empresa, mais fácil se torna a capacidade de cada operador de caixa prestar mais atenção aos clientes e oferecer o melhor atendimento.

O sistema AGIL é o grande apoio para o empresário lotérico nesse momento. Com a sua utilização, poderá realizar o controle de retirada e de reforços no caixa a qualquer momento, simplesmente fazendo o acompanhamento da movimentação.

O procedimento é bastante simples, sendo lançados automaticamente no sistema e facilitando ainda na hora do fechamento do caixa, evitando papéis e anotações paralelas, que precisam depois ser conferidas com o resumo do caixa TFL.

Ao fazer o fechamento do caixa, no final de cada expediente, todas as informações estão centralizadas, tornando mais rápido e eficiente o controle da movimentação financeira de cada caixa e permitindo a impressão do relatório do dia.

Com o sistema AGIL implantado, a casa lotérica terá toda sua movimentação automatizada, com maior facilidade para controle do dinheiro e trazendo a segurança de menores possibilidades de erros, que exigem tempo para conferência.

Atendimento ao cliente: a principal preocupação da casa lotérica

Como destacamos anteriormente, o grande produto que o empresário lotérico pode oferecer aos seus clientes é o atendimento. Para fazer um bom atendimento, cada operador de caixa deve trabalhar sem a preocupação de se voltar para o controle de operações.

O controle de operações, atualmente, deve ser informatizado, sem riscos de perder papéis de anotações, sem risco de anotar dados errados, voltando-se mais para aquilo que a lotérica deve fazer de melhor: atender bem seus clientes.

 

 

Neimar Mariano de Arruda é Administrador de Empresas, Consultor Lotérico
Especialista em Governança de Tecnologia da Informação e Fundador da DouraSoft
(67) 9.9698-3422

porSINLOPAR

Como estimular o trabalho em equipe  

Muitas empresas não pensam em estimular o trabalho em equipe, mas com isso acabam tendo funcionários individualistas e que não conseguem desenvolver atividades em grupo.

Mas, a verdade é que nenhuma empresa funciona com somente um funcionário. É necessário que a equipe esteja integrada e disposta a trabalhar unindo forças para conseguir conquistar mais clientes e melhorar o atendimento.

Apostar no trabalho em equipe é uma atitude que algumas empresas vêm adotando, isso faz com que o profissional possa passar por várias áreas dentro da empresa, conseguindo absorver conhecimentos diversos e desempenhar um trabalho mais dinâmico dentro da empresa.

Para te ajudar a fazer com que sua equipe fique mais unida e mais forte, elaboramos um artigo cheio de dicas para que você aplique com os seus funcionários.

Ideias para estimular o trabalho em equipe

Existem pessoas mais reservadas, disso não temos dúvidas. Mas, mesmo as pessoas mais quietas podem ser ótimas quando a gestão tende a estimular o trabalho em equipe. Além de melhorar o relacionamento com os outros funcionários, quem trabalha em equipe consegue ter melhor relacionamento com os clientes.

  1. Crie atividades fora do ambiente de trabalho

No ambiente de trabalho nem sempre é fácil cumprir o desejo de estimular o trabalho em equipe. Por isso, fora do ambiente de trabalho você pode criar várias dinâmicas em grupo para que sua equipe se conheça melhor e consiga se relacionar melhor.

Além disso, você garante que todos acabem se conhecendo e construindo uma amizade. Fazendo com que o local de trabalho seja muito mais harmonioso.

Outra dica importante é criar treinamentos para os seus funcionários. Se você tem um gerente ou um funcionário que sabe muito sobre algum assunto, mesmo que pareça trivial como resolver problemas no computador, peça para que ele dê uma pequena aula para toda a equipe.

Dividir conhecimento também deixa sua equipe unida e ainda faz com que cada um seja capaz de solucionar problemas que possam acontecer nos seus terminais.

  1. Saiba distribuir funções

Estimular o trabalho em equipe é algo muito positivo para uma empresa, e existem pessoas mais comunicativas que estão sempre abertas em trabalhar em grupo. Quando for treinar um novo funcionário, por exemplo, sempre o coloque com alguém mais comunicativo para garantir que ele se sinta integrado a empresa.

Além disso, estimule a convivência entre os funcionários, mesmo que atuem em funções diferentes. Os operadores de caixa podem sim pegar dicas com o gerente da loja, mesmo que ele seja mais focado na área administrativa.

A convivência com funcionários de várias áreas pode fazer com que o funcionário cresça e acabe desenvolvendo novas habilidades que vão contribuir para a sua empresa.

  1. Faça reuniões

Nas reuniões todas as pessoas são ouvidas, então estimular o trabalho em equipe nestes momentos. Forme equipes e peça para que cada uma delas traga ideias inovadoras para vender mais produtos lotéricos. Isso irá fazer com que pensem juntos e encontrem alternativas ótimas para conseguir aumentar a rentabilidade da sua empresa.

O melhor é que você estará criando um vínculo entre os funcionários, conseguindo unir o útil ao agradável, pois irá vender mais produtos, sem precisar pressionar demais os funcionários.

  1. Dê um feedback para sua equipe

Depois de ter conseguido estimular o trabalho em equipe, lembre-se de parabenizar os seus funcionários pode terem trabalhado em conjunto e aumentando os lucros da sua lotérica.

Ter um feedback positivo pode influenciar os funcionários a ter cada vez mais ideias positivas para melhorar as vendas na sua loja. Além disso, deixará todos os funcionários muito orgulhosos de si mesmo.

  1. Tenha conversas abertas com seus funcionários

A sua empresa está passando por um momento difícil? Então, estimule o trabalho em equipe através de conversas abertas com a sua equipe. Faça com que todos estejam empenhados em encontrar soluções para aumentar o faturamento da sua lotérica.

Faça reuniões e exponha os problemas para os funcionários. Busque ideias de como solucioná-los e aceite as sugestões que vierem. Lembre-se que os funcionários estão sempre perto dos seus clientes e podem ter dicas funcionárias para te dar.

Esperamos que essas dicas te ajudem a estimular o trabalho em equipe e tragam harmonia e lucratividade para sua casa lotérica.

porSINLOPAR

Falar a língua do cliente: o impacto nas vendas!

Um cliente de casa lotérica, quando é bem atendido, sempre volta. A forma como atendemos os clientes faz com que ele se sinta bem e, convenhamos, todos querem ser bem atendidos, tratados como pessoas especiais e únicas.

Nessa questão, é preciso que encontremos a maneira certa de falar a língua do cliente e entender o que ele precisa.

A área de atendimento ao cliente vem sendo cada vez mais valorizada ao longo do tempo e, quando enfrentamos uma concorrência, precisamos encontrar os métodos mais objetivos para atrair mais clientes.

Hoje se torna muito mais difícil tornar um cliente fiel e esse fato é devido à concorrência: sempre vai alguém oferecendo um produto similar, um produto mais em conta e com a mesma qualidade ou, passando por cima de tudo, encontrar a fórmula certa para agradar o cliente e, mesmo que o produto seja mais caro, fazer com que ele queira pagar mais para ter a atenção.

Na casa lotérica, o atendimento é a chave – como falar a língua do cliente?

Numa casa lotérica, não temos como oferecer um produto com mais qualidade do que os concorrentes. Afinal, trata-se de um sistema único, onde os preços são iguais, os produtos são basicamente os mesmos e, desta maneira, não há como oferecer qualidade maior.

A arma do lotérico, para cativar o cliente, é a empatia. É preciso entender que o cliente é fundamental na casa lotérica e passar a entendê-lo. E entender o cliente não é só fazer uma análise de suas necessidades como cliente, mas sim perceber momentos emocionais e entender suas necessidades como pessoa.

Não se trata, portanto, de apenas atendimento, mas sim de relacionamento. Quando criamos o relacionamento com o cliente, podemos nos colocar no lugar dele, entender que é preciso criar um vínculo e não somente ter um roteiro de palavras e frases automáticas.

Falar a língua do cliente é entender seu nível mental e intelectual

O grande problema da comunicação é não falar da forma certa com a pessoa certa. Um operador de caixa que usa palavreado complicado e difícil não vai ser entendido pelo cliente.

O atendimento não pode ser feito por um robô, que tenha frases decoradas, e sim por uma pessoa que, mesmo que esteja fazendo um trabalho repetitivo – o que é normal para quem trabalha com pagamentos e recebimentos – tem o tempo necessário para prestar atenção naquilo que o cliente está precisando e procurando.

Portanto, para falar a língua do cliente, não se trata apenas de usar as palavras corretas ou usar uma gramática excelente, mas sim de entender o cliente em seus diversos momentos.

Aplicar treinamento é importante para entender e aprender a falar a língua do cliente

O treinamento dos operadores de caixa é fundamental para melhorar o atendimento ao cliente. Não é preciso fazer cursos longos e complicados, mas sim uma reunião de meia hora por semana, conversando com os operadores, procurando saber suas dúvidas, deixando que coloquem suas dificuldades.

A capacitação em atendimento leva a equipe a trabalhar melhor, conseguindo cativar os clientes e trazê-los novamente à lotérica. Dessa forma, o lotérico está criando o seu diferencial. Como não pode apresentar produtos diferentes, pode apresentar o melhor que o cliente precisa: o atendimento bem feito.

O lotérico precisa, para isso, ter tempo disponível. E, para ter o tempo disponível, deve aplicar em tecnologia para fazer sua gestão. Utilizando um sistema de gestão informatizado, não irá precisar gastar o seu tempo com conferências e com procura de erros, tendo a oportunidade de oferecer esse tempo a quem mais precisa: o cliente.Conheça o sistema AGIL para gestão de lotérica e comece a falar a língua do cliente.

 

 

 

Neimar Mariano de Arruda é Administrador de Empresas, Consultor Lotérico
Especialista em Governança de Tecnologia da Informação e Fundador da DouraSoft
(67) 9.9698-3422

porSINLOPAR

Saiba se está na hora de demitir um funcionário

 

Demitir um funcionário não é uma tarefa fácil. É uma atitude que antes de ser tomada deve ser bem pensada, por isso é interessante levar em conta toda a conduta do funcionário antes de tomar essa decisão.

A modalidade mais adequada para demitir um funcionário de lotérica é por justa causa, isso irá fazer com que você tenha menos gastos com essa demissão. Além disso, esse tipo de demissão costuma ser muito mais jutos e acaba eliminando um funcionário desmotivado da sua equipe.

Antes de tomar qualquer decisão, é necessário pensar: será que realmente preciso demitir um funcionário? Para te ajudar com essa tarefa, separamos alguns sinais que mostram que está na hora de demitir este funcionário.

Sinais que indicam que deve demitir um funcionário

  1. Funcionário desmotivado

Não existe nada pior do que um funcionário desmotivado. Além de trabalhar “forçado”, ele acaba contaminando as outras pessoas com os eu baixo astral.

Uma equipe precisa estar motivada e caminhando junto para o sucesso. Para conquistar mais vendas, você precisa ter um funcionário que realmente vista a camisa da empresa e que ofereça seus produtos.

  1. Atrasos

A primeira coisa que mostra que faz um gerente demitir um funcionário é a falta de comprometimento. Se ele chega tarde e não dá nenhuma satisfação, significa que não está muito preocupado com as consequências.

Mas, é importante ter certeza de que este funcionário não está passando por nenhuma dificuldade que justifique este atraso. Por isso, antes de demiti-lo converse com ele. Exponha os problemas e pergunte os motivos destes atrasos, deixe bem claro a sua insatisfação. Esse tipo de atitude pode dar um “chacoalhão” no funcionário e até mesmo fazê-lo mudar de conduta.

  1. Mal atendimento

O funcionário está fazendo um mal atendimento no caixa? Então, é hora de você se preocupar. Os operadores de caixa são parte crucial de uma casa lotérica, por isso é necessário ter muita atenção para o trabalho deles.

É importante que o seu colaborador esteja sempre bem-humorado ao conversar com as pessoas, que seja simpático e educado. Caso contrário, você pode perder vários clientes.

Muitas pessoas costumam ir na mesma lotérica somente porque são bem atendidas. Não é incomum ver clientes fiéis a um estabelecimento por se sentirem acolhidas no atendimento, por isso, na casa lotérica os operadores de caixa devem sempre presar a necessidade do cliente.

Recebeu muitas reclamações do seu funcionário? Então, fique atento. Ele pode estar espantando os seus clientes.

  1. Converse com a equipe

Antes de demitir um funcionário é importante conversar com a sua equipe. Na casa lotérica, a equipe deve sempre estra em sintonia, isso faz com que os conflitos sejam resolvidos rapidamente e que o andamento do atendimento flua.

Pergunte o que acham daquele funcionário, se sabem porque ele anda atrasando e o que faz com que ele esteja tão desmotivado com o trabalho. Se este funcionário estiver tendo uma má conduta, com certeza toda equipe irá te apoiar na decisão de demiti-lo e você poderá realizar essa tarefa sem peso na consciência.

Considerações importantes

Antes de demitir um funcionário analise a situação e converse com sua equipe. Outra dica importante é entrar em contato com o seu advogado ou contador, ele irá te orientar sobre as questões jurídicas que envolvem essa demissão.

Você também deve entrar em contato com o sindicado dos trabalhadores e com o DRT (delegacia regional do trabalho). Eles vão te orientar sobre as legislações do funcionário para que o processo de demissão siga sem nenhum problema.

Se você puder evitar a demissão, conversando com o funcionário e verificar que a conduta do mesmo mudou, isso será ótimo. O funcionário ficará sempre grato e será um colaborador fiel.

Entretanto, se ele realmente estiver atrapalhando o andamento da sua casa lotérica é importante que a demissão seja feita rapidamente. Dessa forma, você consegue manter a sua equipe motiva e o seu estabelecimento funcionando devidamente.

Esperamos que essas dicas tenham ajudado a decidir qual é a melhora hora de demitir um funcionário. Se restou dúvidas, deixe um comentário.