Arquivo de tag Rentabilidade

porNeimar Mariano Arruda

Sistema de gestão para casa Lotéricas. Como escolher?

Quem atua com comércio já passou ou passará por este questionamento. Qual o momento certo para implantar um sistema em minha casa Lotérica? Essa é uma pergunta muito importante, mas que ainda sim, gera dúvidas em muitos empresários Lotéricos.

Primeiramente, precisamos entender que existem momentos e momentos para todo empresário. Porque, muitas vezes possuímos uma necessidade, mas não enxergamos. Ao longo dos anos passamos por uma evolução enorme no modelo de gestão das casas Lotéricas. Principalmente, porque alguns Lotéricos faziam o controle em caderneta, depois em planilhas e por fim em sistemas de gestão. 

Antes de escolhermos um sistema de gestão para Lotérica. Precisamos compreender quais são as nossas principais demandas. Muito provavelmente estamos buscando otimizar o nosso tempo. Aumentar o controle. Diminuir as perdas. Otimizar os processos. Esses são apenas alguns dos vários motivos que precisam ser levados em conta antes de escolhermos o nosso sistema de gestão.

É preciso selecionar bem o seu sistema de gestão para a sua casa Lotérica

Um ponto crucial a ser levado em conta aqui é que precisamos levar em conta qual sistema contrataremos. Principalmente, porque muitas vezes escolhemos precipitadamente e acabamos contratando algo que não atende às nossas necessidades.

Nós da Sinlopar recomendamos o AGIL. É sempre bom salientar que ao contratar um sistema precisamos otimizar um processo, não retardá-lo. Portanto, escolha com cautela. Um sistema de gestão para a sua casa Lotérica, deve atender alguns requisitos. Prático. O seu sistema deve possuir uma interface de faço acesso e utilização. Informações descomplicadas. É crucial que o seu sistema esclareça as suas informações, não o contrário. Outro ponto crucial é que o seu sistema precisa estar dentro do seu orçamento. Ele não pode estar acima da sua realidade, principalmente porque não é válido contratar uma ferramenta que prejudicará ou comprometerá o seu negócio.

Veja alguns Benefícios:

  1. Fechamento de caixa: Uma pergunta simples, a quanto tempo você não tira férias? Ou melhor, o quanto a sua casa Lotérica consome de você? Uma grande vantagem ao contratar um sistema de gestão para casa Lotérica é que você acelera o processo de fechamento de caixa. Alguns Lotéricos levam mais de 30 minutos para fechar o caixa, e ainda sim, muitas vezes nem sabem com certeza se o caixa foi fechado corretamente. Com o AGIL em 3 minutos você tem o seu caixa fechado com segurança.
  2. Evite erros: Outro ponto bastante comum no meio Lotérico é que existem várias casas Lotéricas que não sabem ao certo se estão lucrando ou perdendo. Principalmente, pela falta de controle ao fechar os caixas. Ao contratar um sistema você poderá emitir relatórios concretos e ter noção de como está a situação da sua casa Lotérica. Além disso, permite que erros comuns e primários aconteçam com frequência.
  3. Aumente as suas vendas: Já pensou poder se planejar com base nos relatórios – reais – que a sua casa Lotérica está emitindo? Além disso, imagine poder encerrar as atividades no horário e não antes para fazer os fechamentos, porque não consegue pagar hora extra. Sonho? Não, basta encontrar o sistema de gestão correto para a sua casa Lotérica.

Um bom sistema, evita problemas futuros.

Por fim, queremos salientar que ao escolher um sistema de gestão para a sua casa Lotérica, você estará se precavendo de futuros problemas. Além de conseguir otimizar o tempo de fechamento de caixa. Outro ponto é que conseguirá evitar erros e poderá ter noção real da sua situação.

Portanto, é válido que analise com cuidado antes de contratar um sistema de gestão para a sua casa Lotérica. Principalmente, porque ele precisa atender às suas necessidades.

 

Leia este e outros artigos acessando o nosso blog!

porSINLOPAR

Indicadores financeiros: o que são e como utilizá-los em sua lotérica?

Qualquer empreendimento, para ter sucesso, deve manter o controle rigoroso sobre as finanças e sobre os resultados financeiros. Esses resultados é que servirão como norteadores para que o empresário possa tomar atitudes para o desenvolvimento e crescimento empresarial. Numa lotérica, as coisas também funcionam assim.

Os indicadores financeiros são métricas, índices, mecanismos para coletar e gerar informações sobre a situação financeira da empresa. Numa lotérica, eles servem para demonstrar a saúde do negócio.

Entre os indicadores financeiros, podemos destacar o índice de liquidez, a estrutura do capital e os indicadores de atividade, métricas que têm papel importante para mostrar como está a situação da empresa.

Esses indicadores, quando mostram valores positivos, indicam que a empresa está saudável. No entanto, quando se apresentam negativos, estabelecem que o empresário lotérico deve tomar medidas urgentes para sanar os problemas financeiros da empresa.

A importância dos indicadores financeiros

Os indicadores financeiros são aplicados para acompanhar o desempenho da lotérica e para saber se a empresa está saudável. Eles são retirados dos relatórios e demonstrativos da lotérica, através de balancetes consolidados, emitidos mensalmente, fornecendo números que tornam possível analisar os pontos fortes e fracos na gestão da empresa e indicando os rumos e estratégias que podem ser aplicados para corrigir possíveis falhas.

É importante destacar que não basta apenas ter em mãos o relatório financeiro e aplicá-los nos indicadores econômicos. Essa é apenas a matéria prima para o empresário lotérico, que deve ter conhecimentos para calcular, com base nos demonstrativos, como está a saúde de sua empresa.

Para conseguir os números desses indicadores financeiros, devemos organizá-los da melhor forma possível para o porte da empresa, dividindo em grupos que facilitem a visão global do empreendimento, podendo, dessa maneira, fazer a análise correta de como está a situação econômica e financeira empresarial.

Vamos explorar cada um dos grupos que apresentamos anteriormente para que você, como empresário lotérico, tenha uma ideia melhor de como trabalhar com os indicadores financeiros:

1.     Rentabilidade

A rentabilidade pode ser calculada através do percentual que sobre das vendas depois de calculadas todas as despesas, exceto o importo de renda. O número é gerado em percentual, chegando-se a ele com a divisão do montante de entradas num determinado período, pelo resultado operacional, deduzindo-se todos os pagamentos. Então, por exemplo, se a lotérica teve um total de vendas de 50 mil reais num mês e sua margem operacional absoluta foi de 5 mil reais, o indicador será de 10%. Essa é a rentabilidade do mês.

2.     Liquidez

Para calcular a liquidez de uma lotérica, dentro de um período determinado (e aqui podemos considerar uma vez por mês), vamos precisar saber o que a empresa tem a receber e o que tem a pagar dentro desse mês. Para isso, dividimos o ativo circulante pelo passivo circulante e verificamos o resultado. O ideal é que esse indicador fique acima de 1, para garantir que a empresa tenha condições de arcar com seus compromissos.

3.     Estrutura de capital

A estrutura de capital é a diferença entre o capital da empresa e suas obrigações, ou seja, suas dívidas. Quanto temos um índice alto, vamos ter uma situação de dificuldade financeira e de comprometimento do caixa. Esse índice deve ser aplicado para avaliar a viabilidade, por exemplo, de se fazer dívidas. Seu cálculo é feito através do passivo circulante (ou seja, as obrigações), dividindo-se pelo patrimônio.

4.     Indicadores de atividade

O fluxo de caixa é um dos melhores indicadores financeiros, já que mostra de forma clara a movimentação do dinheiro dentro da empresa. Se os valores que entram estão sendo usados para cobrir despesas operacionais, o índice de liquidez está baixo e a lotérica está funcionando precariamente. Essa situação é bastante perigosa e pode gerar problemas em momentos de instabilidade.

porNeimar Mariano Arruda

3 Caminhos para Aumentar a Receita da Lotérica

Caixa-LucroA casa lotérica é um estabelecimento com grande oportunidade de obter excelentes resultados. Porém, muitos lotéricos não sabem o que fazer para conseguir gerir de forma correta esse estabelecimento em prol do seu crescimento financeiro.

Para que sua lotérica tenha sucesso de verdade, é preciso conhecer algumas formas para aumentar a receita. E é isso que você vai aprender neste artigo!

Formas reais para aumentar a receita da sua lotérica
Não dá para negar que um dos maiores objetivos de um estabelecimento comercial é o lucro. E na casa lotérica, isso não é diferente.
Nesse sentido, separamos algumas dicas para que você consiga aumentar a receita da lotérica de uma vez por todas. Confira:

1. Otimize o atendimento das operadoras de caixa
Além das vendas dos bilhetes e jogos da casa lotérica, uma das coisas que mais fazem a casa lotérica lucrar são os pagamentos de contas. Isso porque a maioria da população prefere ir até a casa lotérica para fazer o pagamento de qualquer tipo de conta pessoal do que enfrentar as filas bancárias.
Entretanto, é igualmente comum ver pessoas desistindo e saindo da fila das casas lotéricas por acreditarem que o atendimento está sendo demorado. Cliente desistindo da compra de produtos ou da utilização de algum serviço da casa lotérica é um dos principais motivos que fazem a lucratividade ser comprometida.
Para aumentar a receita da lotérica você deve otimizar o atendimento das operadoras de caixa. Para isso, você pode seguir alguns caminhos:
• Orientar as operadoras de caixa a focar no cliente, evitando conversas paralelas entre si, para não comprometer a velocidade do atendimento.
• Orientar as operadas de caixa a separar a vida pessoal do trabalho. Visto que na casa lotérica é comum amigos, parentes e pessoas conhecidas dos funcionários aparecerem para utilizar serviços. É preciso não conversar em demasia com eles na hora do atendimento para não comprometer a fluidez do mesmo.
• Utilizar tecnologia para fazer o registro da movimentação dos produtos, serviços, Retiradas (Sangrias) e Reforços de caixa de TFL. Também vale à pena investir em um software que seja capaz de gerenciar com rapidez o fluxo de caixa e controlar o estoque da casa lotérica. Dessa forma, a operadora não precisa quebrar a cabeça ou passar o dia preocupada se o caixa vai bater no final do dia.

2. Evite problemas financeiros para a casa Lotérica
Não dá para aumentar a receita da casa lotérica se o seu estabelecimento tiver problemas financeiros. Para evitar que isso aconteça, você deve se atentar a duas situações:

• Planejamento do pagamento dos tributários da casa lotérica
Infelizmente, o lotérico precisa lidar com desafios relacionados a tributação na casa lotérica. Por mais lucrativo que esse estabelecimento seja, para aumentar a receita, é preciso não ter problemas com o pagamento das taxas e dos impostos.
O lotérico precisa estar ciente que este estabelecimento está sujeito ao ISS, que pode chegar a 5% de todo valor recebido pela lotérica (Este valor pode variar de acordo com cada município). Também existem tarifas cobradas pela CEF sobre os bilhetes e jogos que são vendidos no estabelecimento, e esses envolvem a maior parte do faturamento de uma casa lotérica. Há ainda impostos de COFINS e PIS; recolhimento do IRPJ e a CSLL. Além disso, há o recolhimento do FGTS e do INSS.
Muitos tributos a serem pagos, não é? Mas o não pagamento dos mesmos pode causar multas e gerar um desfalque muito grande na sua lucratividade! Por isso, é importante que o lotérico que deseja aumentar a receita da casa lotérica faça um bom planejamento para o pagamento desses impostos.
Nesse contexto, vale à pena contar com relatórios detalhados sobre a situação da lotérica. Relatórios de Lucratividade de Loterias, Produtos e Serviços, bem como Demonstrativo de Resultados do Exercício e especial com análises horizontais e verticais possibilitam ao empresário uma visão 360º da empresa.

• Controle do fluxo do caixa
Por falta de organização, muitos lotéricos não conseguem ter um controle eficaz do fluxo de caixa da sua lotérica. Isso porque fazer anotações em agendas ou utilizar planilhas confusas acaba não sendo a melhor forma de aumentar a receita da lotérica.
Mais uma vez é importante ressaltar o uso do software de gerenciamento de lotéricas. Além de agilizar o atendimento, como dito no começo do artigo, essa tecnologia permite que você consiga fazer registros exatos, sem o medo de cometer erros na hora de registrar produtos e serviços que foram comercializados.

3. Venda mais produtos
Você percebeu que vender mais foi o último caminho a ser citado para aumentar a receita da casa lotérica? Não por ser menos importante, mas porque existem outros problemas relacionados às finanças de uma lotérica que podem minar a lucratividade.
Não menos importante do que os outros itens citados, a venda dos produtos da lotérica é o que pode aumentar a receita. Já que a maior parte do faturamento de uma lotérica vem da venda dos bilhetes e jogos da Caixa (Em grande parte das lotéricas).
Para que isso aconteça, é de grande importância que você invista em treinamentos das operadoras de caixa. Além de atender com simpatia o cliente, para que ele não tenha uma visão negativa da casa lotérica, a atendente precisa ter jogo de cintura na hora de oferecer os produtos.
Acompanhar com um sistema de gestão de vendas fará toda a diferença, seja através do excel ou software específico para ter em mãos a venda de cada operadora seja em atendimentos (Autenticações), bem como venda de cotas de bolões e loterias. Saber quem vende mais e o que vende mais faz toda a diferença.
É preciso observar o perfil do cliente e oferecer produtos que ele realmente possa adquirir. Mais uma vez, a tecnologia pode ajudar! Usar o software da AGIL garante que você cadastre clientes e que saiba qual foi sua última compra. Assim, você oferece produtos que ele realmente tem interesse e consegue aumentar a receita da sua casa lotérica!