Arquivo de tag Solução

porNeimar Mariano Arruda

Fidelizar: O que fazer para que o cliente volte sempre?

O ativo mais poderoso que uma empresa possui é a sua carteira de clientes e isso não é diferente com as casas lotéricas. Se esta relação entre empresa e cliente for amistosa e leal, com benefícios recíprocos, melhor ainda, certo? Mas, afinal, o que fazer para que o cliente volte sempre? Como lidar com a difícil tarefa de fidelizar a clientela?

A solução para fidelizar o cliente da sua lotérica

Pensando em ir muito além do controle das finanças e da geração de relatórios sobre os resultados econômicos da empresa, o AGIL foi desenvolvido para que você possa dar um salto de qualidade no relacionamento que trava com o seu cliente.

Se, como vimos, fidelizar é uma premissa para que ele volte e continue comprando, desenvolvemos um sistema capaz de registrar e controlar algumas informações aparentemente ingênuas ou sem sentido, mas com grande potencial para fidelizar.

Estas mesmas informações fazem total diferença quando o objetivo maior é conquistar a confiança do cliente, através de um trabalho eficiente para que ele fique cada vez mais satisfeito com o serviço que lhe é prestado.

A esta altura você deve estar se perguntando: mas o que o AGIL tem de tão especial neste quesito? Responderemos estas e outras perguntas no tópico a seguir…

 

O que o AGIL faz para você fidelizar, em definitivo, o cliente da sua lotérica

Desenvolvemos um super cadastro de clientes, que vai muito além do simples registro de informações de contato. Com o AGIL, você estará controlando e registrando itens como:

  • Você saberá o que o cliente costuma comprar.
  • Terá condições de informar quais são suas maiores preferências pessoais, incluindo números favoritos para jogos e loterias de preferência.
  • Poderá descobrir ainda, através do cruzamento de informações, com que frequência ele compra em sua lotérica.

Todos estes dados, quando devidamente interpretados e analisados, propiciam uma compreensão completa sobre o comportamento do seu cliente. Com eles, fidelizar fica muito mais fácil e simples, já que você conhece bem a sua carteira e poderá trabalhar para que a sua lotérica ofereça um atendimento super personalizado em relação a sua carteira de clientes.

Desse modo, o seu maior ativo estará em boas mãos, e não haverá muitas oportunidades para que a concorrência avance em relação ao seu posicionamento. Aliás, diante das suas estratégias de relacionamento com os clientes, é bem provável que a concorrência perca a preferência de parte da sua clientela.

Registrar as informações do cliente, bem como outros detalhes importantes, é essencial para que você defina estratégias com base nestas informações. Quer mais um exemplo? Se você sabe a periodicidade com que um cliente compra, você poderá prever receitas potenciais futuras, além de poder resgatar clientes que não apareceram dentro do prazo esperado, fazendo contato direto com ele para saber o que houve e como pode ajudar.

Isso tudo somente é possível com o AGIL!

Se você ainda tem alguma dúvida em relação ao AGIL ou ainda não está totalmente convencido quanto à sua capacidade em fidelizar o cliente, assista a este depoimento de uma de empresária lotérica como você. Nada melhor do que escutar a experiência de alguém que enfrentou os mesmos desafios que você enfrenta. CLIQUE AQUI PARA ASSISTIR.

 

 

Neimar Mariano de Arruda é Lotérico e Fundador da DouraSoft,
Administrador de Empresas, Consultor em Gestão Empresarial e
Especialista em Governança de Tecnologia da Informação
(67) 9.9698-3422

porNeimar Mariano Arruda

Já ouviu um golpe?

post-01As casas lotéricas, antes apenas vítimas de golpes relacionados à assaltos no estabelecimento comercial, estão sendo vítimas de todos os tipos de golpes. Por ser um estabelecimento que movimenta muito dinheiro, é preciso estar atento a possíveis golpes e fraudes que andam ocorrendo com frequência cada vez maior.

Atualmente, existem pessoas mal-intencionadas que aplicam golpes pela internet e até mesmo pelo telefone. Esses novos estilos de crimes vêm fazendo lotéricos perderem muito dinheiro.


 

Casos de golpe em lotéricas

Um golpe recentemente aplicado em casas lotéricas envolve uma ligação de uma suposta funcionária da Caixa Econômica Federal. Após fazer algumas perguntas sobre o sistema, a mulher ao telefone solicita um depósito e fala sobre uma senha que deve ser dita apenas ao proprietário.

Depois que todas as informações são fornecidas a golpista desliga o telefone.

Confira um áudio sobre um golpe que estava prestes a acontecer!  A dona da lotérica recebeu uma ligação de uma golpista dizendo-se ser da Caixa Econômica Federal. Ela estava tentando aplicar o golpe, mas dessa vez não conseguiu. Ouça:

O áudio foi enviado pelo Sr João Miguel Turcatto, alertando sobre golpes recorrentes em que lotéricos são lesados.

E esse não é nem de longe o primeiro caso de golpe em lotérica. Em Ponta Porã/MS, recentemente aconteceu um episódio ainda pior.

Semelhantemente ao citado acima, a funcionária da lotérica recebe uma ligação de um golpista que solicita um depósito para manutenção do sistema. Acontece que nesse caso a funcionária efetuou o depósito depois de fornecer as informações e a lotérica perdeu 7 mil reais.

A grande discussão sobre a segurança das lotéricas envolve o pouco dinheiro que os lotéricos recebem para investir em segurança.

Como proteger minha lotérica de golpes?

Primeiramente é necessário conhecer as principais características de golpes para conseguir se proteger deles.

Com a tecnologia, fica cada vez mais difícil saber se uma ligação ou uma chamada por e-mail é verídica ou falsa. Mas, existem algumas características comuns nos golpes. Veja:

  • Apelo à autoridade: para parecer verídicos, os golpes sempre virão com informações supostamente provenientes da Caixa Econômica. Já que é a responsável pelas lotéricas
  • Execução de software: muitas vezes, os golpistas solicitam a execução de um software ou aplicativo para conseguir ter acessos restritas no seu computador. Tenha muito cuidado ao executar qualquer coisa no seu local de trabalho.
  • Endereços temporários: os sites e páginas para aplicar golpes são geralmente registradas com endereços temporários. E com domínios que lembrem a Caixa Econômica Federal para dar impressão de credibilidade.
  • Solicitação de dados pessoais: em golpes, seja por telefone, internet ou outro meio, é comum a solicitação de dados pessoais como: contas, senhas e etc. Esses dados sensíveis não devem ser transmitidos se você não tiver real certeza de que trata-se de uma ligação verdadeira.

Como se proteger?

  • Orientar as operadoras de caixa: é preciso orientar as operadoras de caixa a não passarem informações de nenhum tipo sobre funcionamento das casas lotéricas, a rotina de trabalho, o fluxo de caixa e principalmente para não passarem dados importantes por telefone ou por e-mail. 
  • Acompanhe sua situação bancária: é importante estar sempre atualizado sobre a situação das suas contas 003 e 043. Isso irá facilitar a sua vida quando algum golpista telefonar dizendo que há alguma coisa de errado com suas contas. Já que você saberá exatamente a situação que elas se encontram.
  • Use software confiáveis: se você optar por utilizar softwares de gerenciamento – o que é extremamente indicado – use aqueles que realmente são seguros. O software deve ser capaz de auxiliar a executar o tópico anterior, já que possui integração com contas bancárias.
  • Entre em contato com a CEF: em caso de golpes ligue para a ouvidora da Caixa pelo número 0800 725 7474. O número pode ser encontrado no site oficial da Caixa Econômica Federal: http://www.caixa.gov.br/seguranca/antigolpes

Nas próximas semanas iremos abordar o tema segurança nas lotéricas. Por isso, não perca os próximos artigos.