Arquivo de tag Lotérica

porSINLOPAR

Como evitar ficar sem troco em sua lotérica?

Um dos grandes problemas enfrentados por qualquer estabelecimento, seja comercial ou de prestação de serviços, é conseguir dinheiro trocado, em moedas, para atender os clientes e não ficar sem troco. A casa lotérica, evidentemente, não consegue fugir disso, principalmente porque, embora movimente grandes quantias durante o dia, sempre existem valores quebrados, que exigem moedas para o troco.

Para evitar ficar sem troco, é importante sempre pedir aos clientes dinheiro trocado. Quanto mais trocado, melhor para o movimento do caixa. O responsável pela retaguarda deve também manter um bom volume de moedas, permitindo que todos os operadores de caixa tenham o suficiente para atender o cliente.

Aqui, vale lembrar que, diferente de um bar ou de um supermercado, não há como oferecer diferenças de troco em balas ou chicletes. O cliente vai querer receber o troco em dinheiro.

E, atualmente, com a dificuldade em encontrar moedas e algumas cédulas, é preciso ter sempre uma reserva suficiente.

Uma das facilidades existentes na casa lotérica é a possibilidade de pagar com cartão, embora o caixa TFL só possa receber cartões da Caixa Econômica. Portanto, se houver necessidade e se o cliente tiver cartões da Caixa, é preferível fazer a retirada para o pagamento de suas contas, em vez de receber em dinheiro.

Fazendo reservas de moedas para evitar ficar sem troco

O lotérico, portanto, precisa sempre fazer reservas de moedas e, para ter a quantidade suficiente, precisa se organizar para saber o quanto vai precisar em dinheiro trocado. Essa, certamente, seria uma tarefa bem difícil se não houvesse um sistema de gestão financeira que pudesse manter o controle.

O sistema AGIL, um software desenvolvido pela DouraSoft, além de inúmeras funcionalidades, também permite que o lotérico possa manter esse controle.

O sistema possui um menu denominado Retaguarda, que permite o lançamento e o controle de todas as operações que envolvem a operação principal da casa lotérica, ou seja, o dinheiro que entra ou que sai do estabelecimento.

A opção de controle permite saber todos os trocos dos caixas TFL, através de cada operador e de sua movimentação, detalhadamente, inclusive pelas moedas, o que vai evitar que o lotérico seja pego de surpresa, sem ter troco nos seus caixas.

Para manter esse controle, basta entrar no meu Troco, onde estarão todos os valores de cédulas e de moedas, e onde o sistema contabiliza o número de cédulas e moedas por quantidade.

Com essa funcionalidade, além de saber uma média da necessidade de número de moedas e de cédulas pelo valor estampado nas mesmas, o lotérico poderá também fazer a previsão para cada dia de expediente, mantendo o número de moedas e cédulas menores para não ficar sem troco em seus caixas.

Desta forma, na hora de fazer a transferência de valores para a Caixa Econômica, basta separar as cédulas de maior valor e guardar no saldo do caixa todas as moedas e cédulas menores, dentro da média percebida nos movimentos diários.

Sistema AGIL: facilidade para o empresário lotérico

O sistema AGIL vem se desenvolvendo há mais de 20 anos para a gestão financeira das casas lotéricas. Ao longo desse tempo, todas as necessidades vêm sendo atendidas. A cada alteração nos sistemas da Caixa Econômica ou a cada necessidade apresentada pelos empresários lotéricos, os programadores da DouraSoft implementam uma nova funcionalidade.

A funcionalidade de troco foi inserida justamente para atender a uma necessidade cada vez mais comum nos estabelecimentos comerciais e de prestação de serviços e, como no caso de casas lotéricas, não poderia ficar de fora de um sistema que vem prometendo e cumprindo, ao longo desses mais de vinte anos, atender todas as obrigações e necessidades, para que o empresário tenha disponibilidade de oferecer qualidade na sua prestação de serviços e evitar ficar sem troco.

 

 

 

Neimar Mariano de Arruda é Administrador de Empresas, Consultor Lotérico
Especialista em Governança de Tecnologia da Informação e Fundador da DouraSoft
(67) 9.9698-3422

porSINLOPAR

Como controlar as vendas?

Controlar as vendas de uma casa lotérica é uma necessidade primordial. É através das vendas que o empresário vai saber a lucratividade de sua empresa e as ações que deve tomar para aumentar o número de clientes e garantir a continuidade da empresa.

Com o controle correto das vendas é possível manter a administração bem direcionada, mais alicerçada, já que o movimento da lotérica é diferenciado de qualquer outro estabelecimento de prestação de serviços.

Na casa lotérica somente se trabalha com números, que representam valores que, por sua vez, é na maior parte de terceiros. Do volume movimentado é que saem as vendas, que irão trazer para o lotérico sua receita e possibilitar o cálculo do coeficiente de lucratividade.

Controlar as vendas com um software específico

Para controlar as vendas da casa lotérica é necessário ter um software confiável, como o AGIL, desenvolvido pela DouraSoft. O primeiro passo para manter esse controle é informatizar a casa lotérica.

Depois de instalado o programa AGIL, o lotérico deverá manter seus operadores de caixa bem treinados, de forma a operacionalizar o sistema, fazendo os lançamentos de forma correta para não gerar erros no fechamento do caixa.

Um sistema operacional, como sabemos, só funciona através da inserção de dados e, como não possui inteligência, quem o manipula deve conhecer todas as ferramentas e funcionalidades.

Portanto, é importante orientar bem cada funcionário para que não aconteça qualquer imprevisto que atrapalhe o bom andamento dos trabalhos e que permita agilizar o atendimento, evitando a formação de filas.

O manual de instruções do AGIL deve estar disponível para qualquer funcionário poder tirar dúvidas em alguns momentos, evitando atropelos durante o controle de seu caixa TFL.

Pelo sistema AGIL, o lotérico ainda tem a vantagem de poder controlar as vendas no momento certo, sabendo como está o movimento em cada caixa TFL, uma das funções mais inteligentes do sistema.

Assim, é possível saber em qualquer hora do dia, como estão as sangrias do caixa e os valores de vendas que estão nos cofres e os que foram enviados para a Caixa Econômica.

O fechamento do caixa permite a emissão de relatórios diferenciados, por cada caixa, e esse fechamento pode ser feito pelo próprio operador, com o acompanhamento no tempo certo pelo gerente ou pelo lotérico. Esses relatórios mostram os valores de venda detalhados, por produtos.

Além das vendas controladas pelo TFL(ou fora deles, como é o caso das TeleSenas), o AGIL também permite fazer o controle de vendas de qualquer item cadastrado como produto, como loteria ou como serviços.

Dessa forma, a casa lotérica pode ampliar a oferta de produtos, como a venda de chips de celulares e outras permitidas pela Caixa Econômica.

O sistema permite o lançamento tanto de vendas à vista como de vendas a prazo, fornecendo ao lotérico maior segurança no controle de cobranças e de clientes que mantém débito com a empresa.

Em cada venda, também é possível emitir um comprovante, que pode ser interessante para o controle e para a conciliação na hora do fechamento de caixa, e, o mais importante, no caso de uma venda a prazo, é que o próprio sistema irá gerar o registro de contas a receber.

O operador de caixa ainda possui a autonomia para atendimento de qualquer cliente que compre a prazo sem precisar pedir autorização: existe um limite de vendas que pode ser cadastrado para cliente e, no caso de excesso, o sistema não libera valores acima do limite de crédito.Esse limite pode ser autorizado através do cadastro de clientes, onde é possível alterar os valores permitidos e controlar as vendas.

 

 

Neimar Mariano de Arruda é Administrador de Empresas, Consultor Lotérico
Especialista em Governança de Tecnologia da Informação e Fundador da DouraSoft
(67) 9.9698-3422

porSINLOPAR

Como atrair mais clientes para sua lotérica

Atrair mais clientes para sua lotérica é extremamente necessário. O empresário que se conforma com poucas vendas, está fadado ao fracasso.

Sem clientes nenhum negócio vai para frente, por isso é preciso sempre estar trabalhando para conquistar a atenção e a credibilidade das pessoas. Para realizar essa tarefa, a primeira coisa que você precisa fazer é pensar no cliente.

Ter em mente quem realmente é o seu público alvo é essencial para vender mais. Você precisa estar ciente do que ele realmente precisa e como vai oferecer os seus produtos sem que isso se torne uma coisa chata.

Por isso, é crucial que os funcionários da sua empresa estejam muito bem treinados. Oriente-os para que não afugentem os clientes, mas para que fidelizem cada pessoas que entrar na sua lotérica.

Estratégias para atrair mais clientes para sua lotérica

  • Venda um sonho

Quem não tem o sonho de ganhar na loteria? Muita gente vê essa história de comprar bilhetes premiados como algo impossível e você precisa mudar essa mentalidade.

Compartilhe histórias de pessoas reais que conseguiram mudar sua vida através de prêmios de loteria. Mostre que realmente é possível ganhar e tire o medo das pessoas que ainda ficam receosas em apostar.

Uma forma de conseguir realizar esse ato, é utilizando as redes sociais. Mostre que os produtos lotéricos são realmente confiáveis e que podem sim trazer um bom prêmio.

Se houver casos da sua cidade de pessoas que ganharam um prêmio, conte sobre isso. Não é necessário divulgar o nome do cidadão, caso o mesmo não queira. Mas, só de mostrar aos leitores que alguém desta cidade ganhou um prêmio, com certeza já ficarão motivados.

  • Desperte o interesse

Muita gente quer apostar, mas acha que só pode investir em bolões de alto valor. Uma forma de atrair mais clientes para sua lotérica é elaborando bolões com um valor específico e chamando alguns clientes fiéis para participar.

Se eles não estavam pensando em apostar, depois do seu convite com certeza vão acabar ficando interessados.

Faça com que os próprios clientes divulguem os bolões e os produtos da sua lotérica. Não existe nada que desperte mais interesse do que os comentários feitos boca a boca.

  • Invista na sua lotérica

Com certeza você investe dinheiro na sua lotérica, mas você investe o seu tempo nela? É importante que o empresário esteja sempre dentro do seu estabelecimento para saber como andam as coisas.

Já dizia o ditado: ” o olho do dono é que engorda o gado”. Pode parecer mentira, mas quando você gerencia de perto a sua empresa, ela realmente cresce.

Por isso, trabalhe de verdade no seu negócio. Esteja sempre lá, vendo o que está funcionando e o que precisa ser melhorado.

  • Satisfação do cliente acima de tudo

O cliente é o que move a sua lotérica. Então, deixe-o satisfeito. Muitas vezes as pessoas passam horas e horas em uma fila de lotérica, mas essa experiência não precisa ser totalmente desagradável.

Veja se o local é bem iluminado, se realmente oferece um clima agradável para os clientes. Se for necessário, instale mais ventiladores ou até um ar condicionado. É importante que estar dentro da lotérica não seja algo ruim, essa experiência tem que ser boa.

  • Faça Network

Conheça novas pessoas, empresários de outros nichos. Conversar com outras pessoas pode fazer com que você tenha ideias inovadoras para o seu negócio.

Além disso, você ainda pode fazer parcerias. As parcerias garantem que outros empresários divulguem o seu negócio, é uma via de mão dupla, beneficia os dois empresários.

Outra coisa importante é que você conheça outros lotéricos. Estar por dentro de tudo que acontece dentro da sua área é muito importante para os seus negócios.

 

 

porSINLOPAR

Como organizar as despesas da sua lotérica?

Organizar as despesas de uma casa lotérica permite que o empresário lotérico possa tomar as decisões mais acertadas com relação a redução de custos e ao gerenciamento de sua empresa de uma maneira mais completa.

Organizar as despesas é necessário para que se possa acompanhar mais de perto das finanças da lotérica, gerando maiores possibilidades de calcular os custos e de acompanhar o potencial de vendas, projetando a margem de lucro da empresa e permitindo a realização de investimentos de médio e de longo prazo.

Para o empresário lotérico organizar as despesas são necessários alguns passos básicos, sendo o primeiro deles escolher um sistema de gestão apropriado para o tipo de atividade da empresa. Como se trata de uma casa lotérica, o melhor sistema de gestão é o AGIL, um software desenvolvido pela DouraSoft, que permite organizar custos, despesas e receitas de uma forma mais prática e completamente automatizada.

O sistema AGIL é de fácil manipulação, com interface amigável, que permite fazer toda a movimentação e oferece os relatórios e gráficos necessários para conhecer a real situação da empresa.

Como fazer a organização de despesas

O sistema AGIL facilita ao empresário lotérico todos os lançamentos, trazendo, todos os dias, o saldo final do dia anterior, permitindo o sequenciamento dos lançamentos com os saldos anteriores.

No sistema serão lançadas todas as entradas pelas vendas de produtos e serviços, onde são descritas as datas, a origem, o registro e a forma de pagamento, bem como o valor de cada movimentação, acrescentando os valores ao saldo do caixa existente.

Os lançamentos de saída de dinheiro entram diretamente no caixa, registrando todos os destinos e de que forma foi feito o pagamento. Nesse caso é que entra a organização das despesas, devendo ser classificadas em custos fixos, custos variáveis, compras de produtos, etc.

Além disso também é possível lançar as compras que são feitas a prazo, para que esse controle também seja acompanhado.

Organizar as despesas exige a separação entre as despesas fixas e as variáveis.

Despesas fixas

As despesas fixas são aquelas previsíveis e que não possuem muita variação de valor, como, por exemplo, aluguel, salários, obrigações trabalhistas, honorários de contador, energia, água e telefonia, entre outras.

Despesas variáveis

Entre as despesas variáveis, temos todos os valores que, muitas vezes, não são previstas, ou aquelas que sofrem variações maiores de acordo com a produção/venda do produto (Diferentemente das despesas fixas, que independente de produzir/vender terá que ser paga). Essas, muitas vezes, dependem do próprio movimento.

Com todos os lançamentos feitos, através das categorias em suas contas, o lotérico terá o resultado financeiro de toda a movimentação, com o saldo do dinheiro que entrou e que saiu durante o dia, sabendo, ao final do período quanto possui em valores.

Esse saldo define o quanto de receita foi acrescentada à lotérica, devendo ser sempre maior a cada dia. Quando há redução do saldo de caixa, é preciso verificar se as despesas estão sendo acima do esperado e cortar os custos que não são tão necessários.

Cuidados ao organizar as despesas

Para manter o controle financeiro e a organização das despesas, é necessário tomar alguns cuidados, como, por exemplo:

  • Separar todas as despesas da casa lotérica dos gastos pessoais;
  • Não contabilizar como saldo positivo os cheques devolvidos ou que ainda serão compensados;
  • Não deixar contas a pagar em atraso para não pagar juros e multas;
  • Fazer as anotações de todas as movimentações bancárias, lançando no sistema;
  • Ter a contabilidade sempre em dia, não deixando de anotar nenhum centavo que tenha entrado ou saído no caixa da empresa.

Ao organizar as despesas, o lotérico poderá fazer sua projeção de lucros, tomando os cuidados necessários para aumentar a produtividade.

Neimar Mariano de Arruda é Administrador de Empresas, Consultor Lotérico
Especialista em Governança de Tecnologia da Informação e Fundador da DouraSoft
(67) 9.9698-3422

porSINLOPAR

Importância de fazer reuniões com seus funcionários

As reuniões com seus funcionários são motivos de medo entre a sua equipe? Essa realidade precisa mudar. Os momentos com os seus funcionários devem ser proveitosos e devem servir para fazer a sua empresa crescer.

Reuniões chatas e desnecessárias devem ser excluídas da rotina da sua empresa. Afinal, todo mundo tem muito trabalho a ser feito. Mas, existem temas que só podem ser abordados durante as reuniões, onde pessoas de várias funções diferentes estão reunidas.

As reuniões promovem o relacionamento entre sua equipe, independente no nível hierárquico que ela ocupe dentro da sua casa lotérica. E ainda te dá a oportunidade de ouvir opiniões diferentes sobre vários assuntos, te ajudando a montar soluções mais efetivas que possam agradar os clientes.

Por que fazer reuniões com seus funcionários?

Existem vários motivos para que haja as reuniões com seus funcionários. Uma delas é fazer com que cada participante da sua equipe se sinta necessário. Afinal, quando você ouve um funcionário e diz que a ideia dele foi boa, ele se sente valorizado.

Muitas pessoas se sentem motivadas em trabalhar em empresas que levam em consideração suas opiniões. Além disso, você não tem nada a perder ao ouvir seus funcionários. Eles estão sempre em contato com os clientes e podem ter ideias relevantes para serem ouvidas.

Outro motivo importante para as reuniões é que elas permitem que você sinta como está o clima organizacional da sua empresa. Se você perceber que os funcionários não conseguem se falar, e muito menos ouvir o que os outros estão falando, algo está errado. É importante perceber se há alguém destoando a harmonia da sua empresa e solucionar este problema.

Além disso, todos precisam estar empolgados para vender mais produtos e para ouvir as táticas que você vai ensinar para que eles consigam crescer dentro da casa lotérica. As reuniões são ótimas oportunidades para que você mostre o seu espírito de liderança e compartilhe com sua equipe tudo o que aprendeu sobre empreendedorismo. Dessa forma, toda sua equipe conseguirá ter ótimos resultados nas vendas dos produtos.

Reuniões em momentos de crise

Uma hora essencial para reuniões com seus funcionários são os momentos de crise. É muito importante que sua equipe esteja ciente da real situação da sua empresa e que não fiquem aumentando o problema.

Em tempos difíceis o que tem que ser feito é trabalho em dobro. Mas, o que acontece em muitas empresas é que os chefes não falam a respeito disso, e todo mundo fica com medo de ser demitido.

Então, para evitar esse tipo de situação um bom líder convoca uma reunião com todos os funcionários, tranquiliza a equipe e mostra que há meios de melhorar a produtividade e faturamento da empresa e que ninguém precisará ser demitido.

Isso faz com que sua equipe fique motivada e confiante em sua liderança. Dessa forma, farão de tudo para que sua empresa cresça e aplicarão suas dicas para vender mais produtos lotéricos.

Como não deixar as reuniões com seus funcionários tediosas

A primeira coisa que você precisa fazer para que as reuniões com seus funcionários não sejam um tédio é marcá-las quando realmente forem necessárias. A sua equipe deve se reunir pelo menos 1x por mês, entretanto devem ser citados assuntos importantes.

É importante ouvir os funcionários e não os prender muito tempo além do seu expediente. As reuniões podem ser rápidas e mesmo assim ser produtivas.

Sugira sempre formas de deixar os funcionários mais felizes, como eleger o funcionário do mês durante essas reuniões. Isso fará com que eles fiquem ansiosos para que as reuniões com seus funcionários aconteçam.

Outra coisa importante é pedir ajuda para os funcionários para resolver problemas com os clientes. Por exemplo, se você já adotou um sistema o cliente pode deixar sua opinião, através de uma caixa de sugestões na sua loja, é durante a reunião que você irá discutir essas sugestões com os seus funcionários e juntos optar pelas mudanças que realmente vão trazer benefícios para sua loja.

As reuniões com seus funcionários são importantes e ainda te dá a chance de conhecer melhor cada funcionário. É um momento onde o líder e os funcionários podem dizer o que pensam sem medo, podem expressar sua criatividade e dar sugestões.

Por isso, inclua reuniões na sua empresa e veja a mudança que isso fará no comportamento dos seus funcionários.

porSINLOPAR

Atividades de um Gerente de Lotérica

Uma lotérica de maior porte, com maior movimento, tem necessidade de um gerente. Um gerente de lotérica, nesse caso, é peça fundamental no processo de funcionamento da casa lotérica, devendo ser ele a pessoa que, em grande parte das vezes, pode sair em campo para uma atividade operacional qualquer, mostrando para a equipe que não está simplesmente no comando, mas que também sabe atuar como um funcionário, seja no caixa ou na retaguarda.

O gerente de uma casa lotérica deve ser escolhido preferencialmente entre os próprios funcionários, entre os que melhor conhecem o funcionamento, que tenham afinidade com outros funcionários e que não demonstrem qualquer superioridade na frente dos outros.

É necessário que seja um profissional motivador, sem se rotular como diferenciado por sua posição, sem criar dificuldades para qualquer outro membro da equipe.

Em outros artigos já comentamos sobre as principais características de um gerente de lotérica, e não custa nada repetir. O profissional, para ocupar o cargo, deve ter as atribuições necessárias exigidas principalmente para unir a equipe.

Uma casa lotérica tem como principal atividade o atendimento ao público e este deve ser feito dentro das melhores regras de conduta, com um operador eficiente no que faz, rápido no atendimento, mas, ao mesmo tempo, cortês, educado, gentil.

Para um gerente de lotérica, o bom relacionamento com todos os funcionários da equipe só vai trazer benefícios para a empresa: funcionários motivados, operadores de caixa que oferecem produtos, pessoas que se comprometem com a lucratividade da empresa.

O gerente de casa lotérica, além de suas atividades, sobre as quais falaremos mais adiante, deve ter sempre a preocupação de analisar e verificar o que está ocorrendo dentro do estabelecimento, atendendo prontamente a todas as necessidades dos operadores de caixa e tornando o serviço mais eficiente.

Um gerente de lotérica deve ser consciente de suas obrigações

Entre as atividades de um gerente de casa lotérica podemos considerar como primeira a consciência com relação às suas obrigações. Isso o torna diferente de qualquer outro funcionário da lotérica.

O comprometimento com suas atividades, a preocupação com a equipe, o perfeito atendimento às necessidades dos clientes, tudo isso faze de um gerente de casa lotérica uma pessoa essencial para a condução do negócio.

A função de gerente de casa lotérica exige um profissional que tenha conhecimento de vendas, que é respeitado por aquilo que representa, que sabe manter uma equipe motivada e que tem a competência de selecionar os melhores, motivando os outros e também se automotivando.

A equipe de operadores de caixa é a alma da casa lotérica e, sem uma boa equipe, certamente a casa lotérica irá perder clientes e tornar-se conhecida como ruim no atendimento.

Assim, o gerente de casa lotérica deve ser a base para a casa lotérica, promovendo o entrosamento entre a equipe, ao mesmo tempo em que executa atividades como as exigidas para a sua função:

  • Atendimento a clientes;
  • Identificação de oportunidades de melhoria;
  • Propor medidas corretivas para o atendimento;
  • Acompanhamento de vendas e das operações do caixa;
  • Controle de estoque e reposição;
  • Conferência do estoque;
  • Supervisão de alterações de preços e cartazes de ofertas;
  • Supervisão de exposição de produtos e de campanhas promocionais;
  • Acompanhamento da rotina dos operadores de caixa.

Ao encontrar um profissional com todas as características apresentadas, o proprietário da casa lotérica poderá ter a certeza de estar contratando um profissional de primeira qualidade.

No entanto, como salientamos anteriormente, a melhor maneira de encontrar o gerente de lotérica certo é preparando um profissional para a função. Não é uma situação para imposição de um profissional, mas sim de promover aquele que se mostrar adequado dentro da equipe de trabalho.

 

 

 

Neimar Mariano de Arruda é Administrador de Empresas, Consultor Lotérico
Especialista em Governança de Tecnologia da Informação e Fundador da DouraSoft
(67) 9.9698-3422

 

porSINLOPAR

Estratégia empresarial: como aplicar na lotérica

Utilizar a estratégia empresarial para aumentar as vendas da sua casa lotérica, é uma forma inteligente de conquistar novos clientes e promover os produtos da sua empresa. Estas ferramentas podem proporcionar maior eficiência nas suas campanhas.

Todo lotérico entende quanto um bom planejamento estratégico de vendas pode ser fundamental para aumentar o faturamento do seu negócio. Muitos empresários que menosprezam o planejamento acabam fechando as portas prematuramente. Mas, quem realmente está interessado em conseguir vender mais produtos lotéricos, com certeza consegue entender que existem instrumentos que podem auxiliar nessa tarefa.

O plano de vendas de qualquer empresa deve incluir algumas etapas, sendo elas: poder de convencer o cliente, liderança, conhecer o mercado em que está inserido, conhecimento de administração empresarial, conhecer a concorrência, conhecer os seus produtos e as técnicas de vendas. Iremos detalhas todas estas etapas neste artigo

Estratégia empresarial – dicas para aumentar o faturamento da sua lotérica

Todo empresário é resiliente, sabe que nem sempre os negócios estarão a todo vapor e é preciso ter calma. Mas, o fluxo dentro de uma casa lotérica normalmente é grande. Diferente de outros estabelecimentos, a casa lotérica também presta serviços bancários, que pode influenciar a entrada de clientes dentro deste estabelecimento.

Para aproveitar esse fluxo de pessoas que entra e sai da lotérica todos os dias e vender mais produtos lotéricos, é necessário seguir algumas dicas que fazem parte da estratégia empresarial. Veja:

  • Aprender a convencer o cliente

Muitas vezes o cliente entra na casa lotérica querendo somente pagar uma conta bancária. Mas, o operador de caixa deve saber convencê-lo a comprar algum produto lotérico. Para oferecer um produto o operador de caixa deve adotar uma estratégia sutil, caso contrário o cliente pode se sentir invadido.

Esta estratégia empresarial inclui dizer ao cliente que o valor do prêmio que está em jogo. Ao perceber que o bilhete que está sendo vendido é barato em relação ao prêmio que ele pode oferecer, o consumidor fica tentado a comprá-lo. A função do vendedor é deixá-lo cada vez mais atraído pelo bilhete lotérico.

  • Seja um líder

Outro conceito de estratégia empresarial que você pode empregar na sua casa lotérica é a liderança. Os seus funcionários devem ver você como fonte de inspiração, alguém que possam pedir conselhos e que tenham orgulho de mostrar bons resultados.

Estimule sua equipe a vender os produtos lotéricos. Estipule uma campanha de premiação para os funcionários que conseguirem mais vendas mensais, dessa forma vão se sentir influenciados a aplicar as estratégias de persuasão ao cliente.

  • Faça os funcionários conhecer o mercado

Não basta você, empresário, conhecer o seu mercado. É necessário que os seus funcionários também estejam bem inseridos nesse nicho e saibam como podem vender mais produtos.

Todo funcionário deve conhecer o produto que está divulgando. Caso contrário, um consumidor pode fazer uma pergunta e o operador de caixa não saberá responder. Por isso, faça reuniões mensais para falar dos produtos e ensinar a sua equipe estratégias para vendê-los.

  • Administração empresarial é importante

Para que você não se complique, dentro da sua estratégia empresarial é importante pensar na administração da sua lotérica. Não deixe de conferir o fechamento do caixa e direcionar todos os dias o valor dos caixas para a Caixa. Não esqueça é você deve pagar uma taxa mensal para Caixa Econômica Federal, não perca os prazos para não pagar multas.

Além disso, não misture suas despesas pessoais com as contas da casa lotérica. Pague tudo separadamente para não ter problemas na hora de contabilizar os gastos e os lucros da sua empresa.

  • Utilize técnicas de vendas

Uma técnica de venda voltada para estratégia empresarial que você pode incluir na casa lotérica é o cadastro de clientes. Se o consumidor costuma ir muito a sua casa lotérica, faça um cadastro desta pessoa. Dessa forma, o operador de caixa poderá oferecer produtos que combinem com o perfil deste consumidor.

Além disso, você pode criar bolões e oferecer para os clientes mais assíduos da sua casa lotérica. Além de sentir-se especial, o cliente também irá falar para outras pessoas sobre como a sua casa lotérica é atenciosa e sobre como ele está apostando na sua lotérica. Isso irá estimular o marketing “boca a boca”, divulgando a sua empresa para mais pessoas.

porSINLOPAR

Caixa TFL automatizado: informações na hora!

O controle da movimentação financeira de uma casa lotérica é a ferramenta mais importante para manter a administração da empresa em ordem e atualizada. Se tratando de uma casa lotérica é necessário saber que o mais importante são os números, não só para entender o fluxo da movimentação financeira, mas também com relação à logística, uma vez que a casa lotérica trabalha com dinheiro de terceiros, movimentando um grande fluxo de dinheiro durante o dia.

Portanto, é fundamental que o empresário lotérico tenha em mãos o total controle de sua empresa, controlando, inclusive cada caixa TFL, no momento em que estão sendo feitas as movimentações financeiras, já que todo o processo exige muita precisão para atender às obrigações que a casa lotérica tem com a Caixa Econômica e com todos os clientes, evidentemente.

Com um sistema de gestão financeira informatizado, tudo isso é possível, fornecendo ao empresário lotérico todas as informações que ele precisa, ao mesmo tempo em que maximiza sua utilização do tempo, permitindo-lhe prestar mais atenção ao ambiente, aos clientes, enquanto sua empresa continua organizando-se sistematicamente.

Caixa TFL automatizado para casas lotéricas

Para o empresário lotérico, é importante ter um sistema de controle que gerencie todo o funcionamento da empresa ao mesmo tempo, eliminando todo e qualquer controle manual. Assim, vale a pena trocar todos os métodos de registro em agendas ou cadernos, sem precisar fazer uso de planilhas para fazer os relatórios.

Automatizar os processos de gerenciamento da lotérica deixa o empresário mais confiante para as tomadas de decisões, com a utilização de relatórios e controles dos caixas TFL de forma mais rápida, sem complicações e, o que é mais importante, reduzindo a possibilidade de erros.

O movimento de dinheiro nos caixas TFL é feito pelos operadores de caixa, que devem registrar tudo o que entra e sai da casa lotérica e, no sistema de gestão AGIL, desenvolvido pela DouraSoft, é possível ter um procedimento seguro, além da vantagem de o empresário poder acompanhar a situação de cada um de seus caixas à distância.

Como é feito o fechamento de caixa TFL no sistema AGIL

O fechamento do caixa TFL no sistema AGIL é feito através do lançamento dos resumos de TFL de cada caixa. Existe uma funcionalidade em que o fechamento é feito de forma correta, uma vez que a maior parte da movimentação e do controle de valores no sistema é através das movimentações de TFL.

A funcionalidade Resumo de TFL apresenta todos os lançamentos, resumidos por operador, exibindo também as tarifas de serviço do Bolão Caixa, entre outros. No resumo, fazendo o acompanhamento, é possível fazer o estorno diretamente, considerando os lançamentos feitos e mantendo a movimentação correta.

Toda essa movimentação pode ser gerenciada pelo empresário lotérico a partir do seu próprio computador, sem precisar se movimentar até cada caixa TFL para analisar o que está acontecendo.

Basta, ao fazer o fechamento do caixa, ao dar reforço de dinheiro ou no momento de fazer a sangria, conferir os valores realmente existentes no caixa com o seu resumo, na tela de seu próprio computador.

Com essa funcionalidade, o controlador da movimentação financeira, seja ele o empresário ou um funcionário responsável, terá condições de atender de forma mais rápida as necessidades do operador de caixa, com o fornecimento de reforço ou para fazer a sangria, sem a necessidade de parar a movimentação.

O sistema AGIL permite exatamente o que seu nome diz: agilizar os procedimentos da casa lotérica para que operadores de caixa TFL e o próprio empresário possam dar a melhor atenção possível ao cliente.

 

 

 

Neimar Mariano de Arruda é Administrador de Empresas, Consultor Lotérico
Especialista em Governança de Tecnologia da Informação e Fundador da DouraSoft
(67) 9.9698-3422

porSINLOPAR

Como superar a crise e vender mais produtos lotéricos? 

Aprender a superar a crise e vender mais produtos lotéricos é o sonho de qualquer empresário. A boa notícia é que para isso você não precisa de estratégias mirabolantes, é necessário apenas seguir algumas dicas.

A primeira coisa que você deve fazer é não entrar em pânico. Realmente o mercado possui oscilações e o empresário precisa saber lidar com elas. Mas, é em meio as crises que as melhores ideias aparecem! Por isso, mantenha o foco no cliente e não deixe que o desespero te impeça de progredir.

Para combater o pânico na sua empresa, faça uma reunião com os funcionários e desminta boatos. Em épocas difíceis muitas pessoas ficam com medo de perder o emprego e acabam diminuindo sua produtividade, corte esse mal pela raiz.

Além disso, existem outras dicas que serão muito úteis para que você consiga superar a crise a aumentar as vendas na sua empresa, colocamos as melhores delas neste artigo!

6 dicas de ouro para superar a crise e vender mais produtos lotéricos

  1. Analise o seu financeiro

A melhor forma de superar a crise e vender mais é analisando como está a situação da sua lotérica. Por isso, é importante fazer um balanço geral e verificar como andam os números da sua empresa.

Verificando como está o seu orçamento, como estão as suas despesas e quanto dinheiro você tem em caixa, será mais fácil tomar decisões.

  1. Aprenda com a concorrência

É importante verificar como o mercado está reagindo a crise econômica do momento. Veja como os seus concorrentes estão lidando com esse problema e quais são as estratégias que estão adotando para vender mais.

Essa pode ser a hora de criar novas oportunidades e quem sabe fazer novas parcerias. Isso pode te ajudar a alcançar um maior número de pessoas e conquistar mais clientes.

  1. Converse com sua equipe

Não existe ninguém que saiba mais sobre o seu cliente do que sua equipe. Os operadores de caixa, por exemplo, estão cientes de quais produtos estão sendo vendidos com mais frequência na sua lotérica e quais não estão tendo saída.

Ter essa informação pode ser útil para que você não compre produtos que não são vendidos. Afinal, é interessante fazer estoque somente dos produtos que realmente tem saída.

Além disso, a sua equipe também está sempre ouvindo o que os clientes têm a dizer. Quando estão nas filas das lotéricas muitas pessoas aproveitam para reclamar ou comentar sobre algo que estão insatisfeitos. Você pode trabalhar em cima desses comentários e aumentar a satisfação destas pessoas dentro da sua lotérica.

  1. Demissões

Quando o assunto é superar a crise e vender mais, muita gente já pensa em fazer demissões. Mas, essa pode não ser a melhor saída. É interessante manter a sua equipe unida, te ajudando a elaborar estratégias para vencer essa crise.

Além disso, manter o funcionário pode te ajudar a melhorar a qualidade do atendimento e isso faz toda diferença.

  1. Seja criativo

Criatividade é uma ferramenta essencial para vencer a crise. Não adianta utilizar as mesmas estratégias arcaicas para tentar conquistar o seu público alvo.

Inove e tente algo que ainda não fez. Por exemplo, se você ainda não fez parcerias com outras lojas, é hora de começar a fazer! Essa é uma estratégia que pode triplicar as suas vendas.

Outra dica é utilizar recursos gratuitos para aumentar as suas vendas, como a internet. Criando uma página no Facebook você consegue divulgar sua lotérica e ainda mostra para o seu público alvo que você é atualizado.

  1. Fidelize clientes

Fidelizar clientes em uma casa lotérica? Isso mesmo! A melhor forma de superar a crise e vender mais é garantindo que os clientes sempre retornem ao seu estabelecimento.

Para isso, você precisará só precisará cadastrar o seu cliente. Isso te dará a possibilidade de saber o que ele costuma comprar, qual o seu e-mail, data de aniversário e dados importantes para que você use em promoções e divulgações.

porSINLOPAR

Contas a pagar: 6 dicas para lotéricos

Uma casa lotérica com seu controle financeiro atualizado permite ao empresário lotérico avaliar melhor como está o seu capital e o que pode ocorrer no futuro. Havendo o controle de contas a pagar, ele poderá identificar possíveis falhas e despesas desnecessárias, além de encontrar alternativas para aumentar a lucratividade e investir em sua empresa.

Para montar uma gestão financeira eficiente na casa lotérica, é preciso implantar os controles gerenciais, principalmente com relação às contas a pagar, possibilitando ter as informações que permitam montar um bom planejamento das atividades, enquanto se consegue garantir o capital de giro necessário para o funcionamento da casa lotérica.

O controle de contas a pagar irá fornecer informações para tomada de decisões sobre todos os compromissos da empresa que exijam desembolso de recursos e deve ser mantido atualizado de acordo com o que ocorre na realidade.

As contas a pagar compreendem todos os compromissos assumidos pela empresa, através da compra de produtos, de materiais de escritório e de limpeza, de serviços, de salários e impostos, de aluguel e empréstimos e de contribuições, entre outros.

Esse controle deve ser uma tarefa de rotina de qualquer casa lotérica, uma vez que envolve grande quantidade de dinheiro.

Ao fazer o controle de contas a pagar da casa lotérica, o empresário poderá identificar diversos elementos:

  • Identificar tudo o que é preciso pagar;
  • Havendo qualquer dificuldade, poderá priorizar os pagamentos;
  • Analisar quais são os compromissos assumidos e que não foram pagos;
  • Fazer todos os pagamentos sem perda de prazo;
  • Cumprir com as datas de pagamento para não pagar multas e juros;
  • Fornecer as informações para elaborar o fluxo de caixa;
  • Fazer a conciliação com os saldos da contabilidade.

Dicas para cuidar de contas a pagar

Para manter o controle de contas a pagar, acompanhe algumas recomendações necessárias e obrigatórias para a casa lotérica:

1.      Não fazer mais dívidas do que a casa lotérica possa pagar

Não gastar mais do que é permitido pelo lucro da casa lotérica sempre será a regra mais importante para manter uma boa gestão financeira.

2.      Registrar todas as contas da empresa

Não manter os compromissos assumidos pela empresa é um dos grandes problemas para qualquer empreendimento. É necessário ter um controle financeiro rígido para cumprir com todas as obrigações.

3.      Fazer o pagamento das contas em dia

O pagamento em dia de todas as contas evita a incidência de juros e multas, o que significa menos dores de cabeça e mais dinheiro em caixa.

4.      Antecipação de pagamentos

Quando uma das obrigações a pagar oferece descontos para pagamento antes do vencimento, a melhor coisa é pagar e poupar dinheiro, ganhando mais crédito com o fornecedor.

5.      Havendo dificuldades, é preciso negociar

Nunca se deve esperar uma situação piorar. Havendo qualquer problema financeiro na casa lotérica, o melhor é renegociar para não ter maiores problemas.

6.      Ter um sistema de gestão informatizado

Para manter o correto controle das contas a pagar é necessário manter um sistema de gestão informatizado, que ofereça os relatórios necessários para acompanhamento das obrigações.

Um sistema AGIL para as casas lotéricas

O melhor sistema de gestão financeira para a casa lotérica é o AGIL, um produto da DouraSoft, especializado em casas lotéricas. As contas a pagar podem ser facilmente controladas, com relatórios atualizados por vencimentos ou por fornecedores, permitindo o controle total sobre as obrigações da empresa.

Os relatórios permitem analisar todos os compromissos da empresa, sabendo o que deve ser pago a cada fornecedor, qual o tipo de pagamento, quanto existe para pagar em cada período, ou seja, todas as informações necessárias para manter as contas a pagar em ordem.

 

 

 

Neimar Mariano de Arruda é Administrador de Empresas, Consultor Lotérico
Especialista em Governança de Tecnologia da Informação e Fundador da DouraSoft
(67) 9.9698-3422