Arquivo de tag Gestão financeira

porNeimar Mariano Arruda

Operador de caixa: Como se posicionar dentro da casa Lotérica

Provavelmente, quando falamos sobre operadores de caixa, este seja um dos assuntos mais complexos. Primeiro, porque o ambiente dentro de uma casa Lotérica demanda muito dos operadores. Quando falamos sobre operadores de caixa, a primeira coisa que vem a nossa cabeça é atendimento ao cliente. Mas vamos além, quando tratamos sobre operadores estamos falando de profissionais com conhecimento em informática e atendimento a cliente.

Mas o nosso foco aqui é tratar sobre alguns pontos que o operador precisa ter.


Conhecer o mercado Lotérico

Um ponto crucial para um operador de caixa é conhecer o mercado Lotérico. Principalmente, porque existem alguns pontos chaves. O ambiente lotérico em horários de picos. Outro ponto crucial pelo qual é preciso conhecer, é que existem situações dentro das casas Lotéricas onde um operador de caixa vai precisar se sobressair. Um bom exemplo, é quando o sistema acaba caindo e a fila está enorme. Além disso, tenha o hábito de sempre questionar o seu gerente ou proprietário da casa Lotérica, questione como deve se portar diante dessas situações e até mesmo outras que podem surgir. Desta forma, eles poderão te auxiliar e direcionar a fim de otimizar o atendimento.

Portanto, é necessário possuir uma noção do mercado Lotérico.


Atendimento ao cliente

Outro ponto crucial é conhecer o seu cliente. Por que falamos isto? Principalmente, porque o cliente do mercado Lotérico é variado. Veja, temos idosos, advogados, jovens. Pessoas calmas. Temperamentais. Agressivas. Tudo é volátil no mercado Lotérico. Portanto, é preciso trabalhar muito o seu formato de atendimento ao cliente. Provavelmente o ponto mais importante, primeiramente porque este é o principal serviço da casa Lotérica.

Uma observação muito válida é que você (operador) dê foco total ao seu cliente no momento do atendimento. Evite conversas paralelas com outros operadores. Seja gentil, simpático e proativo no seu atendimento. Comece sempre com uma saudação. Bom dia…Boa noite. Tudo bem?

Além disso, caso a conversa acabe se tornando um pouco mais ríspida, peça para outra pessoa assumir o atendimento. Desta forma você acaba induzindo o cliente a direcionar o foco para a situação e não para você. Portanto, caso ocorra esse tipo de conversa você pode chamar o seu gerente ou até mesmo uma colega com mais experiência nesse tipo de situação.

Concentração ao caixa

Todos os dias ou melhor em todos os momentos existe dinheiro sendo movimentado dentro das casas Lotéricas. O operador de caixa precisa manter a atenção ao máximo durante a movimentação dos dinheiros. Portanto, evite erros no momento do troco, confira sempre se existem notas falsas e mantenha sempre os valores corretos no seu caixa. Lembre-se o dinheiro que entra e sai não é da Lotérica, ele será repassado. Afinal, você provavelmente já deve ter percebido, quanto mais atenção ao caixa menor a diferença de caixa.

Ofereça os produtos

Todo operador de caixa deve ser um vendedor. Oportunista. Essa característica é fundamental para o sucesso de um operador. Todo cliente que entra em uma casa Lotérica, entra para comprar ou pagar. Os clientes geralmente estão com pressa, ou seja atendê-lo bem e com rapidez, gerará uma oportunidade para fazer uma oferta. Portanto, é você, operador de caixa quem é responsável por fazer a oferta de produtos disponíveis.

O sistema da casa Lotérica deve ser seu amigo

Conhecer o sistema com o qual você trabalha irá facilitar a sua vida. Isso vai gerar um atendimento mais eficiente e melhor para o seu cliente. Como já mencionamos antes o cliente geralmente não possui disponibilidade de tempo, portanto ele espera um atendimento rápido. Ou seja, um operador de caixa não pode ter dificuldade com o sistema, por falta de conhecimento, durante o atendimento. Isso pode afetar a satisfação do cliente.

Você, operador de caixa, é um ativo

Os operadores de caixa são uma parte crucial dentro das casas Lotéricas. Quando dizemos isto estamos afirmando que um bom operador significa aumento de receita. Portanto, muitos Lotéricos bonificam os melhores operadores. Imagine só, além de desempenhar muito bem o seu trabalho, você poderá dobrar os seus ganhos.

Por fim, esperamos que estas dicas te auxiliem a melhorar o seu atendimento. Hoje, existem cursos, canais no youtube, que te ajudam a conseguir dicas para aprimorar o seu trabalho como operador de caixa. Esperamos, que através deste conteúdo você consiga alcançar satisfação pessoal, profissional e em grupo dentro da casa Lotérica.

Leia este e outros artigos acessando o nosso blog!

porNeimar Mariano Arruda

Sistema de gestão para casa Lotéricas. Como escolher?

Quem atua com comércio já passou ou passará por este questionamento. Qual o momento certo para implantar um sistema em minha casa Lotérica? Essa é uma pergunta muito importante, mas que ainda sim, gera dúvidas em muitos empresários Lotéricos.

Primeiramente, precisamos entender que existem momentos e momentos para todo empresário. Porque, muitas vezes possuímos uma necessidade, mas não enxergamos. Ao longo dos anos passamos por uma evolução enorme no modelo de gestão das casas Lotéricas. Principalmente, porque alguns Lotéricos faziam o controle em caderneta, depois em planilhas e por fim em sistemas de gestão. 

Antes de escolhermos um sistema de gestão para Lotérica. Precisamos compreender quais são as nossas principais demandas. Muito provavelmente estamos buscando otimizar o nosso tempo. Aumentar o controle. Diminuir as perdas. Otimizar os processos. Esses são apenas alguns dos vários motivos que precisam ser levados em conta antes de escolhermos o nosso sistema de gestão.

É preciso selecionar bem o seu sistema de gestão para a sua casa Lotérica

Um ponto crucial a ser levado em conta aqui é que precisamos levar em conta qual sistema contrataremos. Principalmente, porque muitas vezes escolhemos precipitadamente e acabamos contratando algo que não atende às nossas necessidades.

Nós da Sinlopar recomendamos o AGIL. É sempre bom salientar que ao contratar um sistema precisamos otimizar um processo, não retardá-lo. Portanto, escolha com cautela. Um sistema de gestão para a sua casa Lotérica, deve atender alguns requisitos. Prático. O seu sistema deve possuir uma interface de faço acesso e utilização. Informações descomplicadas. É crucial que o seu sistema esclareça as suas informações, não o contrário. Outro ponto crucial é que o seu sistema precisa estar dentro do seu orçamento. Ele não pode estar acima da sua realidade, principalmente porque não é válido contratar uma ferramenta que prejudicará ou comprometerá o seu negócio.

Veja alguns Benefícios:

  1. Fechamento de caixa: Uma pergunta simples, a quanto tempo você não tira férias? Ou melhor, o quanto a sua casa Lotérica consome de você? Uma grande vantagem ao contratar um sistema de gestão para casa Lotérica é que você acelera o processo de fechamento de caixa. Alguns Lotéricos levam mais de 30 minutos para fechar o caixa, e ainda sim, muitas vezes nem sabem com certeza se o caixa foi fechado corretamente. Com o AGIL em 3 minutos você tem o seu caixa fechado com segurança.
  2. Evite erros: Outro ponto bastante comum no meio Lotérico é que existem várias casas Lotéricas que não sabem ao certo se estão lucrando ou perdendo. Principalmente, pela falta de controle ao fechar os caixas. Ao contratar um sistema você poderá emitir relatórios concretos e ter noção de como está a situação da sua casa Lotérica. Além disso, permite que erros comuns e primários aconteçam com frequência.
  3. Aumente as suas vendas: Já pensou poder se planejar com base nos relatórios – reais – que a sua casa Lotérica está emitindo? Além disso, imagine poder encerrar as atividades no horário e não antes para fazer os fechamentos, porque não consegue pagar hora extra. Sonho? Não, basta encontrar o sistema de gestão correto para a sua casa Lotérica.

Um bom sistema, evita problemas futuros.

Por fim, queremos salientar que ao escolher um sistema de gestão para a sua casa Lotérica, você estará se precavendo de futuros problemas. Além de conseguir otimizar o tempo de fechamento de caixa. Outro ponto é que conseguirá evitar erros e poderá ter noção real da sua situação.

Portanto, é válido que analise com cuidado antes de contratar um sistema de gestão para a sua casa Lotérica. Principalmente, porque ele precisa atender às suas necessidades.

 

Leia este e outros artigos acessando o nosso blog!

porNeimar Mariano Arruda

Controle por planilhas de Excel em Lotérica

O mundo vem se automatizando cada vez mais, mas ainda existem Lotéricos que insistem em fazer o controle da sua Casa Lotérica por tabelas e planilhas. Mas com o avanço dos sistemas, utilizar planilhas se tornou cada vez menos eficaz. Sempre quando abordamos sobre sistema de gestão para Casa Lotéricas, muitas dúvidas surgem, e hoje vamos falar sobre.

Primeiramente, é importante salientar que antes de qualquer troca, seja entre planilha e sistema, é preciso validar primeiro. Principalmente, porque muitas soluções estão sendo disponibilizadas, mas algumas podem não ser efetivas para você. Portanto, escolha com calma, analise. Tenha discernimento, justamente porque você está em busca de uma solução e não problema.

Por muito tempo, utilizamos papel e caneta para controle. Um pouco mais a frente começamos a utilizar planilhas, como do Excel, e com isso, automatizamos e passamos a fazer o controle da nossa Casa Lotérica desta forma.


Nem tudo que te atendeu, continua atendendo, portanto repense suas planilhas de Excel

Vamos lá… Um dia utilizar planilhas foi algo extremamente inovador, mas hoje, 2020, está longe disso. As planilhas até cumprem o seu propósito, controle financeiro, organização e esclarecimento. Desta forma, utilizar as planilhas para um fim simplório ainda é funcional. Mas se você entende que é preciso otimizar os seus processos, bom chegamos onde deveríamos…


Separamos 4 motivos para esclarecer porque é a hora de trocar as planilhas por Sistemas.

  • Tempo: O primeiro grande impasse das planilhas é a questão do fechamento de caixa. Quanto tempo você leva, hoje, para fechar os seus caixas? Acredite, hoje, pela nossa experiência com a DouraSoft, é possível fechar os caixas em menos de 3 minutos. Isso é muito bom! Imagine, poder fechar a sua Lotérica no horário correto e seus funcionários não precisarem fazer hora extra para dar conta de fechar o caixa correto.
  • Segurança: Outro ponto importante é a segurança. Primeiro, porque de fato as planilhas podem ser alteradas ou perdidas. Exatamente, pode acontecer um erro no seu macro do Excel e toda a sua planilha se perder. Zero segurança! Com um sistema você terá um controle total, sem erros, poderá delegar a função do fechamento de caixa e ainda em cima disso, poderá dormir tranquilo. É absurdo o número de Lotéricos que não tiram férias por não terem tranquilidade em cima do seu controle de caixa.
  • Otimização: Poder conferir o seu caixa com facilidade, poderá facilitar quando precisar encontrar um erro. Além disso, irá possibilitar que você consiga saber de fato o que você precisa repassar à caixa, seu lucro e os débitos das Contas.
  • Conferência de caixa: Imagine poder conferir o fechamento dos caixas a qualquer momento, de maneira automática, emitindo um relatório simples e sem complexidade, apenas com dois cliques. Isso tudo é possível!

Planilhas precisam ser aposentadas

Chega um momento em que precisamos evoluir os nossos sistemas. O mesmo vale para planilhas e sistemas. Sempre surgirá algo melhor e mais prático, afinal, praticidade e segurança devem andar juntas dentro das Casas Lotéricas. Portanto, ao escolher um sistema, busque pelo que há de melhor no mercado! Além disso, tenha noção do que está dentro da sua realidade. Muitos Lotéricos cometem esse erro ao buscar uma solução acima da sua capacidade financeira.

Outro ponto é que, um sistema irá possibilitar muitas melhorias, não só no quesito controle financeiro em si, mas no ambiente, no desenvolvimento dos seus funcionários e até mesmo no seu relacionamento familiar e pessoal. Esperamos que você possa escolher, com clareza, o seu Sistema de Gestão. Lembre-se que é a hora de aposentar as suas planilhas.

Leia este e outros artigos acessando ao nosso blog!

porNeimar Mariano Arruda

Como escolher um gerente para a sua casa Lotérica

Hoje em dia com a demanda das casas Lotéricas, é necessário ter uma pessoa que te auxilie nesta jornada. Mas encontrar um bom gerente de casa Lotérica, nem sempre é fácil. Principalmente, porque muitas vezes antes de contratar ou delegar uma função precisamos quebrar algumas barreiras em nós mesmos. Ter um bom gerente implica diretamente em ter uma pessoa que nos auxilia no dia a dia. Além disso, ser gerente é empreender, facilitar e otimizar serviços e funções.


Expectativa x Necessidade em um gerente

Quando contratamos alguém criamos uma expectativa, que se não correspondida acaba virando frustração. Portanto, é vital que você alinhe as suas expectativas e necessidades com o seu gerente logo de início. Aqui vamos recomendar alguns pontos que precisam ser claros e determinados desde o início.

Clareza. O primeiro ponto que acreditamos ser definido, é a clareza na comunicação entre gerente e proprietário. Ambos precisam sempre expressar o que for necessário para o desenvolvimento da casa Lotérica. 

Responsabilidades. Enquanto proprietário no momento de delegar, deixe claro o que é função ou não do seu gerente. Desta forma você evita que atividades cruciais fiquem sem execução, por falta de determinação. 

Confiança. Outro ponto crucial é estabelecer confiança com o seu gerente. Ele precisa sentir-se seguro para tomar as decisões. Principalmente, porque atuar com insegurança nunca gera bons resultados.

Liderança. O gerente precisa ser um Líder, possuir uma voz firma para que haja respeito e reconhecimento. Além disso, ele precisa estar ciente de todos os acontecimentos dentro da casa Lotérica. Desta forma, ele conseguirá antecipar eventuais problemas.

Seleção

O processo de seleção é um tanto quanto trabalhoso, quando bem feito, mas super necessário. Por isso vamos sugerir algumas táticas que vão te auxiliar nesta fase. Lembre-se, sempre que tratamos sobre contratações/seleções estamos querendo agregar ao nosso negócio. O intuito é quem resolva, e não crie problemas.

Seleção interna: Um formato de seleção interna é muito válido quando tratamos sobre o ramo Lotérico. Primeiro, porque os funcionários já conhecem o ambiente de trabalho. Segundo, porque você selecionará aqueles que enxerga com maior potencial.

Mas há um detalhe, é preciso alguns critérios, crie um modelo. Utilize questionários, dinâmicas em grupo. A grande vantagem é que ao contrário de um processo de seleção externo, você economiza tempo e recurso.

Seleção externa: Neste modelo você buscará por currículos, indicações, banco de vagas. Existem várias plataformas e empresas que podem ajudar neste processo. Por sinal, recomendamos a Dourasoft para consultoria neste processo. Neste formato, o ideal é que você selecione no mínimo 10 cvs, todos dentro do padrão, agregue eles aos cvs de indicação e internos.

Um ponto válido de ressaltar é que nem sempre nós Lotéricos conseguimos pagar o que de fato a pessoa merece, portanto recomendamos sempre que seja feito primeiro uma seleção interna. Posteriormente, caso haja a necessidade de uma seleção externa, você não precisa necessariamente buscar por alguém com experiência em casas Lotéricas, mas sim com experiência em liderança em primeiro lugar.

Sugerimos estes dois modelos apenas, porque eles serão mais simples. Agora, após a separação dos cvs, utilize de critérios de avaliação.


Avaliação


Avaliar currículos é um processo bastante delicado, principalmente porque quando chegamos nesta fase, todos os cvs são promissores. Portanto, recomendamos adotar ao menos dois critérios.

Experiência no cargo. Coloque como prioritários aqueles que tiveram experiência como gerente em casas Lotéricas. Agregue em uma segunda pilha, todos aqueles que tiveram experiência dentro de uma casa Lotérica. Faça tudo em ordem crescente, os que possuem mais experiência primeiro, até chegar nos que possuem menos tempo de casa Lotérica.

Experiência com a função. Por mais que para casas Lotéricas, seja muito importante buscar alguém que tenha experiência no cargo. É viável também avaliar candidatos com experiência na função. Utilize dos mesmos critérios acima, candidatos com o maior tempo em gerência devem estar acima. Além disso, leve em consideração o ramo, o mais próximo possível do ramo Lotérico.


Por fim, faça uma experiência com seu futuro gerente

Após escolher o candidato ideal, utilize do período de experiência. Mas não apenas deixe ele cumprir o tempo de experiência, ajude ele a se desenvolver mais. Coloque-se à disposição para que ele alcance o máximo no quesito desempenho. Vale ressaltar que um gerente deve ser um líder e conhecer todos os processos da Lotérica. Primeiro porque esporadicamente ele também precisará estar no  caixa, seja para cobrir o horário de almoço de algum operador ou uma eventual falta. Segundo, porque desta forma ele conseguirá otimizar ainda mais o seu trabalho. 

Esperamos que através destas dicas você consiga selecionar ou treinar um gerente que corresponda às expectativas da sua casa Lotérica.

Leia este e outros artigos acessando o nosso blog!

porNeimar Mariano Arruda

Dinâmica em grupo para Casa Lotérica

Sempre que falamos em dinâmica em grupo, muitas vezes pensamos que não é viável aplicar em nosso modelo de negócio. Mas é totalmente viável e funcional para Casas Lotéricas. Antes de mais nada vamos esclarecer alguns pontos. Primeiramente, é preciso que você amigo Lotérico compreenda o que é uma Dinâmica em Grupo. Basicamente, é uma ferramenta de estudo de grupos e também uma forma de dizer processos de grupo. Entendemos como grupo um conjunto de duas ou mais pessoas. 

Quando realizamos exercícios em grupo buscamos desenvolver algumas características em conjunto. Primeiramente, isto trará entrosamento para a sua equipe Lotérica. Uma equipe unida é crucial para que as metas estabelecidas sejam concretizadas. Outro ponto, é que você poderá desenvolver dentro da sua equipe características que auxiliem nas vendas. Proatividade, gentileza e cordialidade por exemplo.


Dinâmicas em grupo em Lotéricas possuem objetivo

Como dissemos antes dinâmicas em grupo servem para melhorar o entrosamento da equipe. Além disso, você conseguirá desenvolver autenticidade em seus funcionários, permitindo que eles se expressem. Você possibilitará isso promovendo confrontos, onde os seus funcionários poderão lidar com situações diárias que acontecem em Casas Lotéricas.

Por exemplo, dentro de uma dinâmica em grupo, você poderá simular um cliente irritado com a longa demora da fila. Como o seu atendente se portará diante da rispidez dele? Tudo isso são situações que quando simuladas, evitam que o seu funcionário perca o controle da situação. Outro exemplo muito comum em casas Lotéricas, quando o sistema caí em horários de pico. Os seus funcionários precisam possuir um jogo de cintura, para controlar a irritabilidade crescente nos clientes.

Além disso, você poderá utilizar a dinâmica em grupo para fazer simulações de precauções. Por exemplo, simular com seus funcionários um assalto a sua casa Lotérica. Como eles devem agir? Ao realizar essa simulação você estará preparando os seus funcionários. 


A sua casa Lotérica poderá vender mais

Um outro motivo crucial para realizar dinâmicas em grupo é para aumentar as vendas. Calma, vamos explicar com calma.  A ideia de criar um dinâmica é justamente para que seus funcionários criem um relacionamento. Ou seja, é totalmente possível que eles compartilhem as técnicas que utilizam para alcançar êxito nas vendas. Portanto, é ideal desenvolver treinamento em conjunto para os seus funcionários. Além disso, você poderá corrigir erros primários ao longo dos treinamentos. Mas que quando observados com calma, são muitos comuns.

Corrigir os erros primários são uma forma de otimizar o seu time de vendas.

Mas não para por aí, ao realizar uma dinâmica em grupo você poderá se prevenir otimizar alguns processos dentro da sua casa Lotérica. Por exemplo, ao contratar um funcionário novo. Realizar dinâmicas em grupo é aplicar um filtro que determinará o melhor perfil para atuar em sua casa Lotérica.

Além disso, você poderá aplicar dinâmicas em grupo no momento de selecionar o seu gerente. Claro, que este não é o único fator a ser levado em conta, mas o desempenho pode ser um fator a ser levado em conta.


Portanto, realize as dinâmicas em grupo na sua casa Lotérica

Reconhecemos que casas Lotéricas geralmente não possuem um efetivo de funcionários muito elevado, geralmente contam com 4 ou 5 funcionários. Desta forma, entendemos que nem sempre será possível realizar dinâmicas, mas você conseguirá encontrar dinâmicas que atendem as suas necessidades facilmente na internet. Além disso, recomendamos que você veja quais são as suas principais demandas, encontre um vídeo no youtube, por exemplo no canal da Dourasoft, e assista com a sua equipe. Posteriormente vocês podem levantar prós e contras, e com certeza ideias e sugestões de melhoria virão à tona.

Recomendamos que dinâmicas em grupo sejam aplicadas em sua casa Lotérica. Ao elaborar as dinâmicas você poderá resolver erros comuns que prejudicam as suas vendas. Além de poder aumentar as performance dos seus funcionários. Por outro lado, isto também ajudará em momentos como simulações para evitar fraudes, golpes e roubos. O intuito das dinâmicas em grupo neste caso, é preparar a sua equipe para possíveis dificuldades.

Por fim, você poderá utilizar das dinâmicas na hora de fazer contratações e escolher o seu gerente. O objetivo é conseguir extrair mais características da sua equipe, além de destravar novas habilidade. Além claro de desenvolver entrosamento e familiaridade entre os seus funcionários.

Leia este e outros artigos acessando o nosso blog!

porNeimar Mariano Arruda

Como contratar funcionários para a sua casa Lotérica

Uma pergunta muito comum no meio Lotérico, é como escolher o funcionário ideal: O ambiente lotérico nem sempre é fácil. Envolve pressão. Correria. Atendimento. Equipe. Além de vários outros fatores que influenciam e determinam o sucesso de uma casa Lotérica. Portanto, escolher um funcionário demanda tempo, recurso e paciência. Primeiro, porque é preciso validar o que realmente necessitamos em nossa casa Lotérica.


Qual é o nosso perfil, como líder ou gestor.


Antes de contratarmos um funcionário precisamos validar alguns pontos. Quais são as necessidades da minha casa Lotérica. Qual o perfil de funcionário mais se adapta ao meu modelo de gestão e também, o que poderá produzir mais. Primeiro, eu preciso entender o que a minha Lotérica necessita hoje. Estou em busca de um perfil hunter, que conseguirá aumentar as minhas vendas de bolões.

Talvez eu esteja em busca de alguém que aumente a satisfação dos meus clientes com seu atendimento. Posso unir os dois: Claro. Principalmente, porque o ambiente lotérico não é igual a outros modelos de comércio.

É preciso estar preparado para lidar com clientes irados, ignorantes, chateados, mas também com clientes compreensíveis, simpáticos. Outro ponto é que existem fatores que não podemos controlar como: Um dia de pico e uma queda geral de energia ou o sistema ficar inoperante. Tudo isso precisa estar alinhado a sua expectativa e mais, a sua necessidade.


Mais como encontrar o funcionário ideal


Antes de tudo, crie um processo de contratação ou delegue para o seu gerente – afinal entendemos que ele é uma pessoa de muita confiança para você;

1) Defina os requisitos – Este é um erro muito comum, muitos Lotéricos ou gerentes de Lotéricas precisam contratar, mas não sabem ao certo qual a sua necessidade real.

2) Divulgue a vaga para os seus funcionários. Muitas vezes eles podem conhecer alguém com a experiência desejada. Isto poupará tempo e recurso.

3) Selecione os currículos – Isto é uma etapa crucial, mas não definitiva, não se atenha a apenas um currículo, o ideal é selecionar entre 3 e 5 currículos e convidar para uma entrevista.

4) Entrevista – Separe perguntas que julgue necessárias, e faça-as. Se for o caso realize simulações de dia a dia na sua casa Lotérica, para ver como o entrevistado se porta. Uma etapa um pouco negligenciada, mas que se feita corretamente aumentará e muito a sua taxa de sucesso.


5) Período de treinamento – Elabore um período de treinamento para o possível funcionário, se preciso contrate alguma empresa com experiência na área. Isto, ajudará e muito em uma adaptação mais rápida do seu funcionário. Lembre-se você não está investindo nele, mas em seu negócio.  A sua casa Lotérica precisa de funcionários capacitados.


Contratar é preparar para ganhar

Quando você contrata um funcionário, automaticamente você está aumentando as chances de lucro do seu negócio. Quando um funcionário capacitado é encaixado na sua casa Lotérica, ele influenciará na satisfação dos seus clientes, no aumento das vendas de bolões e também claro, poderá auxiliar em situações de crise como: Falta de energia ou um sistema travado.

Nós precisamos montar um time para a nossa casa Lotérica que vista a camisa, que entenda que só o salário não basta, recomendamos inclusive que leia o artigo sobre bonificações.

Por fim, recomendamos que antes de qualquer contratação leia e se informe sobre o que outros Lotéricos estão fazendo. Além disso, invista tempo e recurso para evitar futuras dores de cabeça com funcionários. Contrate alguém que vestirá a camisa da sua casa Lotérica e buscará por resultados. Evite, funcionários preguiçosos, que se contentam com o salário apenas. Procure por aqueles funcionários que sempre procuram bater as metas, porque sabem que isso ajudará a eles.

Leia este e outros artigos acessando o nosso blog!

porSINLOPAR

Cadastros e personalização de produtos e serviços para sua lotérica

A casa lotérica que faz o cadastro de seus clientes e personaliza seus produtos e serviços tem muito mais chance de aumentar a clientela e melhorar a qualidade de atendimento no estabelecimento, principalmente quando se trata de sorteios especiais.

O cadastro de clientes permite que os operadores de caixa saibam quais são os produtos preferidos por cada cliente e qual o perfil do cliente, podendo, desta maneira, oferecer o que ele realmente em interesse em comprar.

O sistema AGIL e o cadastro de clientes

O uso de um sistema informatizado permite que o lotérico possa fazer o cadastro de todos os seus clientes fixos, administrando com mais competência sua empresa e oferecem melhor atendimento.

O cadastro de clientes pode ser feito no sistema AGIL, um programa da DouraSoft, que é o sistema de gestão para melhorar a eficiência das casas lotéricas e, em consequência, aumentar o número de vendas, gerando maior fluxo de caixa e proporcionando maior lucratividade.

O sistema AGIL é um programa que reúne, numa única plataforma, todas as funções necessárias para o bom funcionamento da gestão financeira da casa lotérica, apresentando uma interface amigável, com as ferramentas que podem ser aplicadas pelos próprios operadores de caixa.

Entre as ferramentas do sistema AGIL encontramos o cadastro, onde o lotérico poderá cadastrar seus clientes, seus produtos e serviços, além do plano de contas da lotérica, para organizar todos os lançamentos de receitas e de despesas, permitindo maior rapidez em todas as operações realizadas na casa lotérica.

Cadastro AGIL: como usar

O cadastro no sistema AGIL permite fazer o cadastramento de clientes e fornecedores, de parceiros e contatos, de produtos e serviços, fazendo a distinção entre todos eles, de acordo com a categoria em que se fizer o cadastro.

O cadastro de clientes é destinado ao registro no sistema das pessoas que são clientes fixos, inclusive daqueles que podem comprar a prazo na lotérica, se o empresário oferece essa modalidade.

Dentro da categoria de pessoas e empresas, o sistema AGIL também permite cadastrar todos os funcionários, operadores de caixa ou funcionários administrativos, com suas funções e atividades.

O lotérico também terá condições de cadastrar os fornecedores, parceiros e contatos, categorizando-os de acordo com a necessidade da empresa, como, por exemplo:

  • Vendedores que fornecem produtos para empresa, como tele sena e outros produtos permitidos pela Caixa Econômica;
  • Parceiros individuais ou empresariais que se associam à casa lotérica para desenvolvimento de projetos comuns, como os que prestam serviço concomitantemente à Caixa Econômica e às casas lotéricas;
  • Cadastro de contatos do lotérico para outras necessidades, como manutenção ou prestação de serviços.

O sistema AGIL ainda permite fazer a personalização de serviços e produtos da casa lotérica, mantendo o controle de estoque e permitindo sua integração com outros cadastros, como no caso de produtos preferenciais de um cliente.

O cadastro do sistema AGIL vai permitir à casa lotérica oferecer um atendimento mais personalizado, oferecendo um tratamento diferenciado aos clientes, conhecendo seus interesses e preferências e tornando-o um cliente fiel da lotérica.

Com o cadastro é possível registrar números da sorte de um cliente, os produtos e serviços que ele comprou e seu telefone ou e-mail de contato para oferecer produtos especiais pela internet ou telefone.

A personalização de produtos e serviços e o cadastro de clientes no sistema AGIL vai permitir maior agilidade no atendimento, reunindo todas as informações de maneira integrada, possibilitando ao empresário lotérico mais tempo para que possa se dedicar ao que é mais importante na sua empresa: a excelência em prestação de serviços e o melhor atendimento.

 

 

 

 

Neimar Mariano de Arruda é Administrador de Empresas, Consultor Lotérico
Especialista em Governança de Tecnologia da Informação e Fundador da DouraSoft
(67) 9.9698-3422

 

porSINLOPAR

Como automatizar as operações chave da sua lotérica

As operações chave de uma casa lotérica são as vendas de produtos e o recebimento de contas, depósitos e saques de clientes que possuem contas na Caixa Econômica. Todas essas operações fazem, em conjunto, a movimentação financeira que permite à casa lotérica ter sua lucratividade, e portanto, devem ser automatizadas, dentro de um sistema de gestão informatizado para tudo esteja de acordo no fechamento do caixa.

O lotérico tem sob sua responsabilidade valores que pertencem a terceiros, e desta forma, é sua principal obrigação prestar conta dos valores para a Caixa Econômica Federal no final de cada dia.

Para facilitar o fechamento do caixa e permitir que não haja qualquer tipo de erro nos lançamentos, o lotérico pode contar com o melhor sistema de gestão financeira do mercado, o sistema AGIL, desenvolvido pela DouraSoft, empresa especializada no ramo de casas lotéricas.

Com o sistema AGIL, a casa lotérica terá todos os benefícios de uma contabilidade perfeita, sem erros, dentro das necessidades legais e fiscais, com relatórios integrados que permitem o melhor controle de operações chave e direcionamento para a empresa.

A necessidade de automatizar as operações chave da casa lotérica

O controle das operações chave de uma casa lotérica é visto como uma atividade complexa, bastante especializada, que consome recursos e pessoas, quando não é feita de forma informatizada.

No entanto, o uso e a aplicação da tecnologia de informação, tornando os controles automatizados, reduzem os custos e oferecem as informações de forma correta, podendo gerenciar a empresa com muito mais facilidade.

Com o suporte do sistema AGIL, a classificação dos documentos passa a ser feita pelo próprio operador de caixa, com um custo muito mais baixo para o lotérico, reduzindo significativamente os custos da empresa, utilizando as ferramentas do sistema sem necessidade de uma pessoa especialmente preparada para o trabalho.

Todos os lançamentos no sistema AGIL são guiados pelo próprio programa, minimizando erros de classificação contábil e simplificando tarefas que ficam definidas na própria aplicação pelo sistema.

O programa AGIL ainda oferece a integração em tempo real da informação de cada caixa TFL, permitindo ao lotérico acompanhar o que está acontecendo em cada um dos caixas, além de integrar as compras, a cobrança, os pagamentos, o registro de ponto dos funcionários e o cadastro de todos os dados necessários, como fornecedores, clientes, contatos, parceiros e os próprios funcionários.

Ao pensar na gestão financeira da casa lotérica, o programa AGIL vai permitir ao empresário lotérico ter acesso a todas as informações sobre a situação financeira de sua empresa, conseguindo, a qualquer momento, fazer a apuração de custos e de resultados, segmentando as áreas e os caixas TFL.

O sistema AGIL é uma ferramenta de suporte à decisão, à simulação de investimentos e ao planejamento estratégico da empresa, permitindo saber quais são os investimentos que podem ou não oferecer resultados positivos.

Para a casa lotérica, a tecnologia do sistema AGIL permite a automatização de todas as tarefas rotineiras, inclusive com a apuração dos resultados de comissões pelas vendas e o levantamento dos valores referentes a impostos e contribuições que devem ser recolhidos.

O lotérico, com a redução de custos obtida pelo sistema AGIL, automatiza todos os controles operacionais da casa lotérica, monitora todas as despesas e contas que devem ser pagas e faz a gestão de sua empresa de uma forma muito mais simplificada, obtendo de forma automática os relatórios gerenciais essenciais para direcionar sua empresa, conseguindo o tempo necessário para orientar os funcionários e encontrar meios de aumentar o número de clientes.

O sistema AGIL permite um ótimo controle de operações chave é o melhor dos parceiros para o empresário lotérico com visão de futuro, que pretende ampliar seus negócios e se posicionar melhor frente à concorrência.

 

 

 

Neimar Mariano de Arruda é Administrador de Empresas, Consultor Lotérico
Especialista em Governança de Tecnologia da Informação e Fundador da DouraSoft
(67) 9.9698-3422

porSINLOPAR

Como controlar a entrada e a saída de dinheiro?

Todos os valores de entrada e saída de uma casa lotérica devem ser lançados de forma correta para que o fechamento do caixa não apresente qualquer diferença. O sistema AGIL, da DouraSoft, é um programa de gestão financeira que permite ao empresário ter todas as informações lançadas e indexadas de forma automatizada, apresentando, ao final do expediente, o relatório de cada caixa TFL separadamente, além de reunir num mesmo relatório todas as movimentações de todos os caixas.

Para manter o controle das movimentações, desde a abertura do caixa, é necessário lançar todas as compras feitas pelos caixas TFL feitas com o dinheiro do próprio caixa. Ao fazer o lançamento os valores são lançados como sangria do caixa, evitando que haja diferença no final do dia.

Da mesma forma, as transferências de produtos entre os operadores de caixa e entre a retaguarda, que é um procedimento comum no dia a dia da lotérica, é lançada entrada e saída, como saída através do operador que cedeu o produto e como entrada por aquele que recebeu o produto.

Essas movimentações são feitas através de uma ferramenta de transferência, que registra nos dois caixas a movimentação, sendo feitas apenas através dos produtos que estavam em estoque com os operadores.

As vendas também são controladas pelo sistema AGIL, que faz o controle automático de todos os itens cadastrados como produto, loteria ou serviço. O procedimento serve também no caso de a lotérica vender qualquer outro tipo de produto, lançando as vendas à vista e a prazo e fornecendo maior controle de cobrança de clientes que possuem débito com a lotérica.

Operações para controlar entrada e saída facilitadas pelo sistema AGIL

O controle de retiradas e reforços do caixa são controlados de forma automática pelo sistema AGIL, bastando que o operador faça o lançamento através da ferramenta apropriada.

É preciso atenção para que os procedimentos sejam feitos adequadamente pelo operador, uma vez que basta inserir os dados para que as informações sejam distribuídas de forma correta.

Um sistema só pode funcionar corretamente quando o operador sabe operar as ferramentas, utilizando-as para fazer o lançamento. O sistema AGIL oferece todas as funcionalidades para o controle, inclusive de compras e vendas, mesmo que a quitação não seja feita no momento. Assim, contas a pagar e contas a receber, quando lançadas no sistema, vão compor um relatório específico, onde o lotérico poderá visualizar os valores que a casa lotérica possui tanto a receber quanto a pagar, podendo fazer o seu plano orçamentário e o fluxo de caixa.Todas as operações de vendas e compras em que a quitação será feita posterior ao ato de negociação o sistema gera um controle.

Através do sistema AGIL é possível controlar todos os tipos e categorias de despesas da casa lotérica, fornecendo o controle de todos os valores, gerando relatório detalhados por data, fornecedor e períodos, entre outros.

Assim como as despesas, também as contas a receber são lançadas para cada cliente que possui débito com a empresa, permitindo o seu lançamento manualmente, informando através dos relatórios todas as contas já vencidas e o total que a casa lotérica tem a receber de clientes.

Ao final de todos os lançamentos do dia, em cada caixa TFL, o fechamento do caixa irá mostrar o resultado de toda a movimentação, gerando o relatório automaticamente, junto com os gráficos, o que vai permitir que o lotérico tenha total controle sobre o movimento financeiro de sua empresa.

O sistema de gestão AGIL é a melhor ferramenta para que o empresário lotérico tenha disponibilidade para controlar a entrada e saída de dinheiro, gerenciar sua empresa de forma adequada, sem falhas e sem prejuízos.

 

 

 

Neimar Mariano de Arruda é Administrador de Empresas, Consultor Lotérico
Especialista em Governança de Tecnologia da Informação e Fundador da DouraSoft
(67) 9.9698-3422

porSINLOPAR

Como controlar as comissões que a CEF oferece às lotéricas?

A lucratividade de uma casa lotérica é proveniente das comissões que a Caixa Econômica repassa sobre a venda de loterias e outros produtos, o que vai exigir do empresário lotérico um controle total sobre os valores vendidos para conferir o quanto de lucro sua empresa está conseguindo.

Durante muitos anos, as casas lotéricas sempre se voltaram apenas para o serviço de apostas nas loterias, como os jogos da mega sena, da sena, da lotofácil e dos bilhetes da loteria federal, entre outros.

No entanto, nos últimos tempos, as casas lotéricas também se transformaram em correspondentes bancários da Caixa Econômica e, com isso, passaram a oferecer mais serviços, recebendo boletos bancários, permitindo aos clientes fazer saques e depósitos, abrindo contas, enfim, praticamente todos os serviços que são feitos na Caixa, também podem ser feitos na casa lotérica.

As lotéricas se transformam e exigem maior controle de comissões

As lotéricas estão passando por mais uma transformação: agora podem fazer os serviços de Negocial da Caixa, um tipo de serviço que envolve abertura de contas, empréstimos pessoais e financiamentos habitacionais, entre outros. Esses serviços representam o futuro das casas lotéricas, mostrando-se como uma excelente oportunidade para aumentar o faturamento.

Diante dessa profusão de produtos e serviços, o empresário lotérico precisa ter o controle fiel de todas as comissões pagas, necessitando cada uma de suas variações ser lançada em conta diferenciada para que se saiba o que está sendo mais lucrativo ou não.

É preciso fazer a diferenciação entre as comissões, as tarifações e o lucro, uma vez que, não percebendo a diferença, o lotérico poderá ter problemas, não mantendo o domínio sobre suas contas e contribuindo para que a lotérica não alcance índices maiores de produtividade, que é o objetivo principal da empresa.

No caso de comissões, elas são representadas por todos os valores recebidos pela casa lotérica através da movimentação do coeficiente financeiro dos jogos vendidos. O lotérico recebe a comissão em relação a todas as demais lotéricas do Brasil, e esse valor é em relação ao valor movimentado num determinado período de tempo.

O percentual é aplicado sobre o valor final de arrecadação e, nesse caso, não importa a quantidade de jogos vendidos por uma casa lotérica, e sim todo o coeficiente vendido por esses jogos em todas as loterias.

Diferente das comissões, as tarifações não possuem uma porcentagem estipulada previamente sobre o total de arrecadação. O coeficiente financeiro das tarifações é tratado pela quantidade movimentada das operações, como o recebimento de contas, o pagamento de benefícios, os saques, depósitos e demais operações, sendo um valor individual e direto.

Todo o movimento proveniente das tarifações e das comissões é que irão representar o valor do faturamento da casa lotérica e o seu lucro é representado pela diferença entre o produto adquirido e pelo valor que o mesmo foi vendido. Na casa lotérica, isso é dado pelo valor total da receita menos todas as despesas.

Controlando as comissões pelo sistema AGIL

Como se pode verificar é um processo difícil de ser controlado, se for feito de forma manual. O lotérico, portanto, precisa contar com o apoio de um sistema de gestão financeira informatizado, o programa AGIL, da DouraSoft, oferece a praticidade de lançar no sistema todos os procedimentos da Caixa Econômica Federal separados por suas contas, organizados de acordo com o tipo de recebimento. Todos estes dados são gerados a partir do simples fechamento de caixa no final do dia, que pode ser feito pelas operadoras de caixa, e auditado pela gerencia da lotérica.

O sistema possibilita controlar as comissões que a Caixa Econômica paga através da ferramenta Negocial, onde o empresário lotérico poderá simplesmente conferir os valores recebidos, gerando os relatórios necessários para acompanhar a lucratividade de sua empresa de modo simples e prático.

 

 

 

Neimar Mariano de Arruda é Administrador de Empresas, Consultor Lotérico
Especialista em Governança de Tecnologia da Informação e Fundador da DouraSoft
(67) 9.9698-3422