Arquivo mensal março 2022

porEdy Fernando

Como Funciona o Processo Licitatório de Unidade Lotérica da Caixa?

Como Funciona o Processo Licitatório de Unidade Lotérica da Caixa?

Para a abertura de uma Casa Lotérica é preciso obter a autorização formal da Caixa Econômica Federal. Sendo que esta é concedida a partir de um Processo Licitatório com critérios preestabelecidos em edital e regulamentada pelo Regime de Permissão.
Veja neste artigo como funciona um processo de licitação para abertura de um negócio Lotérico, bem como quem pode participar, documentos necessários e exigências.
Como ocorre o processo licitatório para uma Casa Lotérica
Saiba que todo o processo licitatório é desenvolvido pela Caixa Econômica Federal, seguindo critérios definidos em edital e de acordo com a regulamentação permissionária.
Vamos explicar os passos para que esse processo de licitação seja desenvolvido, conforme as informações disponibilizadas no site da Caixa Econômica:

1º – Estudo das necessidades de mercado e divulgação do edital

O primeiro passo do Processo Licitatório para abertura de novas casas Lotéricas, é o estudo desenvolvido pela Caixa Econômica das necessidades do mercado. A partir desse estudo a Caixa pode definir os seguintes pontos:
o município que tem necessidade de uma nova Casa Lotérica;
o tipo de unidade Lotérica a ser autorizada;
o local para instalação;
a demanda e necessidade de atendimento.
Com esses aspectos definidos, a Caixa divulga o edital para o processo de seleção aos interessados em abrir um negócio Lotérico.

2º – Critérios para participar do processo licitatório

De acordo com o edital, podem participar do Processo Licitatório as pessoas físicas ou jurídicas, nos termos da lei 12.869/2013. Também devem ter concluído, no mínimo, o ensino fundamental e serem maiores de idade. Uma exceção é feita para o menor emancipado.
A proposta deve ser apresentada utilizando apenas um CPF ou CNPJ, não admitindo participação em caráter coletivo.

3º – Documentação Exigida para o Processo Licitatório

Os documentos necessários estão especificados no edital e podem ser apresentadas cópias, desde que tenham sido autenticadas em cartório. Ou então mediante a apresentação dos originais e cópias, um funcionário da Caixa pode autenticar com carimbo.
Em termos gerais, os documentos solicitados em um edital são os seguintes:

1º – Participante Pessoa Física: cópia autenticada da Carteira de Identidade e do CPF; certidão negativa de execuçãopatrimonial – Justiça estadual no domicílio da Pessoa Física.

2º – Participante Pessoa Jurídica: balanço patrimonial, se for o caso; cadastramento e habilitação parcial no Sistemade Cadastramento Unificado de Fornecedores – SICAF, comprovado na sessão de abertura do envelope de documentação.

Tanto para participante pessoa física quanto jurídica deve ser preenchido e entregue o anexo 1 do edital vigente. 

4º – Critérios de Seleção dos Participantes na Licitação

Estes critérios podem variar conforme o edital das licitações são publicados a cada ano. Em termos gerais, os fatores considerados em editais anteriores foram os seguintes:

  • localização, visibilidade e acessibilidade da loja;
  • quantidade de bilhetes da Loteria instantânea a ser comercializada;
  • grau de instrução dos sócios;
  • participação em treinamentos;
  • experiência de trabalho anterior;
  • lance mínimo realizado pelo candidato.

De acordo com a Circular 964/2021, o lance mínimo para a Casa Lotérica é de R$ 10 mil.

5º – Resultado do Processo Licitatório

O resultado é publicado na Imprensa Oficial e na página da Caixa na internet logo após a homologação pela instituição. Sendo que a homologação é o ato de confirmação da regularidade e do resultado do processo licitatório realizado.
Dependendo de cada edital e a critério da Caixa, os candidatos selecionados podem receber, ainda, convocação direta expedida pela Caixa.
O candidato selecionado deve efetuar o pagamento do lance mínimo apresentado no Processo Licitatório para dar prosseguimento e assinar o Pré-contrato.

6º – Convocação dos Selecionados para Assinatura do Pré-contrato

A Caixa convoca os candidatos selecionados para realizarem a assinatura do Pré-contrato após a confirmação do pagamento do valor do lance mínimo ofertado.
A finalidade do Pré-contrato é estabelecer o prazo para que as exigências sejam atendidas para a formalização do Contrato de Adesão. Normalmente, esse prazo é de 60 dias.
Existem algumas condições que são para a efetiva contratação e o início das atividades das Unidades Lotéricas, que são as seguintes conforme a Circular 964/2021:

  • Comprovar a regularidade constituição da empresa com CNPJ e cópia do Contrato Social ou atos constitutivos;
  • Comprovar abertura de contas correntes, devidamente ativas/regularizadas;
  • Comprovar a garantia exigida pela CAIXA, relacionada ao seguro de valores e de equipamentos, conforme item item 15;
  • Padronizar a loja conforme a padronização visual e ambiental estabelecida pela Caixa, conforme item 24.2;
  • Instalar os equipamentos de segurança e microinformática, conforme item 19.2;
  • Participar do treinamento para novas Permissionárias, conforme convocação da Caixa, item 18

É interessante observar que o candidato selecionado pode escolher a seguradora de sua preferência, desde que atenda as exigências estabelecidas em cláusulas pela Caixa. Além disso, a Caixa aceita que o seguro seja substituído por um depósito sob caução na própria instituição.

7º – Convocação dos Selecionados para Assinatura do Contrato de Adesão

O Contrato de Adesão é o documento que consta a especificação dos direitos e deveres da Caixa e dos Empresários Lotéricos contratados no Regime de Permissão. Após a assinatura do contrato, as Casas Lotéricas estão autorizadas para o início das atividades.
De acordo com a Circular 964/2021, o prazo de vigência do contrato de Permissão é de 20 vinte (20) anos, tendo renovação automática pelo mesmo período de tempo.

Saiba mais Sobre a Licitação da Caixa com o SINLOPAR

Para quem está interessado em começar um negócio Lotérico, é muito importante conhecer em detalhes o processo licitatório para unidade Lotérica realizado pela Caixa.
Saiba que o Sindicato dos Lotéricos tem condições de fornecer todas as orientações necessárias para sua participação na licitação com sucesso.
Assim como oferece assessoria jurídica e contábil para os proprietários de Casas Lotéricas, que a partir desse suporte podem realizar seus controles financeiros com mais segurança.
Portanto, é fácil perceber como é muito interessante e vantajoso entender como funciona o processo de licitação da Caixa. Principalmente pelas garantias que o negócio oferece e o retorno do investimento no curto prazo.
Se quiser mais informações a respeito do tema ou tiver alguma dúvida, estamos à sua disposição.
Somos uma entidade jurídica representativa dos Lotéricos do Paraná e temos o intuito de apoiar e orientar estes para alavancarem os seus negócios de forma assertiva.

Acesse o nosso site e conheça tudo que temos feito para apoiar os nossos afiliados.

Referências
https://www.caixa.gov.br/compras-caixa/licitacoes-lotericas/perguntas-frequentes/Paginas/default.aspx#licitacao

porEdy Fernando

Vale a Pena Comprar uma Casa Lotérica em Funcionamento?

Vale a Pena Comprar uma Casa Lotérica em Funcionamento?

Se você quer começar um novo negócio, saiba que uma boa oportunidade é comprar uma Casa Lotérica já em funcionamento. Isto porque este é modelo de negócios que oferece diversas vantagens, além de ser um dos mais seguros do mercado.
Entenda com esse artigo os fatores que comprovam que é um bom negócio comprar uma Casa Lotérica em funcionamento.
Veja as vantagens de comprar uma Casa Lotérica em atividade
O negócio Lotérico tem suas próprias características, que o diferenciam dos demais modelos de empreendimentos, tornando-o muito atrativo e com lucratividade assegurada.
Vamos indicar algumas das vantagens que justificam a opção de comprar uma Casa Lotérica já instalada e funcionando.

1ª – Simplicidade do modelo de negócios

Para começar é importante salientar a simplicidade das operações rotineiras de uma Casa Lotérica se comparadas com o dia a dia de outras empresas. Isto porque não é necessário lidar com questões como estoques, processo produtivo e fornecedores diversos.
Por ser um negócio que realiza as transações comerciais com pagamentos à vista, não precisa se preocupar com calotes ou inadimplência dos clientes. Nesse sentido, também não necessita ter um setor de cobrança para essa finalidade. 
Além do fato de que comprar uma Casa Lotérica já em atividade, é muito mais prático e rápido. Isto porque tanto o estudo e análise da necessidade do negócio na localidade escolhida quanto a participação na licitação para abertura do negócio já foram realizados.
Portanto, a parte burocrática do empreendimento já está resolvida, cabendo ao empreendedor gerenciar as demandas e negociações das operações do dia a dia.
2ª – Produtos e serviços conhecidos e procurados pela população
Isso é uma grande vantagem que o negócio Lotérico possui, pois os seus produtos e serviços já fazem parte da vida da população e são muito demandados. Principalmente, quando a Casa Lotérica já está em atividades e conta com uma clientela constituída.
Desse modo, os investimentos em marketing para divulgação do negócio é muito menor do que em outras atividades empresariais.

3ª – Gestão da Caixa Econômica Federal

Esta é uma grande vantagem do negócio Lotérico, principalmente para uma Casa Lotérica já em funcionamento. Pois, a Caixa Econômica estabelece as diretrizes e orienta o desenvolvimento de todo o negócio, dando maior assertividade ao processo.
Como o negócio já está em atividade, é de se esperar que os processos internos estejam estruturados e o pessoal treinado e capacitado para atender a clientela com qualidade. Inclusive, a gestão financeira já é realizada com indicadores de desempenho calculados.
Principalmente, permite o cálculo do retorno do investimento com dados reais do faturamento mensal do negócio. Assim como o retorno do investimento ocorrerá em um prazo muito menor do que se estivesse iniciando um negócio do zero.

4ª – Apoio e Orientação do Sindicato dos Lotéricos SINLOPAR

Este é um ponto de fundamental importância e que garante tranquilidade para comprar uma Casa Lotérica em funcionamento. Isto porque o Sindicato dos Lotéricos tem condições de fornecer todas as orientações necessárias para a gestão do empreendimento.
Assim como oferece assessoria jurídica e contábil para os proprietários de Casas Lotéricas, que a partir desse suporte podem realizar seus controles financeiros com mais segurança.
Portanto, é fácil perceber como é muito interessante e vantajosa a aquisição de uma Casa Lotérica já em funcionamento, principalmente pelas garantias que o negócio oferece e o retorno do investimento no curto prazo.
Se quiser mais informações a respeito do tema ou tiver alguma dúvida, estamos à sua disposição.
Somos uma entidade jurídica representativa dos Lotéricos do Paraná e temos o intuito de apoiar e orientar estes para alavancarem os seus negócios de forma assertiva.
Acesse o nosso site  e conheça tudo que temos feito para apoiar os nossos afiliados.

Referências:

https://dernegocios.com.br/comprar-loterica-e-lucrar-mais-de-r-10-mil-sem-passar-por-licitacao-saiba-como/

https://loteriasenegocios.com.br/investir-em-loteria-vale-a-pena-em-2021/

https://blog.queroumnegocio.com.br/por-que-vale-a-pena-investir-numa-loterica-a-venda/

https://blog.queroumnegocio.com.br/lotericas-a-venda-tudo-que-voce-precisa-saber-antes-de-comprar-a-sua/

https://4maos.com.br/como-abrir-uma-loterica/
porEdy Fernando

O Que a Pandemia tem Ensinado a Classe Empresarial

O Que a Pandemia tem Ensinado a Classe Empresarial


Saiba que a pandemia tem ensinado algumas lições extremamente valiosas para a classe empresarial, bem como para o mundo inteiro. Isto porque os impactos atingiram todas as esferas da vida em sociedade, inclusive a vida no ambiente familiar.
Entenda com esse artigo como alguns ensinamentos são percebidos pela classe empresarial e colocados em prática.


1º – Desenvolver a Capacidade de Adaptabilidade a partir da Resiliência, Agilidade e ficácia


Um dos primeiros ensinamentos da pandemia para a classe empresarial está na compreensão de que um novo modelo de negócios está sendo construído. De fato, as certezas de outrora cederam lugar às dúvidas e inseguranças para o futuro.
O que significa dizer que as mudanças são irreversíveis e alguns pontos assumem uma importância maior, tais como:

  • Capacidade de inovação e antecipação à mudança;
  • Ênfase nas equipes e em lideranças proativas;
  • Persistência e disciplina na conquista de um novo patamar de crescimento;
  • Geração de novas oportunidades de negócios digitais.


2º – Aprender a Lidar com a Variável Incerteza no Planejamento Estratégico e Operacional


Os impactos da pandemia redirecionaram o mundo dos negócios para cenários mais incertos. Isto é, tornou-se uma constante a necessidade de aprender a lidar com ambientes instáveis e mais turbulentos.
De fato, quanto mais rápido as empresas entenderem essa nova dinâmica e se reposicionarem, mais fácil será para redefinir os processos organizacionais. Além disso, a percepção da incerteza leva a compreensão de que é preciso aprender a lidar com ela.


3º – Perceber a forte Interdependência na Cadeia Produtiva em Busca de Soluções para o novo Modelo de Negócios


A interligação entre os atores da cadeia produtiva já é conhecida da classe empresarial. No entanto, destaca-se a necessidade de adotar soluções para gerar acessibilidade aos produtos e serviços de qualidade, em uma relação positiva de custo-benefício.
Neste sentido, viabilizar caminhos em que as empresas sejam cada vez mais competitivas e estejam aptas para atender a um consumidor extremamente exigente e seletivo.


4º – Fortalecer a Cultura Corporativa como Eixo da Empresa


Saiba que a cultura corporativa está relacionada com a cultura do local de trabalho. Ou seja, os valores da organização estão alicerçados na responsabilidade e colaboração de todos os funcionários. De fato, existe um forte laço entre as equipes de trabalho e a empresa.


5º – Manter uma Comunicação Transparente com o Público-Alvo


Este foi um dos grandes ensinamentos que a pandemia colocou para a classe empresarial. Isto é, a necessidade de ser transparente com uma comunicação efetiva com seu público.
As organizações inteligentes adotaram a estratégia de manter uma comunicação eficiente e constante com os seus clientes, fornecedores, funcionários e parceiros de negócios. Além disso, utilizaram desde mídias sociais até a publicidade tradicional.


6º – A palavra de ordem é Inovação

Saiba que foi a capacidade de adotar um rápido processo de readaptação que manteve muitas empresas operação, como por exemplo:

  • Médicos que passaram para a telemedicina;
  • restaurantes construindo espaços ao ar livre;
  • Concentração no delivery;
  • Entrega de comida na calçada, dentre outras.
  • Principalmente a tendência crescente dos negócios digitais
  • demonstra o quanto as empresas e pessoas estão sendo desafiadas
  • a criarem novas alternativas.


7º – O ensinamento da reserva de emergência empresarial


A partir do contexto da pandemia, a classe empresarial aprendeu que é vital para a saúde financeira dos negócios ter uma reserva de emergência. Uma vez que as empresas que tinham reservas em seus caixas conseguiram lidar melhor com a crise econômica.
A existência dessa reserva permitiu a classe empresarial reorganizar seus processos e buscar por novas alternativas sem o desespero da impossibilidade de continuar operando.


SINLOPAR


Apresentamos alguns dos ensinamentos que a pandemia tem dado para a classe empresarial. Sem dúvida, estão sendo valiosos para um reposicionamento dos negócios e a busca de soluções alternativas.
Se quiser mais informações a respeito dos ensinamentos da pandemia para as empresas ou tiver alguma dúvida, estamos à sua disposição.
Somos uma entidade jurídica representativa dos lotéricos do Paraná e temos o intuito de apoiar e orientar estes para alavancarem os seus negócios de forma assertiva.

 

 

Acesse o nosso site e conheça tudo que temos feito para apoiar os nossos membros.

 

Referências 

https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/eu-estudante/trabalho-e-formacao/2020/04/19/interna-trabalhoeformacao-2019,846230/a-corrida-empresarial-na-pandemia-exige-reinvencao-para-superar-crise.shtml

https://portalhospitaisbrasil.com.br/artigo-o-que-a-pandemia-tem-nos-ensinado-sobre-gestao/

https://www.toxicologiapardini.com.br/licoes-pandemia-para-negocios/

https://www.bbc.com/portuguese/geral-53281462

https://economia.uol.com.br/noticias/redacao/2021/04/17/classe-media-brasil-pandemia-encolhe-reducao.htm

https://www.uaaau.com.br/bem-estar/o-que-esta-pandemia-esta-nos-ensinando

 

porEdy Fernando

3 Cuidados Antes de Contratar uma Operadora de Caixa

3 Cuidados Antes de Contratar uma Operadora de Caixa

Saiba que a operadora de caixa é um elemento fundamental para o sucesso do seu negócio. Visto que além de receber os pagamentos também esclarece dúvidas e ouve reclamações dos clientes. Ou seja, interfere na experiência do cliente com a empresa.
Entenda com esse artigo os 3 cuidados que devem ser tomados antes de contratar uma operadora de caixa, tendo em vista o seu engajamento e desempenho eficiente.

O que Faz uma Operadora de Caixa Diariamente?

Saiba que uma operadora de caixa é muito mais do que um profissional que registra a mercadoria e recebe os pagamentos. De fato, as tarefas da operadora de caixa são:

  • Atendimento ao cliente para encerrar a transação;
  • Abertura e fechamento do caixa;
  • Registro dos produtos vendidos;
  • Recebimento do pagamento e repasse de troco;
  • Controle financeiro do caixa;
  • Emissão da nota fiscal.

Tendo em vista essas tarefas, é fácil perceber como a função de operadora de caixa requer uma pessoa que tenha determinadas habilidades e competências. Ou seja, que desenvolva essa interação com o cliente de forma positiva e entenda as suas demandas.
Dessa maneira, os 3 cuidados a serem tomados antes de contratar uma operadora de caixa devem estar voltados para aspectos da competência e habilidades deste profissional.

1º – Escolha para Operadora de Caixa um Perfil Comunicativo, Socializador e de Vendas

Como a operadora de caixa lida diretamente com o cliente é importante que esteja preparada para fazê-lo com eficiência. Neste sentido, as habilidades que devem ser priorizadas na seleção deste profissional são as seguintes:

  • Habilidade de relacionamento interpessoal;
  • Capacidade de comunicação;
  • Capacidade de persuasão para vendas;
  • Conduta e princípios éticos;

De fato, é preciso que esteja preparada para saber ouvir as reclamações dos clientes e tirar as suas dúvidas. Por isso, é importante que conheça as boas práticas de atendimento ao consumidor, bem como tenha as informações importantes para essa interação, tais como:

  • Principais ofertas do dia;
  • Produtos oferecidos pela empresa;
  • História da empresa e seus valores.

Além disso, lidar com os clientes de forma cordial, sendo simpática e demonstrando interesse em tornar a experiência do cliente o mais satisfatória possível.

2º – Busque Pessoas com Facilidade para Números e Capacidade de Concentração

Atualmente, é muito mais prático utilizar calculadora ou sistemas para efetuar os cálculos, inclusive do troco a ser dado ao cliente. No entanto, é preciso que a operadora de caixa possa acompanhar os processos e ter facilidade para resolução de problemas.
Ou seja, ela precisa saber fazer os cálculos para ter noção dos resultados e ser capaz de perceber quando algo não está correto. Isto porque às vezes um número digitado de forma equivocada compromete todo o resultado da operação.
Além disso, é importante que tenha capacidade de concentração para manter a sua atenção nas atividades realizadas e no atendimento eficiente ao cliente.

3º – Priorize para Operadora de Caixa o Perfil Profissional e de Confiança

Um ponto de extrema importância para a seleção de uma operadora de caixa é o fato de lidar com grandes somas monetárias diariamente. Neste sentido, o profissionalismo e a confiança são pontos chaves que devem ter um peso maior no processo de seleção.
Assim, o sucesso de um negócio lotérico depende muito da eficiência dos profissionais contratados, bem como de uma conduta ética e responsável. Além disso, os clientes valorizam cada vez as empresas que são transparentes nas suas interações com o público.

SINLOPAR

Apresentamos os 3 cuidados que você deve tomar antes de contratar uma operadora de caixa para o seu negócio lotérico. Sem dúvida, este é um profissional que lida diretamente com os clientes e, por isso, precisa estar capacitado e ser qualificado para a função.
Se quiser mais informações a respeito da contratação de uma operadora de caixa ou tiver alguma dúvida, estamos à sua disposição.
Somos uma entidade jurídica representativa dos lotéricos do Paraná e temos o intuito de apoiar e orientar estes para alavancarem os seus negócios de forma assertiva.

Acesse o nosso site e conheça tudo que temos feito para apoiar os nossos membros.

 

Referências 

https://onclick.com.br/artigos/veja-10-dicas-para-deixar-a-operacao-de-caixa-do-seu-negocio-mais-eficiente/

https://trilhasdosucesso.com.br/operador-de-caixa-uma-profissao-voltada-diretamente-ao-atendimento-ao-publico/

https://www.casamagalhaes.com.br/blog/supermercado-e-varejo/operadores-de-caixa-mais-eficientes/

https://berrytech.com.br/blog/operador-de-caixa

https://listenx.com.br/blog/contratar-caixa-de-supermercado/

https://sgsistemas.com.br/operadores-de-caixa-dicas-para-melhorar-o-atendimento/

https://www.ehow.com.br/diferenca-entre-demanda-dependente-independente-info_318831/