Arquivo mensal julho 2018

porSINLOPAR

Empresa familiar: como separar despesas pessoais das contas da empresa 

A sua lotérica é uma empresa familiar? Então, você pode estar correndo o risco de não conseguir separar as dívidas domésticas das empresariais.

Esse é um erro cometido por vários empresários e deve ser evitado por lotéricos que querem ter sucesso.  Afinal, utilizar dinheiro do caixa para pagar contas pessoais você pode acabar perdendo o controle do fluxo de caixa da sua empresa e com o tempo o seu negócio pode falir.

Não há negócio rentável que resista a uma má administração! Por isso, se você está com medo de cometer erros como esse e perder o seu negócio por negligencia, veio ao lugar certo. Iremos te dar dicas para mudar esse cenário e fazer com que sua casa lotérica prospere cada vez mais.

Empresa familiar – dicas para ter sucesso financeiro

Uma empresa familiar tem muitos pontos positivos. Por exemplo, você irá ter funcionários que realmente confia de olhos fechados e poderá delegar tarefas com mais facilidade.

Além disso, poderá ensinar seus filhos desde cedo o valor do trabalho e do dinheiro. Outra coisa importante em ter um negócio familiar é que você poderá contar com o apoio das pessoas que ama para fazer o seu negócio crescer.

Terá sempre pessoas empenhadas para o crescimento da sua empresa trabalhando ao seu lado. Mas, se não saber gerenciar direito o negócio familiar, isso pode trazer vários problemas para sua vida.

Os problemas financeiros podem começar a aparecer quando não se estipula limites financeiros. Esquecer de pagar a escola dos filhos com o valor da sua retirada mensal e acabar retirando uma quantia do caixa, ou pegar diariamente dinheiro da sua empresa para fazer compras, por exemplo, pode trazer malefícios para a sua gestão.

É necessário conseguir controlar de forma correta tudo que entra e sai das suas contas bancárias e do seu caixa. Separamos algumas dicas para facilitar a gestão financeira da sua empresa familiar. Veja:

  1. Separe as contas

A primeira coisa que você precisa fazer para sua empresa familiar dar certo, é nunca levar contas domésticas para o seu local de trabalho.

Quando você separar o seu pagamento mensal, já pague todas as contas do mês com esse dinheiro. É dessa forma que você conseguirá fazer com que o caixa da sua lotérica permaneça intacto.

  1. Tenha reserva financeira para imprevistos domésticos

A sua empresa familiar pode estar indo de vento em polpa. Mas, quando você começa a pegar dinheiro do caixa para pagar contas que não estavam previstas você pode acabar falindo.

Por isso, separe um dinheiro específico no seu orçamento particular para imprevistos. Se alguém da sua família ficar doente ou se algum eletrodoméstico quebrar, você irá tirar o valor para resolver estes problemas da sua reserva destinada para imprevistos. 

  1. Contas bancárias separadas

A sua conta empresarial não pode ser a mesma da conta pessoal. Isso garante que quando você for sair com a família ou pagar contas com o débito, não acabe prejudicando o orçamento da sua empresa.

Além disso, você terá um controle melhor de tudo que entra e sai da sua empresa familiar.

  1. Crie um salário

O patrão tem salário? Sim, a sua lotérica é uma empresa familiar, mas você também deve estipular o valor que irá retirar todo mês para os seus gastos pessoais.

Isso ajudará a balancear as suas despesas e a controlar o orçamento da sua empresa. É importante retirar somente a quantidade que você estipulou, se for necessário use a ajuda de um contador para saber qual o valor ideal para sua retirada mensal.

  1. Cartão de crédito para cada conta

Informe-se com o seu banco qual a melhor forma de separar contas e cartões da suas contas empresariais e pessoais. Nada de usar o cartão de crédito empresarial para comprar itens pessoais.

Existem vários pacotes específicos para empresários, que facilitam a divisão e o acompanhamento dos gastos. Por isso, esteja antenado e pergunte para um gerente do seu banco qual o melhor pacote para sua necessidade.

Quando se fala em empresa familiar muita gente se preocupa com o comportamento dos integrantes da família em local de trabalho. Esse também é um assunto que deve ser discutido. Mas, a gestão financeira mal elaborada é o que pode realmente falir uma empresa.

Se você acatar todas as dicas deste artigo, temos certeza que a sua casa lotérica irá ter bons lucros e a sua empresa familiar seguirá saudável e ficará firme por muitas gerações.

 

porSINLOPAR

Ponto dos operadores de caixa: como controlar?

O controle de ponto dos operadores de caixa da casa lotérica só é obrigatório se tiver mais de dez funcionários, tendo como base a CLT – Consolidação das Leis do Trabalho e a portaria MTPS 3626/91, que determina o registro mecânico, manual ou eletrônico para todo e qualquer estabelecimento (Volto a ressaltar, com mais de dez empregados).

Os funcionários devem anotar o horário de entrada e de saída, assinalando também os intervalos para repouso e alimentação. Esses intervalos podem ser assinalados pelo próprio empregador, não sendo exigido obrigatoriamente que o funcionário o faça.

A marcação do ponto dos operadores pode ser feita através de registros mecânicos ou eletrônicos, através de relógio de ponto, de cartão magnético ou manuscrito, para empresas com menos de 10 empregados.

Um dos meios que está sendo bastante utilizado é através de um sistema computadorizado, tornando mais prática a marcação e atendendo a legislação que trata do assunto.

Para segurança jurídica da empresa, o funcionário deve ter também o comprovante de seu registro de ponto, ou assinar o espelho do cartão de ponto emitido no final de cada mês, para que tenha validade perante o Ministério do Trabalho, no caso de ocorrer uma reclamação trabalhista.

A casa lotérica também deve ter fixado em local bem visível o quadro de horários expedido pelo Ministério do Trabalho, conforme modelo adotado pela legislação. Além disso, é preciso ainda respeitar a tolerância de entrada e saída dos funcionários, que não podem ser descontadas nem computadas como jornada extraordinária.

As variações de horário no registro de ponto não devem ser descontadas e nem pagas quando não exceder o limite máximo de 10 minutos diários. Assim, quando um empregado atrasa para entrar num máximo de 10 minutos, não poderá ter qualquer desconto, também não podendo exigir o pagamento de horas extras dentro desse limite.

Ponto dos operadores – afinal, quem não precisa bater ponto na casa lotérica?

Somente não são obrigados a bater ponto os empregados que fazem qualquer atividade externa, quando não é possível a fixação de horário de trabalho determinado, e esse não é o caso das lotéricas: normalmente o trabalho é feito interno, com os operadores de caixa ocupando os seus postos de trabalho.

A única função que não exige marcação de ponto é a de gerente, que são equiparados, de acordo com a legislação aos diretores e chefes de departamento. Se a casa lotérica tiver um gerente, portanto, este não será obrigado a fazer o seu registro de ponto, uma vez que se trata de cargo de confiança.

O cargo de confiança é considerado, pela legislação como um cargo de autonomia, de poder tomar decisão com relação à empresa, e o gerente de uma casa lotérica, quando o proprietário não permanece o tempo todo dentro da empresa, é quem deve tomar as decisões para melhor direcionar as atividades dos funcionários.

Fazendo marcação de ponto dos operadores com o sistema AGIL

Para as casas lotéricas manterem o controle de ponto dos operadores, o sistema AGIL, da DouraSoft, oferece a funcionalidade dentro do próprio sistema. O lotérico poderá fazer o cadastro de todos os seus funcionários, colocar o horário de trabalho que cada um deve fazer e o sistema somente precisa ser registrado cada vez que o empregado entra ou sai, cumprindo sua jornada e deixando registradas todas as informações. Vale ressaltar que este controle é para uso exclusivamente interno, não tendo validade jurídica.

Com o sistema AGIL, o empresário lotérico atende à legislação e facilita o trabalho do dia a dia das lotéricas e de seu time de colaboradores.

 

Neimar Mariano de Arruda é Administrador de Empresas, Consultor Lotérico
Especialista em Governança de Tecnologia da Informação e Fundador da DouraSoft
(67) 9.9698-3422

porSINLOPAR

Mais Próximos

A cada dia o SINLOPAR está mais perto de você!

porSINLOPAR

Supere tentativas de golpes na sua lotérica

Tentativas de golpes em casas lotéricas, infelizmente é algo comum. Por isso, a Caixa Econômica Federal exige que essas empresas tenham elevado grau de segurança, utilizando vidros blindados, sistemas de CFTV entre outros itens que podem ser úteis para evitar, minimizar, ou até mesmo servirem de provas na hora de um roubo ou assalto a casas lotéricas.

Mas, além de proteger o seu estabelecimento físico, é importante estar preparado para os diversos tipos de golpes existentes. Apesar da Caixa Econômica não ligar para os empresários exigindo depósitos, muitos golpistas podem usar isso para confundir os funcionários da sua empresa.

É importante que você esteja sempre atento e conversando com outros lotéricos, para saber quais são as melhores medidas para evitar golpes na sua região. Dessa forma, você garante que nenhum funcionário faça um depósito erroneamente na conta de um golpista.

Entenda como superar tentativas de golpes da casa lotérica

A casa lotérica é um ambiente muito visado. Afinal, muito dinheiro entra todos os dias. Por isso, existem vários tipos de golpes que podem ser passados neste tipo de empresa. Mas, o empresário deve estar pronto para driblá-los.

Os golpes feitos por telefone estão em alta e tem causado muitos prejuízos para lotéricos. Pois, como não estão vendo os bandidos, muitos empresários acabam acreditando na história que está sendo contada para ele.

O problema maior é que normalmente quem atende os telefones na casa lotérica nem é o lotérico. Os operadores de caixa é que ficam responsáveis em atender os telefones e podem ser confundidos ao receber uma ligação suspeita.

Um golpe muito comum entre os lotéricos é uma situação onde o golpista telefona dizendo que é da Caixa Econômica Federal e que está precisando urgentemente fazer alguns testes no terminal financeiro do lotérico. O golpista costuma dizer que o dono da lotérica acabou de passar na Caixa Econômica e autorizou algumas mudanças para serem feitas por telefone, claro que isso é mentira. Mas, se o lotérico não estiver neste ambiente naquele momento, o operador de caixa fica tentado a acreditar que isso é verdade.

Por telefone o golpista vai falando para a atendente fazer alguns depósitos bancários, que com certeza é para uma conta específica para golpes. A forma com a qual ele fala no telefone é realmente como se ele fosse um funcionário da Caixa, e até pode inventar que existe um código que cancela todos os depósitos que foram feitos.

Como você pode ver esse golpe é muito bem elaborado, e por final a operadora de caixa acaba fazendo depósitos na conta do golpista sem saber que foi enganada.

Sempre orientar e orientar a equipe sobre tentativas de golpes

A melhor forma de proceder para evitar tentativas de golpes é treinar a sua equipe, deixando-os a par deste tipo de situação. Peça para os seus colaboradores jamais realizarem nenhum tipo de transferência bancária ou depósito sem que você esteja presente, mesmo que liguem no telefone e digam que você autorizou.

O treinamento da sua equipe pode evitar que golpes como esse sejam aplicados, o que é muito importante, já que depósitos não podem ser estornados.

Outra coisa importante é dizer para seus funcionários que ligações pedindo testes do TFL por telefone não são comuns pela Caixa Econômica, normalmente este banco não realiza este tipo de atividade, muito menos por telefone.

Outra coisa importante é que os golpistas irão utilizar termos muito específicos utilizados pela Caixa Econômica e por outros bancários. E até utilizarão termos que são comuns dentro da vivência de uma casa lotérica. Os seus funcionários não podem ser impressionar com isso! É importante saber que esses golpistas são bem treinados para conseguir enganar os atendentes da sua lotérica.

Para driblar as tentativas de golpes na sua lotérica, é importante que você esteja sempre conversando com sua equipe. Faça reuniões semanais e coloque normas de segurança que podem salvar sua empresa.

Se houver uma regra onde nenhum depósito possa ser feito sem a sua presença, por exemplo, já é meio caminho para que nenhum tipo de golpe pelo telefone dê certo. Além disso, é importante que os atendentes de caixa estejam preparados para lidar com essas situações da melhor forma possível.

Recomendamos acessar o canal da DouraSoft no youtube, para conhecer 5 tipos de golpes em lotéricas e como minimizar cada um deles no ambiente de sua empresa.

Esperamos que essas dicas deixem você e sua equipe atenta, para não cair mais em nenhum tipo de golpe dado pelo telefone. É muito importante proteger o seu patrimônio e com certeza com as dicas deste artigo você será capaz de driblar as tentativas de golpes na sua empresa.

 

porAdriane

INFORME FEBRALOT – Aditivo contratual, pagamento retroativo, adicional de segurança e seguro.

Na quarta feira dia 18 a reunião foi na GERPA.

Entre os temas discutidos o primeiro foi o termo aditivo aos contratos que garantirá a revisão e atualização anual das tarifas da Categoria. O aditivo está pronto e muito em breve a Rede Lotérica o estará recebendo para assinatura.

ACESSE O LINK LEIA  NA INTEGRA::

 

INFORME FEBRALOT 17 e 18 de julho

 

porSINLOPAR

Como evitar ficar sem troco em sua lotérica?

Um dos grandes problemas enfrentados por qualquer estabelecimento, seja comercial ou de prestação de serviços, é conseguir dinheiro trocado, em moedas, para atender os clientes e não ficar sem troco. A casa lotérica, evidentemente, não consegue fugir disso, principalmente porque, embora movimente grandes quantias durante o dia, sempre existem valores quebrados, que exigem moedas para o troco.

Para evitar ficar sem troco, é importante sempre pedir aos clientes dinheiro trocado. Quanto mais trocado, melhor para o movimento do caixa. O responsável pela retaguarda deve também manter um bom volume de moedas, permitindo que todos os operadores de caixa tenham o suficiente para atender o cliente.

Aqui, vale lembrar que, diferente de um bar ou de um supermercado, não há como oferecer diferenças de troco em balas ou chicletes. O cliente vai querer receber o troco em dinheiro.

E, atualmente, com a dificuldade em encontrar moedas e algumas cédulas, é preciso ter sempre uma reserva suficiente.

Uma das facilidades existentes na casa lotérica é a possibilidade de pagar com cartão, embora o caixa TFL só possa receber cartões da Caixa Econômica. Portanto, se houver necessidade e se o cliente tiver cartões da Caixa, é preferível fazer a retirada para o pagamento de suas contas, em vez de receber em dinheiro.

Fazendo reservas de moedas para evitar ficar sem troco

O lotérico, portanto, precisa sempre fazer reservas de moedas e, para ter a quantidade suficiente, precisa se organizar para saber o quanto vai precisar em dinheiro trocado. Essa, certamente, seria uma tarefa bem difícil se não houvesse um sistema de gestão financeira que pudesse manter o controle.

O sistema AGIL, um software desenvolvido pela DouraSoft, além de inúmeras funcionalidades, também permite que o lotérico possa manter esse controle.

O sistema possui um menu denominado Retaguarda, que permite o lançamento e o controle de todas as operações que envolvem a operação principal da casa lotérica, ou seja, o dinheiro que entra ou que sai do estabelecimento.

A opção de controle permite saber todos os trocos dos caixas TFL, através de cada operador e de sua movimentação, detalhadamente, inclusive pelas moedas, o que vai evitar que o lotérico seja pego de surpresa, sem ter troco nos seus caixas.

Para manter esse controle, basta entrar no meu Troco, onde estarão todos os valores de cédulas e de moedas, e onde o sistema contabiliza o número de cédulas e moedas por quantidade.

Com essa funcionalidade, além de saber uma média da necessidade de número de moedas e de cédulas pelo valor estampado nas mesmas, o lotérico poderá também fazer a previsão para cada dia de expediente, mantendo o número de moedas e cédulas menores para não ficar sem troco em seus caixas.

Desta forma, na hora de fazer a transferência de valores para a Caixa Econômica, basta separar as cédulas de maior valor e guardar no saldo do caixa todas as moedas e cédulas menores, dentro da média percebida nos movimentos diários.

Sistema AGIL: facilidade para o empresário lotérico

O sistema AGIL vem se desenvolvendo há mais de 20 anos para a gestão financeira das casas lotéricas. Ao longo desse tempo, todas as necessidades vêm sendo atendidas. A cada alteração nos sistemas da Caixa Econômica ou a cada necessidade apresentada pelos empresários lotéricos, os programadores da DouraSoft implementam uma nova funcionalidade.

A funcionalidade de troco foi inserida justamente para atender a uma necessidade cada vez mais comum nos estabelecimentos comerciais e de prestação de serviços e, como no caso de casas lotéricas, não poderia ficar de fora de um sistema que vem prometendo e cumprindo, ao longo desses mais de vinte anos, atender todas as obrigações e necessidades, para que o empresário tenha disponibilidade de oferecer qualidade na sua prestação de serviços e evitar ficar sem troco.

 

 

 

Neimar Mariano de Arruda é Administrador de Empresas, Consultor Lotérico
Especialista em Governança de Tecnologia da Informação e Fundador da DouraSoft
(67) 9.9698-3422

porSINLOPAR

Modernize a sua lotérica

Ao contrário do que muitos pensam, modernize a sua lotérica verá que não precisa gastar muito com isso! Com apenas um sistema lotérico de qualidade você consegue resolver vários problemas e driblar antigos erros que normalmente acontecem na casa lotérica.

A tecnologia veio para nos ajudar, principalmente quando o assunto é gestão financeira. Não podemos confiar em registro manuais que podem ser facilmente manipulados e podem ser escritos incorretamente. Por isso, o uso da tecnologia em ambiente empresarial vem acelerando processos e tornando cálculos cada vez mais confiáveis.

Além disso, com o treinamento dos funcionários para o uso de sistemas de gestão, o registro de cada compra acaba sendo muito mais rápido, deixando os clientes mais satisfeitos.

Modernize sua lotérica – problemas que podem ser solucionados com a tecnologia

Tem medo de modernizar a sua lotérica? veja alguns problemas que serão facilmente solucionados com o uso de um bom sistema de gestão na sua empresa:

  1. Registros espalhados em cadernos

Tem registros da vida financeira da sua empresa espalhados por diversos cadernos? Então, modernize sua lotérica! Isso faz com que você tenha capacidade de organizar tudo em um único sistema.

Quando você precisa tomar decisões rápidas precisa procurar registros em diversos cadernos, acaba tendo muita confusão porque os registros não foram feitos pelas mesmas pessoas. Com isso, você pode perder dados importantes que poderiam swer fundamentais para a análise do seu negócio.

Mas, a boa notícia é que modernizando sua lotérica você poderá manter tudo em um único lugar, de forma que qualquer pessoa tenha acesso.

  1. Planilhas confusas do Excel

Para resolver o problema dos papéis espalhados, muitos empresários adotam o uso de planilhas do Excel. São práticas na hora de usar, mas não são muito úteis para um uso contínuo. Para um lotérico é interessante utilizar um sistema único para realizar os registros, pois as planilhas podem ser facilmente deletadas e manipuladas por qualquer funcionário.

Com o uso de sistemas próprios para lotéricas você garante que os dados sejam acessados somente pelo gerente e pelas pessoas de sua confiança. Além disso, com menos pessoas mexendo nos dados, a probabilidade de erros diminui muito.

  1. Esquecimento de pagamento de contas

Você costuma esquecer de pagar as contas da sua empresa? Se a resposta foi sim, modernize sua lotérica! Essa estratégia pode te ajudar a lembrar de pagar contas e diminuir seus gastos com multas. Por exemplo, se você costuma demorar para pagar as taxas da Caixa Econômica terá sérios problemas! Por isso, um sistema lotérico pode te avisar que está chegando o dia de realizar o pagamento e pelo próprio sistema você pode fazer a transferência.

  1. Dificuldade para criar relatórios

Como empresário você deve saber que ter relatórios em mãos ajuda muito na hora de tomar decisões. Para saber se deve ou não deve investir em certa área da empresa, é preciso verificar se os lucros estão sendo maiores que as despesas.

Se você não tem relatórios a mão, precisará analisar os livros ou as tabelas do Excel e isso pode ser trabalhoso e demorado. Mas, se a sua lotérica é moderna você terá um sistema que disponibiliza relatórios em tempo real. Dessa forma, tomar decisões será uma atitude fácil e prática.

  1. Fechamento de caixa sem preocupação

O ideal é que você modernize sua lotérica e em cada caixa tenha um sistema que registre todas as transações daquele terminal. Isso permite que você verifique quem vendeu mais, quais foram os produtos de maior saída e feche o caixa rapidamente.

Além disso, isso garante que menos erros sejam realizados na hora do registro! Por isso, não deixe de ter um sistema lotérico de confiança nas maquinas dos seus terminais lotéricos.

Como você pode ver, colocar a tecnologia na sua empresa pode te trazer vários benefícios. Por isso, modernize sua lotérica e esqueça métodos arcaicos de registro. Você terá muitos benefícios com o uso de sistemas próprios para gestão de lotérica!

porSINLOPAR

Como controlar as vendas?

Controlar as vendas de uma casa lotérica é uma necessidade primordial. É através das vendas que o empresário vai saber a lucratividade de sua empresa e as ações que deve tomar para aumentar o número de clientes e garantir a continuidade da empresa.

Com o controle correto das vendas é possível manter a administração bem direcionada, mais alicerçada, já que o movimento da lotérica é diferenciado de qualquer outro estabelecimento de prestação de serviços.

Na casa lotérica somente se trabalha com números, que representam valores que, por sua vez, é na maior parte de terceiros. Do volume movimentado é que saem as vendas, que irão trazer para o lotérico sua receita e possibilitar o cálculo do coeficiente de lucratividade.

Controlar as vendas com um software específico

Para controlar as vendas da casa lotérica é necessário ter um software confiável, como o AGIL, desenvolvido pela DouraSoft. O primeiro passo para manter esse controle é informatizar a casa lotérica.

Depois de instalado o programa AGIL, o lotérico deverá manter seus operadores de caixa bem treinados, de forma a operacionalizar o sistema, fazendo os lançamentos de forma correta para não gerar erros no fechamento do caixa.

Um sistema operacional, como sabemos, só funciona através da inserção de dados e, como não possui inteligência, quem o manipula deve conhecer todas as ferramentas e funcionalidades.

Portanto, é importante orientar bem cada funcionário para que não aconteça qualquer imprevisto que atrapalhe o bom andamento dos trabalhos e que permita agilizar o atendimento, evitando a formação de filas.

O manual de instruções do AGIL deve estar disponível para qualquer funcionário poder tirar dúvidas em alguns momentos, evitando atropelos durante o controle de seu caixa TFL.

Pelo sistema AGIL, o lotérico ainda tem a vantagem de poder controlar as vendas no momento certo, sabendo como está o movimento em cada caixa TFL, uma das funções mais inteligentes do sistema.

Assim, é possível saber em qualquer hora do dia, como estão as sangrias do caixa e os valores de vendas que estão nos cofres e os que foram enviados para a Caixa Econômica.

O fechamento do caixa permite a emissão de relatórios diferenciados, por cada caixa, e esse fechamento pode ser feito pelo próprio operador, com o acompanhamento no tempo certo pelo gerente ou pelo lotérico. Esses relatórios mostram os valores de venda detalhados, por produtos.

Além das vendas controladas pelo TFL(ou fora deles, como é o caso das TeleSenas), o AGIL também permite fazer o controle de vendas de qualquer item cadastrado como produto, como loteria ou como serviços.

Dessa forma, a casa lotérica pode ampliar a oferta de produtos, como a venda de chips de celulares e outras permitidas pela Caixa Econômica.

O sistema permite o lançamento tanto de vendas à vista como de vendas a prazo, fornecendo ao lotérico maior segurança no controle de cobranças e de clientes que mantém débito com a empresa.

Em cada venda, também é possível emitir um comprovante, que pode ser interessante para o controle e para a conciliação na hora do fechamento de caixa, e, o mais importante, no caso de uma venda a prazo, é que o próprio sistema irá gerar o registro de contas a receber.

O operador de caixa ainda possui a autonomia para atendimento de qualquer cliente que compre a prazo sem precisar pedir autorização: existe um limite de vendas que pode ser cadastrado para cliente e, no caso de excesso, o sistema não libera valores acima do limite de crédito.Esse limite pode ser autorizado através do cadastro de clientes, onde é possível alterar os valores permitidos e controlar as vendas.

 

 

Neimar Mariano de Arruda é Administrador de Empresas, Consultor Lotérico
Especialista em Governança de Tecnologia da Informação e Fundador da DouraSoft
(67) 9.9698-3422

porSINLOPAR

Como atrair mais clientes para sua lotérica

Atrair mais clientes para sua lotérica é extremamente necessário. O empresário que se conforma com poucas vendas, está fadado ao fracasso.

Sem clientes nenhum negócio vai para frente, por isso é preciso sempre estar trabalhando para conquistar a atenção e a credibilidade das pessoas. Para realizar essa tarefa, a primeira coisa que você precisa fazer é pensar no cliente.

Ter em mente quem realmente é o seu público alvo é essencial para vender mais. Você precisa estar ciente do que ele realmente precisa e como vai oferecer os seus produtos sem que isso se torne uma coisa chata.

Por isso, é crucial que os funcionários da sua empresa estejam muito bem treinados. Oriente-os para que não afugentem os clientes, mas para que fidelizem cada pessoas que entrar na sua lotérica.

Estratégias para atrair mais clientes para sua lotérica

  • Venda um sonho

Quem não tem o sonho de ganhar na loteria? Muita gente vê essa história de comprar bilhetes premiados como algo impossível e você precisa mudar essa mentalidade.

Compartilhe histórias de pessoas reais que conseguiram mudar sua vida através de prêmios de loteria. Mostre que realmente é possível ganhar e tire o medo das pessoas que ainda ficam receosas em apostar.

Uma forma de conseguir realizar esse ato, é utilizando as redes sociais. Mostre que os produtos lotéricos são realmente confiáveis e que podem sim trazer um bom prêmio.

Se houver casos da sua cidade de pessoas que ganharam um prêmio, conte sobre isso. Não é necessário divulgar o nome do cidadão, caso o mesmo não queira. Mas, só de mostrar aos leitores que alguém desta cidade ganhou um prêmio, com certeza já ficarão motivados.

  • Desperte o interesse

Muita gente quer apostar, mas acha que só pode investir em bolões de alto valor. Uma forma de atrair mais clientes para sua lotérica é elaborando bolões com um valor específico e chamando alguns clientes fiéis para participar.

Se eles não estavam pensando em apostar, depois do seu convite com certeza vão acabar ficando interessados.

Faça com que os próprios clientes divulguem os bolões e os produtos da sua lotérica. Não existe nada que desperte mais interesse do que os comentários feitos boca a boca.

  • Invista na sua lotérica

Com certeza você investe dinheiro na sua lotérica, mas você investe o seu tempo nela? É importante que o empresário esteja sempre dentro do seu estabelecimento para saber como andam as coisas.

Já dizia o ditado: ” o olho do dono é que engorda o gado”. Pode parecer mentira, mas quando você gerencia de perto a sua empresa, ela realmente cresce.

Por isso, trabalhe de verdade no seu negócio. Esteja sempre lá, vendo o que está funcionando e o que precisa ser melhorado.

  • Satisfação do cliente acima de tudo

O cliente é o que move a sua lotérica. Então, deixe-o satisfeito. Muitas vezes as pessoas passam horas e horas em uma fila de lotérica, mas essa experiência não precisa ser totalmente desagradável.

Veja se o local é bem iluminado, se realmente oferece um clima agradável para os clientes. Se for necessário, instale mais ventiladores ou até um ar condicionado. É importante que estar dentro da lotérica não seja algo ruim, essa experiência tem que ser boa.

  • Faça Network

Conheça novas pessoas, empresários de outros nichos. Conversar com outras pessoas pode fazer com que você tenha ideias inovadoras para o seu negócio.

Além disso, você ainda pode fazer parcerias. As parcerias garantem que outros empresários divulguem o seu negócio, é uma via de mão dupla, beneficia os dois empresários.

Outra coisa importante é que você conheça outros lotéricos. Estar por dentro de tudo que acontece dentro da sua área é muito importante para os seus negócios.

 

 

porAdriane

Febralot participa de audiência pública sobre convênios de energia elétrica em Pernambuco.

O presidente da Febralot, Jodismar Amaro foi convidado pelo deputado Jose Stédile (PSB – RS), presidente
da Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara dos Deputados a participar da composição da mesa da audiência
pública destinada a debater a “decisão tomada pela Caixa Econômica Federal (CEF) e pela Companhia Energética de
Pernambuco (Celpe/Neoenergia) em não renovar o contrato anteriormente firmado, inviabilizando, assim, o
pagamento das contas de energia por meio de casas lotéricas no Estado de Pernambuco”.

 

ACESSE O LINK E LEIA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA.

Febralot participa de audiência pública sobre convênios de energia elétrica