sdfgsdQuem costuma fazer a sua fezinha com frequência, deve ter ficado feliz com o surgimento do aplicativo Vivo Sorte. Entretanto, ele não agradou lotéricos…

O aplicativo Vivo Sorte permitia que o usuário fizesse suas apostas na Mega Sena diretamente do celular. Para o cliente, era altamente prático fazer apostas do seu próprio smartphone, sem se direcionar à uma casa lotérica. Entretanto, para os lotéricos, isso não oferecia nenhum tipo de vantagem.

Além de poder fazer apostas de até nove dezenas, o usuário do Vivo Sorte também poderia repassar os prêmios obtidos em novas apostas, ou até mesmo depositá-los em uma conta corrente. O limite para essas transações seria de 20 mil reais.

Entretanto, o Vivo Sorte ficou disponível no App Store por pouco tempo. Mas, conseguiu deixar muita gente furiosa!

O Vivo Sorte saiu do ar?

“Ops! A página que você procurou não foi encontrada! ”. Essa é a mensagem que os usuários do Vivo Sorte estão encontrando no momento.

Quem acessa a página vivo.com.br/vivosorte já consegue vê-la fora do ar. E isso aconteceu justamente porque muitos lotéricos ficaram descontentes com este aplicativo.

Há alguns dias, o site da Vivo colocou no ar uma página para que você possa fazer jogos. Porém, nesse momento, ele não está mais funcionando. Isso aconteceu porque diversos presidentes de sindicatos entraram em contato com a Caixa Econômica.

Os presidentes descontentes entraram em contato com o BNL no dia 22/07 (quarta-feira) para saber uma posição da Caixa em relação ao Vivo Sorte.

A Caixa Econômica garantiu que não autorizou que a operadora de telefonia Vivo operasse com este aplicativo. E esse não é o único aplicativo e site que possui a intenção de vender apostas online.

Se isso deixa tantos lotéricos descontentes, por que é tão difícil coibi-los? Simples: porque eles prestam serviços de courrier ao cliente. Ou seja, os sites que possuem um sistema um aplicativo de apostas online não vendem loterias, mas fazem um serviço de entrega ao cliente. Entregam aos usuários comprovantes dessas apostas.

A postura da Caixa perante esses aplicativos continua sendo negativa. Já houve vários registros de “notícia-crime” feitos pela Caixa e segundo a mesma, haverá mais.

A FEBRALOT continua na luta para inibir tais “concorrências”, veja matéria publicada no site do SINLOBA.

Apostas online, verdade ou mito?

Aplicativos de aposta online similares ao Vivo Store estão surgindo aos montes desde que a CEF apresentou a proposta de apostas pela internet. Isso acontece porque estão distorcendo a promessa feita pela Caixa.

As apostas online, prometidas pela Caixa Econômica Federal em 2009, estão disponíveis apenas para clientes da Caixa com conta corrente, que possuem acesso à internet banking da Caixa. E só é possível fazer apostas relacionadas à Mega Sena.

Para garantir que as apostas online beneficiassem a todos, e não contribuísse apenas ao Fundo de Desenvolvimento de Loterias como acontece no momento, a Caixa fez uma proposta que foi aprovada por em vários encontros de lotéricos.

A proposta garantia que o cliente pudesse escolher a Lotérica que mais frequentava quando fosse fazer suas apostas online. Através do CEP ele iria ligar a sua aposta online a uma lotérica. E o lotérico iria receber 9% de comissão da venda desse produto.

Por mais esperado que isso seja, ainda não foi ao ar. Espera-se que muito em breve seja possível fazer apostas pela internet dessa forma.

Entretanto, aplicativos como o Vivo Sorte minam a confiança dos lotéricos. Se isso continuar acontecendo, pode trazer prejuízos e descontentamento para muita gente.

Com a regulação das apostas online feitas com os parâmetros prometidas pela Caixa, ficará mais difícil para que sites e aplicativos prestem esses serviços. A esperança é que o episódio ocorrido com o Vivo Sorte “abra os olhos” da CEF para que seja feito um marco legal sobre a proposta prometida o mais rápido possível.

Já que mesmo com as orientações que os clientes recebem, e mesmo sabendo que a CEF não garante a validação das apostas em sites não vinculados com ela, os internautas continuam correndo o risco por acreditarem que apostar longe das lotéricas é mais prático.

 

Neimar Mariano de Arruda é Administrador de Empresas, Consultor Lotérico
Especialista em Governança de Tecnologia da Informação e Fundador da DouraSoft
(67) 9.9698-3422