download

 

SINLOPAR ESCLARECE                  

Para conhecimento dos  nossos filiados esclarecemos  a posição do Sinlopar  na composição da chapa que está se formando para comandar a entidade  FEBRALOT nos próximos  quatro anos.

O Sinlopar sempre foi  combativo e opositor a esse modelo atual de gestão e encaminhamentos nutridos pela atual Federação junto a CAIXA.

Essa postura crítica nos levou a fazer nossa filiação, com o objetivo de tentar mudar tudo isso que ai esta, por que de fora íamos ficar gritando sempre e sem, no entanto ecoar nossas vozes.

As eleições se aproximam e temos que ter posição.
Houve muitas negociações, com nossa participação, para se criar uma
chapa de oposição, porém se tornou inviável por não ter votos suficientes para vencermos as eleições, sequer para montar a própria Chapa de Oposição.
Fizemos uma reunião preliminar com alguns integrantes da situação na presença do Dr. Flávio Pansieri ,que nos orientou muito nesta tratativa,  sugerindo  uma chapa de Consenso e que foi aceito por eles.

Porém, teria uma mudança no Estatuto para contemplar a todos e que tivesse condições iguais de poderes  nas tomadas de decisões.

A Diretoria do SINLOPAR  decidiu apoiar a idéia da reforma estatutária na condição de OPOSIÇÃO,  e aguardando ainda que  todo o grupo de opositores venha junto para continuarmos os trabalhos dentro da FEBRALOT, com competência  nas tomadas de decisões internas da entidade com direito a voto e em números iguais (5×5) de forças, totalizando 10 executivos mais o Presidente.
Esta proposta será votada na próxima semana.
A Diretoria do Sinlopar  acredita que estando dentro do processo e com poder de voto podemos mudar a postura da FEBRALOT na tratativa dos interesses da classe lotérica com a gestora CAIXA.
Estando fora do processo nada podemos fazer, a não ser,  reclamar.
Esta não é a conduta do Sinlopar, se temos a possibilidade de fazer alguma  coisa para melhorar a situação, vamos fazê-lo.
Não há traição de propósitos de valores, de idéias e pensamentos, ao contrario, estamos agindo com coerência  pra não enfraquecer ainda mais a nossa condição de permissionários a título precário nessa relação com a CAIXA.

Na política é assim, unem-se as forças, afinal temos os mesmos objetivos,  apenas divergem na condução e formas de encaminhamentos. Ser oposição só na palavra não resolve nossos problemas, somente desgasta e desagrega, e fica no discurso da retórica, aplaudidos nas redes sociais.

O Sinlopar nunca se omitiu e agora despido de qualquer tipo de “vaidades” vai participar da Executiva da FEDERAÇÃO na condição de  OPOSITOR   a tudo que for contrário aos interesses da classe de lotéricos, inclusive dando sua contribuição e experiência na condução da entidade pela busca de um novo modelo na tratativa com a CAIXA.

Temos certeza que nosso Presidente Aldemar Mascarenhas fará um excelente trabalho dentro da nova  Febralot.

Contamos com a compreensão e  apoio de todos os nossos filiados nessa  empreitada.