Em qualquer atividade empresarial existe a necessidade de se preocupar com a contabilidade de custos e, no caso de uma casa lotérica, não é diferente. Para o empresário, é importante estar sempre com a contabilidade em dia, sabendo como está a situação financeira de sua empresa e em como agir para tratar dos problemas, principalmente com relação ao que determina a legislação para o tipo de atividade da empresa.

A contabilidade de custos de uma casa lotérica possui algumas particularidades específicas e o empresário deve ter sempre o apoio de um contador ou de um escritório de contabilidade, notando-se, principalmente, que temos uma constante mudança na legislação e tudo deve ser praticado de acordo com as leis. Controles financeiros e tributários são essenciais para ter uma gestão contábil mais eficiente, mostrando ao empresário os melhores caminhos para tornar seu negócio melhor administrado.

A casa lotérica com uma gestão contábil eficiente apresenta melhores condições de análise de sua saúde financeira, permitindo que o empresário possa usar os dados e informações contábeis para tomar as decisões mais acertadas para o seu planejamento estratégico.

Contabilidade de custos: gerenciando valores alheios

Uma casa lotérica trabalha diretamente com dinheiro alheio, ou seja, no recebimento de contas, na venda de loterias, nos depósitos e retiradas, o que estabelecer maior importância para que haja uma gestão contábil eficiente, permitindo conhecer a real situação do empreendimento.

Sabemos que o volume de movimentação financeira diário na casa lotérica é bastante expressivo, sendo que a maior parte é dos clientes, tornando-se a empresa apenas uma prestadora de serviços, que faz o repasse devido aos verdadeiros donos dos valores. As loterias vão para a Caixa Econômica, enquanto os pagamentos de contas são destinados aos bancos emissores de boletos. Caso não haja um controle financeiro adequado, os resultados podem ser prejudiciais para a empresa.

Como empresa prestadora de serviços, a contabilidade de custos de uma casa lotérica não é diferente de outras que também prestam serviços. E essa condição exige que o empresário lotérico tenha conhecimento de diversas situações, mesmo porque o seu resultado financeiro depende das comissões e valores recebidos pela prestação de serviços.

O principal objetivo de uma casa lotérica é captar recursos através dos serviços prestados diretamente aos clientes, como jogos de loteria, apostas, bilhetes da Caixa Econômica, raspadinhas, títulos de capitalização, recebimento de contas de concessionárias conveniadas, mediação de negócios, recebimento de boletos e prestação de serviços sociais conveniados pela Caixa.

Além desses serviços, a casa lotérica pode conseguir receitas de vendas de cartões telefônicos, de oferta de bolões de loterias (recebendo por esses serviços) e, em todos os casos, os valores devem ser contabilizados, mantendo sua contabilidade de custos em dia.

Um detalhe importante para a movimentação de uma casa lotérica é que não existe necessidade de emissão de notas fiscais para a intermediação de negócios, havendo apenas a emissão de relatórios de receitas provindas de suas operações. Os relatórios são emitidos pelo próprio sistema da Caixa Econômica, para fins de tributação, que são usados na contabilidade de custos, além de extratos bancários.

A contabilidade de custos praticada com um programa específico, informatizado, facilita a vida do empresário lotérico, permitindo que os lançamentos sejam feitos diariamente e garantindo que ele tenha o conhecimento de todos os dados, sabendo qual é o resultado financeiro atualizado, já que esse resultado independe de estoques (os estoques de uma lotérica são de materiais de consumo) e dando condições de fazer previsões mais corretas com relação à aplicação do resultado.

Embora não tenha uma atividade comum, como outras empresas prestadoras de serviços, não exigindo precauções especiais, a contabilidade de custos da lotérica é o melhor meio para o empresário conduzir seu empreendimento.