PRESIDÊNCIA DA FEBRALOT É RECEBIDA PELA PRESIDÊNCIA DA CAIXA

55

Nesta quarta-feira, 18, em Brasília, ocorreu uma reunião entre a presidência da Federação Brasileira das Empresas Lotéricas, FEBRALOT, e a presidência e vice-presidência da Caixa Econômica Federal. A ocasião ficou marcada como uma reunião de reaproximação entre as entidades, após mais de dois meses de atuação no Congresso Nacional, pela obtenção da Lei 13.177/15, que renova os contratos da categoria.

A reunião aconteceu com a presença da presidente da Caixa, Miriam Belchior, acompanhada dos vice-presidentes de Fundo de Governo e Loterias, Fábio Ferreira Cleto; do Vice-presidente de  Atendimento e Distribuição, José Henrique Marques da Cruz; o chefe de gabinete da presidência da CEF, Josemir Mangueira Assis; o Superintendente Nacional de Produtos, Gilson César Pereira Braga; a Superintendente Nacional de Canais e Distribuição, Juliana Nobre Diniz Almeida; a Gerente Nacional de Canais e Parceiros, Ágata Siqueira e, o Diretor Jurídico, Jailton Zanon. Representandos os Lotéricos, o presidente da FEBRALOT, Roger Benac, o vice-presidente Jodismar Amaro, o diretor financeiro, Paulo Sérgio Palmeira, e o diretor Administrativo Ricardo Amado Costa.
Na oportunidade, o presidente Benac, considerou a etapa da Rede, entregou à presidente Miriam as reivindicações, que precisam ser resolvidas com urgência, pelo bom desempenho da categoria. “Estamos começando uma nova etapa, já superamos a turbulência da briga pela renovação dos contratos, agora, é cuidar da rentabilidade da Rede”.

No ofício, a FEBRALOT, destaca para a necessidade da solução de diversos problemas como, reposição e reajuste anual das tarifas; adoção de política de atualização monetária dos valores das apostas; necessidade de autorização para convênios de produtos não lotéricos; regulamentação da TV Lotérica; autorização para contratação de sistemas alternativos de segurança, como cofres inteligentes; revisão dos valores pagos como adicional de segurança. Neste mesmo sentido, foram feitos os pedidos em relação à repaginação do portfólio das Loterias da Caixa, liberação dos jogos em projetos, ainda não liberados. E a readequação do concurso especial de Páscoa, hoje a Lotomania, para que passe a ser a Dupla Sena de Páscoa. [confira ofício anexo]

Benac lembra que, foi a primeira vez que a Rede Lotérica participou de uma reunião de trabalho, com a participação da presidente da Caixa. “Sempre eramos recebidos por assessores diretos, e hoje foi diferente”. Agora, devem retomar as reuniões de Comissões temáticas, compostas por executivos da Caixa, e presidentes Sindicais.


 

 

 

Após sanção da Lei, presidentes sindicatos atuam pela rentabilidade da Rede

 

Os presidentes dos Sindicatos Estaduais participaram de uma reunião da Federação FEBRALOT, nesta terça-feira, 17, em Brasília. No primeiro encontro oficial após a cerimônia de sanção da Lei 13.177/15, após dois meses de atuação intensa no Congresso Nacional, os presidentes puderam analisar as consequências da obtenção da lei, e definir os próximos passos da categoria.

Com a sanção da Lei, extingue-se qualquer questionamento sobre a possibilidade de perder a Lotérica. Os presidentes sindicais concluíram que não há mais a necessidade de se preocupar com os contratos de permissão das casas lotéricas, pois, com sanção pela Presidência da República, encerra-se qualquer risco relacionado à perda da loja. Os escritórios de advocacia que atuam em prol da FEBRALOT, Granda Martins (pela renovação dos contratos) e Augusto Martins (tramitação no TCU), acrescentaram a Lei dos Lotéricos aos respectivos processos judiciais, para obter o arquivamento dos processos em adamento.

Com os contratos resolvidos, os presidentes sindicais vão focar nos trabalhos pela remunaração da categoria.

Brasília, 18 de novembro, de 2015

18-11-2015-Oficio-Febralot-025 (1)

20151103 – PETICAO Lotericos – Protocolo