A gestão de custos dentro de uma casa lotérica pode trazer redução de gastos, podendo, com isso, aumentar a lucratividade e manter a eficiência operacional, conseguindo retorno sobre o investimento, principalmente porque, nesse tipo de estabelecimento, não há como modificar os preços cobrados pelos serviços.

O empresário lotérico, nesse caso, precisa entender quais são os gastos da empresa e encontrar formas de reduzi-los, sem que isso traga prejuízo à operacionalidade da lotérica.

Para uma casa lotérica, existe a facilidade de ter menor número de setores, gerando condições de uma análise completa, já que temos apenas a administração e os operadores de caixa. Mas, diante de tão poucos setores, como fazer para reduzir gastos?

Entendendo o que é gestão de custos

Primeiro é necessário entender o que é gestão de custos. Trata-se de um processo de gerenciamento dos recursos investidos no empreendimento, desde o salário dos operadores de caixa até o papel utilizado para impressão.

Em qualquer tipo de estabelecimento existem os custos fixos e os custos variáveis. Os fixos são aqueles que praticamente não trazem variação ao longo do tempo e são obrigatórios, mesmo que não haja movimento na lotérica, como os salários, aluguel, manutenção de equipamentos, energia, telefonia, água e outros.

Por seu lado, os custos variáveis são os ligados ao movimento, variando de acordo com a demanda, como custos com fornecedores, comissões (se houver) e material de aplicação direta no atendimento.

O empresário lotérico deve fazer com que esses custos variáveis sejam reduzidos para que a lotérica tenha maior lucratividade. Essa é a verdadeira gestão de custos.

Como fazer para reduzir custos

É natural observar que cada empresa deve encontrar sua forma de gestão de custos, com atitudes que sejam bem compreendidas e implementadas, tendo a adesão de todos os funcionários para que os resultados sejam evidentes.

Para a melhor gestão de cursos é importante reduzir desperdícios com atividades simples, como excesso de impressões, utilização de copos descartáveis, computadores ligados sem necessidade e insumos diários que podem ser economizados quando se percebe que são usados em demasia.

É necessário, portanto, criar campanhas de conscientização, usar canecas personalizadas na empresa, fomentar práticas de uso de recursos naturais, como a luz natural, por exemplo.

A agilidade no atendimento também é um processo que pode trazer redução de custos para a lotérica, resultando em maior número de clientes atendidos em menos tempo. Com agilidade, cada operador de caixa contribui para que todos os processos da lotérica tenham maior rendimento, contribuindo para que haja maior lucratividade.

O empresário tem suas obrigações nesse movimento todo. A manutenção e atualização do fluxo de caixa é quem pode direcionar e mostrar se está havendo a correta aplicação de recursos, servindo como ferramenta para a gestão de custos. Através do fluxo de caixa é possível saber se as medidas implementadas estão trazendo os resultados esperados.

Quando se pensa em redução de custos, pensa-se no que é investido em marketing e uma lotérica não pode prescindir das atividades de marketing, sendo essa a ferramenta essencial para trazer mais clientes e fidelizá-los, gerando melhores condições de faturamento. Os clientes fiéis garantem o negócio, fornecem maior credibilidade à lotérica, sem contar que o empresário precisa investir menos para manter um bom relacionamento do que para atrair novos clientes.

Redução de custos também significa adotar novas tecnologias para otimização do trabalho, trazendo mais tempo ao empresário para se dedicar ao que realmente interessa na lotérica: o atendimento. Integrando os sistemas, a lotérica terá mais agilidade, maior eficiência e produtividade e vai garantir que a gestão de custos seja também mais eficiente para aumentar as receitas.