Organizar o trabalho em sua casa lotérica exige algumas estratégias para que o empresário vá em busca do principal objetivo que teve ao planejar sua abertura: conseguir resultados positivos, obter lucros e tornar a lotérica uma referência no mercado.

Quando falamos em organizar o trabalho na lotérica não devemos nos limitar ao espaço físico, ou seja, não são apenas as atividades dos operadores de caixa e os equipamentos, ou mesmo o espaço para o atendimento dos clientes. A organização de uma empresa deve analisar o empreendimento de forma total, envolvendo todos os setores, que precisam trabalhar em harmonia para obter melhores resultados.

Estratégias para organizar o trabalho na lotérica

Em primeiro lugar, para organizar o trabalho em sua lotérica, é preciso, evidentemente, que o suporte esteja em pleno funcionamento, como os atendentes e os terminais. Isso é básico para que você tenha um correto atendimento aos clientes, sem que eles fiquem esperando e formando filas.

Depois disso é preciso centralizar-se na atividade principal da lotérica, que é a venda de loterias, o recebimento de contas e, como não pode ser esquecido, a venda de alguns produtos derivados, como os “bolões”, por exemplo. Embora isso pareça óbvio, não deve se deixar de lado um bom treinamento para a equipe, que deve oferecer os produtos derivados a todos os clientes, procurando, com isso, maximizar o lucro da lotérica.

Com a área principal definida e com a equipe bem treinada, o empresário lotérico precisa se voltar para as áreas internas, que oferecem o suporte ao atendimento, como a prestação de serviços bancários que, embora não seja a atividade principal, é uma área que fornece um bom rendimento. Se você tiver muitos clientes que entregam malotes, tenha alguém específico para cuidar disso (mesmo que essa pessoa tenha outra atividade – desde que não seja o atendimento no caixa, para não interferir).

No caso de você ter necessidade de fazer uma reunião com sua equipe, faça um bom planejamento dessa reunião e marque-a fora do horário do atendimento. Se tiver que falar sobre qualquer assunto com os operadores de caixa, isso deve ser feito antes do expediente, usando no máximo meia hora antes da abertura da lotérica. Assim, todos terão em mente o assunto da reunião, que será bem mais proveitosa.

Se você, por exemplo, fizer a reunião no final do expediente, no outro dia ninguém mais vai se lembrar do assunto tratado. Afinal, hora de deixar o trabalho também é hora de deixar de pensar em trabalho.

Mantenha também todos os registros atualizados, com seu fluxo de caixa organizado e fazendo os lançamentos diariamente. Nunca deixe para amanhã os registros que pode fazer no mesmo dia. Com um bom programa de gerenciamento, basta a pessoa responsável inserir os dados e manter a atualização, podendo, assim, emitir os relatórios necessários para que você, como responsável, saiba como está o andamento de sua lotérica.

Acompanhe constantemente essa movimentação e, sempre que possível, através de gráficos, mostre aos seus operadores de caixa como está o trabalho de atendimento, como está o crescimento da lotérica. E, não se esqueça: estabeleça prêmios coletivos e individuais todos os meses para incentivar sua equipe.

Lembre-se também que são os operadores de caixa que têm contato direto com os clientes e, portanto, eles precisam ser sempre ouvidos. Assim você, como empresário lotérico, poderá saber os problemas que existem e encontrar meios para resolvê-los. A melhor maneira de tornar o ambiente mais eficiente é conhecendo os problemas e solucionando-os.

Finalmente, não assuma todas as responsabilidades sobre funções que podem ser delegadas, não centralize em você tudo o que precisa ser feito. Uma empresa lotérica deve ter pessoas qualificadas para exercer todas as funções. A você, como empresário, cabe administrar o negócio. As tarefas cotidianas e rotineiras devem ser feitas por seus funcionários que apenas lhe trarão os resultados. Organizar o trabalho não é tão complicado: você só precisa dar atenção a ele.