Para gerenciar o capital de giro de sua lotérica, o empresário tem como obrigação fazer o monitoramento de todas as suas receitas e despesas, conhecendo o seu fluxo de caixa e entendendo que qualquer negócio só consegue sobreviver no mercado quando é bem administrado e quando tem condições de conhecer os resultados.

Esse controle é quem permite tomar decisões, melhorar os processos, redirecionar atividades e procurar sempre a melhoria dos processos, motivando a equipe de funcionários e fortalecendo o seu empreendimento.

Para melhor direcionar e gerenciar o capital de giro de sua lotérica, conheça as dicas dos economistas e aplique-as em sua empresa:

1.     Separe contas da empresa das contas pessoais

O controle financeiro de sua lotérica deve ser feito somente com as despesas e receitas da empresa, devendo ser diferenciado do seu orçamento pessoal. Todas as despesas pessoais devem ser pagas através da remuneração do empresário e não do caixa da empresa.

2.     Estabeleça um pró-labore de acordo com o movimento da lotérica

A remuneração do empresário lotérico deve ser de acordo com o resultado financeiro da empresa e não de suas necessidades. Portanto, ele deve se adequar à situação e não prejudicar o capital de giro da empresa.

3.     Mantenha uma reserva financeira

O capital de giro nada mais é do que os valores que devem ser pagos durante um período de vacas magras, mas, além disso, é importante manter reservas financeiras suficientes para qualquer momento de maior necessidade.

4.     Uma lotérica não tem “fiado”

O movimento da casa lotérica deve ser na boca do caixa e não numa caderneta de fiado. A venda fiado na lotérica é um complicador para o fechamento da prestação de contas, se não houver uma reserva financeira para pagar as contas.

5.     Mantenha o controle das operações

A lotérica deve depositar todos os dias o valor devido da conta 043 para manter em dia seus compromissos de prestação de contas e a conta de operação 003 deve ser mantida sob controle para não gerar saldo negativo que, além de trazer encargos e tarifas, aumentam as despesas.

6.     Acompanhe os resultados

Os resultados financeiros devem ser acompanhados periodicamente, uma vez que as receitas da lotérica são sazonais, interferindo nos resultados. As variações poderão, desta forma, ser identificadas e consideradas para manter um capital de giro necessário para momentos de pouco movimento.

7.     Procure sempre reduzir os custos

Devemos ter em mente que redução de custos não é corte de despesas. Mantenha sua lotérica funcionando dentro das necessidades, mas, ao mesmo tempo, analise todos os custos e veja o que pode ser reduzido.

8.     Acompanhe o ativo circulante

O ativo circulante é composto dos valores que a lotérica tem em caixa e dos recursos que podem ser transformados em dinheiro em curto prazo, ou seja, que podem gerar recursos em menos de um ano. Mantenha esse controle, acompanhado do passivo circulante.

9.     Controle o passivo circulante

O passivo circulante na empresa são todas as contas que devem ser pagas em curto prazo, como fornecedores, empréstimos, salários e encargos. O acompanhamento do passivo circulante, mantido sempre abaixo do ativo circulante, determina o valor do seu capital de giro líquido.

10.    Acompanhe o ciclo do seu capital de giro

O ciclo do capital de giro é o período que uma empresa leva entre a compra de fornecedores e o recebimento dos clientes, época em que precisa honrar compromissos. O acompanhamento desse ciclo é importante para gerenciar o capital de giro da sua lotérica, permitindo, quando necessário, negociar prazos com fornecedores e antecipar recebimentos dos seus clientes.